log in
 

Crítica do filme Guardiões da Galáxia Vol.2

O mix continua awesome!

Mike Ale

por
Mike Ale

Sexta, 28 Abril 2017
Fonte da imagem: Divulgação/Walt Disney Pictures
aeo728x90 ecde0
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

O 15º filme da Marvel Studios deu para James Gunn um desafío de Schrödinger. Fácil e difícil ao mesmo tempo.

Fácil por que uma sequência de Guardiões da Galáxia — um filme que é quase unanimidade entre fãs e não fãs da Marvel — é relativamente tranquila de fazer. Todo mundo (ou  ̶a̶s̶ ̶p̶e̶s̶s̶o̶a̶s̶ ̶l̶e̶g̶a̶i̶s̶ a maioria das pessoas) já ama os personagens, a “vibe” e o universo estabelecido no primeiro longa.

E difícil justamente pelos mesmos motivos! Como lidar com a pressão e a responsabilidade de entregar um produto de igual qualidade ou (de preferência) ainda melhor que o primeiro? E a solução do James Gunn e de toda a equipe criativa de "Guardiões da Galáxia Vol.2" foi: “Mais cores, mais ação, mais drama, mais piadas, mais Guardiões”.

E isso é ótimo. Mas vamos com calma

Eu amo seus galhos, mas cadê seu coração?

Antes de tudo eu já digo que Guardiões da Galáxia 2 é um dos filmes mais intimistas da Marvel Studios e com certeza o mais intimista da tropa até agora.

O diretor e roteirista James Gunn já disse que Guardiões vai ser uma trilogia e que ele pretende contar a história desse grupo em três atos. E bom, pelo que vemos no segundo ato, ele está fazendo isso direito.

No primeiro, a gente conhece Peter Quill, Gamora, Drax e a dupla Rocky e Groot, e acompanhamos essa tão incomum “família” se desenvolver, mas é tudo muito breve, coisas precisam ser explodidas e a galáxia precisa ser salva e danças precisam ser dançadas. O filme termina e eles acabam sorrindo e juntos na nave singram para qualquer que sejam as aventuras que os esperam. Muito lindo, né?

guardioes21 59d4b

Pois é, mas eles não eram um bando de desajustados que não combinam em nada um com o outro? Como assim que agora eles se amam e tudo na vida deles vai ser muito massa? Pois é. É ai que entra a beleza de Guardiões da Galáxia 2. É ai que entra a beleza do 2º de 3 atos dessa história cósmica.

A relação entre o grupo se estreita e tudo o que você pensa é “meu, como que esses caras ainda estão juntos?” Eles não se aguentam, se xingam, não se entendem e até parece que se odeiam. Porque é como eu já disse. Eles são muito diferentes (tipo, até de espécies diferentes). E se eles vão ter que enfrentar um 3º ato juntos, muita coisa precisou ser resolvida nesse 2º.

E o filme toma o cuidado de dar para cada personagem uma carga dramática mais aprofundada. Mesmo que tudo tenha que parar pra que isso possa acontecer. As cores vibrantes, as piadas e todo o universo aberto dão espaço pra gente poder conhecer, de verdade, o que se passa dentro da cabeça e do coração de cada um dos personagens, desde o turrão e sarrista Drax até a alma inocente do pequeno Baby Groot. Todos tem o seu momento, e é impossível de não criar empatia com pelo menos um dos dramas internos vividos por eles.

guardioes22 34e6d

Claro que o protagonista ainda é o Peter Quill, e coisas extremamente importantes para sua personalidade acontecem durante a trama, mas é tudo spoiler. Então veja logo o filme pra gente poder conversar melhor (serião, quero perguntar sobre o que você achou de uma parada que acontece). Mas isso não deixa os outros personagens de lado, ou não significa que suas particularidades foram menos desenvolvidas, muito pelo contrário.

O desenvolvimento do Rocket Raccoon, por exemplo, é algo realmente bonito de acompanhar. E esse bichinho com certeza tem alguns problemas que precisavam de atenção. E isso porque nem vou falar muito da relação entre irmãs Gamora/Nebulosa, que rende cenas onde feridas e mágoas são expostas. Mas também não posso falar muito disso. O filme te mostra todas as maravilhas de um universo multicolorido e todas as mais absurdas situações, mas no fim das contas, seus olhos se voltam para os personagens, e é deles a maior importância.

