log in
amazonprimevideo

“Não Devore Meu Coração!”, de Felipe Bragança, representará o Brasil em Sundance

O filme brasileiro “Não Devore Meu Coração”, dirigido por Felipe Bragança e estrelado por Cauã Reymond, está concorrendo ao prêmio de uma das maiores janelas do Festival de Sundance: a World Cinema Competition.

Obviamente, junto com ele, o cinema brasileiro vai ganhando destaque no evento. O longa narra uma história de amor juvenil e tem como pano de fundo as disputas por terra na fronteira do Brasil com o Paraguay.

Rodado em 2015, na cidade de Bela Vista - MS, “Não Devore Meu Coração” faz sua a estreia no festival, possuindo direção solo do Felipe Bragança, carioca de 35 anos - conhecido por seus filmes em parceria com Marina Meliande (A Alegria, que esteve em Cannes 2010) e como roteirista de filmes de Karim Ainouz (Praia do Futuro).

O elenco mistura atores profissionais com não-atores locais. Nomes conhecidos do elenco são Cauã Reymond, Leopoldo Pacheco, Cláudia Assunção e Ney Matogrosso (em participação especial).

naodevoremeucoracao1 d0395

Vale notar que a World Cinema Competition é a principal janela de Sundance para filmes produzidos fora dos EUA, e a Competição conta com produções de diversos países. O festival acontece entre 19 e 29 Janeiro em Park City - Utah.

“Não Devore Meu Coração!” é uma produção da Duas Mariola Filmes, em co-produção com a Globo Filmes e parceiras da Holanda e França. A distribuição em nosso país ficará por conta da Fênix Filmes.

A data de estreia no Brasil ainda não foi definida, mas a previsão é para o 2° semestre de 2017.

Netflix premia produções brasileiras com voto popular

Parece que a Netflix quer mesmo conquistar o coração dos brasileiros. A gigante do streaming divulgou recentemente o mote do Prêmio Netflix 2016: Histórias para o mundo ver, uma iniciativa que visa eleger dois entre dez filmes brasileiros a partir da opinião dos próprios brasileiros.

O intuito é promover e prestigiar filmes nacionais que são do cenário independente. Serão escolhidas duas produções, um pelo público e outro pelo júri do Prêmio, que é composto por nomes do cinema e entretenimento nacional: Alice Braga, Fernando Andrade, César Charlone, Adriana Dutra, Hugo Gloss, Lully de Verdade e Fabrício Boliveira.

A Netflix Brasil fez até um vídeo para promover a ação, confira:

Os filmes vencedores serão incluídos no catálogo global da Netflix, que atinge ao todo espectadores de 190 países. A votação ocorre até o dia 03 de outubro e pode ser realizada pelo Facebook ou Twitter, através do site do Prêmio Netflix

Ainda não conseguiu decidir em quem votar? Veja quem são os concorrentes:

A História da Eternidade 

Diretor: Camilo Cavalcante

Noticia premio Netflix a historia de eternidade f8575

Um falso plano sequência que pretende conduzir o espectador a uma viagem dentro dos instintos humanos, através de uma linguagem poética e metafórica. Acontecimentos que representam um amplo panorama da civilização ocidental e tudo que o ser humano é capaz, desde trucidar seu semelhante brutalmente até inventar a arte para libertar os sonhos estão presentes neste exercício visceral que expõe, sem concessões, a eterna tragédia humana.

À Queima Roupa

Diretora: Theresa Jessouroun 

Noticia premio Netflix à queima roupa 3773d

Um documentário investigativo de 90' que mostra a violência e a corrupção da polícia do Rio de Janeiro nos últimos 20 anos. O documentário apresenta os fatos mais emblemáticos deste período do ponto de vista dos familiares, testemunhas, sobreviventes e demais envolvidos diretamente nos casos, como advogados, promotores e juízes.

O filme parte da Chacina de Vigário Geral de 1993, culminando com execuções cometidas em nome da lei, em 2012 e 2013.

Califórnia 

Diretora: Marina Person 

Noticia premio Netflix california e0dce

O ano é 1984. Estela vive a conturbada passagem pela adolescência. O sexo, os amores, as amizades; tudo parece muito complicado. Seu tio Carlos é seu maior herói, e a viagem à Califórnia para visitá-lo, seu grande sonho. Mas tudo desaba quando ele volta magro, fraco e doente. Entre crises e descobertas, Estela irá encarar uma realidade que mudará, definitivamente, sua forma de ver o mundo.

Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois

Diretor: Petrus Cariry

Noticia premio Netflix clarisse e9752

A árida pedreira e a floresta que ainda pulsa.Um pai muito doente revê a filha. Ressentimentos são postos à mesa. A memória dos mortos, despertada por sangue, objetos, sombras e sonhos, afetaClarisse nesse cenário de beleza e agonia. Seu marido e os negócios aesperam na cidade, para um desfecho cartático.

Levante!

Diretores: Susanna Lira e Barney Lankester-Owen

Noticia premio Netflix Levante1 c3e43

O filme mostra como a tecnologia se traduz em uma poderosa ferramenta de inovação da comunicação através de pessoas que se “levantaram” contra injustiças sociais em diversas partes do mundo.

My Name Is Now, Elza Soares

Diretora: Elizabete Martins Campos

Noticia premio Netflix my name is now 8e562

Um filme musical com a cantora Elza Soares, ícone da cultura brasileira, numa saga que ultrapassa o tempo, espaço, perdas e sucessos. Elza e seu espelho, cara a cara, nua e crua, ao mesmo tempo frágil e forte, real e sobrenatural, uma fênix, que com a força da natureza transcende e canta gloriosamente.

O Último Cine Drive-in 

Diretor: Iberê Carvalho

Noticia premio Netflix O ultimo cine c0799

O jovem Marlombrando (Breno Nina) se vê obrigado a voltar à Brasília, sua cidade de natal, devido à doença de sua mãe, Fátima (Rita Assemany). Lá, ele vai reencontrar seu pai, Almeida (Othon Bastos), dono do Cine Drive-in, há 37 anos. Ele insiste em manter vivo o cinema, mesmo não atraindo mais espectadores como na década de 70. 

Para isso, conta com a ajuda de apenas dois funcionários: Paula (Fernanda Rocha), que cuida da projeção e da lanchonete, e José (Chico Sant'anna), um velho amigo de Almeida, que ajuda a vender ingressos no caixa e da limpeza do local. Com a ameaça de demolição do Cine Drive-in e o agravamento da doença de Fátima, pai e filho vão ter que se unir e tentar reviver o passado.

Obra

Diretor: Gregório Graziosi

Noticia premio Netflix obra 8561b

Irandhir Santos interpreta um arquiteto envolvido na construção de seu primeiro grande projeto. Lá testemunha a descoberta de um cemitério clandestino no terreno que pertence a seus ancestrais. Questionando seu passado e origens, ele entra em conflito com sua consciência, herança familiar e com a memória da cidade que retorna à superfície.

Porque Temos Esperança 

Diretor: Susanna Lira

Noticia premio Netflix porque temos esperança f5df4

Porque Temos Esperança mostra a jornada de uma mulher pernambucana e a sua rejeição para tudo aquilo que parece não ter jeito. Vivendo profundos dilemas na vida pessoal e na tentativa de reconstruir outras vidas, ela inicia uma trajetória pelos presídios de Recife, na intenção que pais reconheçam seus filhos. Experimentando na própria pele a solidão, Marli nos mostra que o afeto pode ser redentor e que a falta de esperança é o mal mais intolerável para o ser humano.

Ventos de Agosto

Diretor: Gabriel Mascaro

Noticia premio Netflix Ventos de agosto1 1de74

Shirley deixou a cidade grande para viver em uma pequena e pacata vila litorânea cuidando de sua avó. Ela trabalha numa plantação de coco dirigindo trator e, mesmo isolada, cultiva o gosto pelo punk rock e o sonho de ser tatuadora. Ela está de caso com Jeison, um rapaz que também trabalha na fazenda de cocos e nas horas vagas faz pesca subaquática de lagosta e polvo.

Durante o mês de Agosto, com a chegada das tempestades e da maré alta, um estranho pesquisador chega na Vila para registrar o som dos ventos alísios que emanam da Zona de Convergência Intertropical. Os ventos crescentes marcarão os próximos dias da pequena vila colocando Shirley e Jeison numa jornada sobre perda e memória, a vida e a morte, o vento e o mar.

É do Brasil! Telecine e Megapix são finalistas da PromaxBDA Awards 2016 [vídeos]

A Rede Telecine e o Megapix estão entre os finalistas da PromaxBDA Mundial de 2016. Na mais importante premiação de peças de TV, rádio, mídia impressa e eletrônica do mundo, o Telecine concorre na categoria Channel Holiday/Specil Event Spot, com a chamada "New Old Man", que homenageou os 120 anos do cinema.