Tem piadas - Lide com isso

Falando assim parece que tô falando de um Manchester by the Sea da vida, de tão dramático. Mas não se engane. O filme tem uma piada a cada 3 minutos de duração. Exagero essa conta? Talvez um pouco. Mas é mais ou menos isso. O que pra mim foi um dos pontos que pesou um pouco (o “lide com isso” do título é tão pra mim quanto pra você).

Eu realmente não gosto muito desse vício/obrigação de quebras de clima com piadas que a Marvel insiste em fazer em todos os filmes. Tudo bem lidar tudo com humor, mas tem vezes que você pensa: “poxa vida Marvel, não faz piada agora cara… Olha só o que tá rolando, nem tem como ter piada agora”, mas ai ela vai lá e faz piada mesmo assim, como se nem tivesse ouvindo você pedir.

guardioes23 3c07e

Então se pra mim o filme tem um defeito, é esse e exatamente esse. O excesso de piadas em timming errado. (Sério Marvel, é massa as piadas, mas vamos achar outro jeito ai de quebrar climas…)

Star Wars com LSD

E o filme é bonito, hein? Na proposta de se fidelizar com os quadrinhos cada vez mais, o filme aposta em cores vibrantes e uma paleta extraída das melhores páginas de uma HQ da década de 60 desenhada por Jack Kirby. O deslumbre visual das cores da galáxia é caleidoscópio e o filme apresenta soluções visuais muito criativas e que enchem os olhos.

Alguns podem ver o defeito do excesso nessa parte, assim como eu achei com as piadas, mas existem cenas que não dá pra negar a beleza do que está sendo mostrado. Se você gosta dos efeitos de lasers ou das cores dos planetas em Star Wars, se prepare pra tomar uma overdose em Guardiões da Galáxia 2.

“Capitão América não aguenta a chegada  de tantas referências em Guardiões da Galáxia 2 e desmaia ao vivo”

Essa é uma das minhas partes preferidas. O tanto de referências ao universo dos quadrinhos que tem nesse filme não está no gibi! E elas aparecem de forma que não atrapalha o andamento ou o entendimento do filme como um todo. Quem conhece o personagem (ou a citação, ou o lugar) dos gibis, vai olhar e falar “nossa, olha só que legal, eu vi o que vocês fizeram aí!” (Só não fale se estiver no cinema, por favor).

guardioes24 bda0e

Mas caso você nunca tenha aberto um gibi na vida, você vai curtir o filme do mesmo jeito, porque, ou o filme te explica quem é o personagem assumindo mesmo que você está vendo ele pela primeira vez, ou o personagem está tão no canto ou no fundo, que não passa de um “ah, outro bichinho gozado ali fazendo traquinagens”. E o filme todo é um balde de referências até o fim dos créditos com nada modestos 5 cenas pós (durante) créditos! O gerente ficou maluco!

Mas e aí?

Guardiões da Galáxia 2 fideliza seus fãs e os amarra para o já anunciado terceiro e último filme do grupo, conta uma história que avança com a história geral desses personagens, responde muitas perguntas, agrada os fãs de quadrinhos e os fãs da franquia cinematográfica isoladamente…

É um filme que você precisa aceitar muita coisa absurda e é um filme que você precisa ver com o coração e com inocência (apesar das piadas de pênis).

guardioes25 a9ade

No fim das contas não tem erro. Se você gostou do primeiro longa-metragem e gosta dos filmes da Marvel em geral, não tenho dúvidas que você vai gostar de "Guardiões da Galáxia Vol.2", que tem tudo o que tem no primeiro, só que mais e maior e mais exagerado. O que é ótimo.

Fonte das imagens: Divulgação/Walt Disney Pictures

Guardiões da Galáxia Vol.2

A Galáxia não vai se salvar sozinha

Diretor: James Gunn

Duração: 137 min

Estreia: 27 / Abr / 2017

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Mike Ale

Leitor de gibis e fã do Rick Moranis

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.