Com o mote de 120 anos em 60 segundos, o Telecine personificou a evolução do cinema na chamada "New Old Man". No vídeo, um idoso rejuvenesce com o passar do tempo, até voltar a ser criança. Confira no vídeo que abre esta notícia.

Já o Megapix está na disputa em duas categorias, com duas chamadas diferentes. O canal de filmes mais assistido da TV paga brasileira concorre com a chamada do "Especial A Múmia", na categoria Theatrical Films Show on Television, e com a do "Programa Duplo Jogos Mortais", na categoria Something for Nothing.

A chamada do "Especial A Múmia" traz o aquecimento de um lutador de boxe, que começa a se enfaixar com gaze até se transformar em uma múmia. O atleta então desafia os fãs do gênero a encarar a maratona de filmes da famosa franquia.

O clipe do "Programa Duplo Jogos Mortais", que havia sido triplamente premiada na edição de 2015 da PromaxBDA América Latina, promete conquistar mais um prêmio mundial para o canal. No filme de 30 segundos, o Megapix inspirou-se no velho jogo "cara a cara". No lugar dos rostos engraçados e coloridos, o tabuleiro apresenta diversos personagens sombrios e aterrorizantes. Entre eles, está o Jigsaw, protagonista da franquia, que convida o público a jogar.

Os vencedores da PromaxBDA Global Awards 2016 serão anunciados no dia 16 de junho, em Nova York.

“Carol” é eleito melhor filme LGBT de todos os tempos

O longa "Carol", do diretor Todd Haynes, foi eleito pelo Instituto Britânico de Cinema (British Film Institute – BFI) como o primeiro da lista dos 30 melhores filmes LGBT de todos os tempos. Indicado a cinco estatuetas do Oscar em 2016 – Fotografia, Figurino, Atriz, Atriz Coadjuvante e Trilha Sonora –, Carol foi o favorito de cem diretores, críticos, roteiristas e produtores de cinema do Reino Unido. 

A lista foi preparada em comemoração ao aniversário de 30 anos do BRF Flare, o festival de cinema LGBT de Londres, levando em consideração uma série de critérios. Ao todo, são contemplados na seleção 84 anos de cinema e 12 países – incluindo produções tailandesas, japonesas, suecas, espanholas, entre outras nacionalidades. 

“Carol”, o grande vencedor, conta a história da jovem e tímida Therese Belivet (Rooney Mara) e da elegante Carol Aird (Cate Blanchett), que se conhecem e se aproximam cada vez mais até desenvolver um romance que não era exatamente bem-visto na década de 50, época em que o filme se ambienta – ainda que na moderna e descolada New York. 

De acordo com os participantes da votação, "Carol" faz uma bela adaptação do livro homônimo e apresenta um desenvolvimento sensível e pouco clichê de um romance lésbico. O longa é também elogiado pelo público LGBT por contar a história de duas personagens lésbicas sem fetichizá-las, como acontece frequentemente em películas com esta temática. 

Além do filme dirigido por Haynes, também figuram na lista alguns títulos bastante conhecidos dentro e fora da comunide LGBT, como é o caso de "Azul é a cor mais quente", "Brokeback Mountain", "Paris is Burning", entre outros.

Confira a lista completa dos 30 melhores filmes LGBT para o Instituto Britânico de Cinema:

 1. Carol (2015), de Todd Haynes

2. Weekend (2011), de Andrew Haigh

3. Happy Together (1997), de Wong Kar-wai

4. Brokeback Mountain (2005), de Ang Lee

5. Paris Is Burning (1990), de Jennie Livingston

6. Tropical Malady (2004), de Apichatpong Weerasethakul

7. My Beautiful Laundrette (1985), de Stephen Frears

8. All about My Mother (1999), Pedro Almodóvar

9. Un chant d’amour (1950), de Jean Genet

10. My Own Private Idaho (1991), de Gus Van Sant

11. Tangerine (2015), de Sean S. Baker

11. The Bitter Tears of Petra von Kant (1972), de Rainer Werner Fassbinder

11. Blue Is the Warmest Colour (2013), de Abdellatif Kechiche 

Azul é a cor mais quente

14. Mädchen in Uniform (1931), de  Leontine Sagan

14. Show Me Love (1998), de Lukas Moodysson

14. Orlando (1992), de Sally Potter

17. Victim (1961), de Basil Dearden

18. Je, tu, il, elle (1974), de Chantal Akerman

19. Looking for Langston (1989), de  Isaac Julien

20. Beau Travail (1999), Claire Denis

20. Beautiful Thing (1996), de Hettie MacDonald

22. Stranger by the Lake (2013), de Alain Guiraudie

22. Theorem (1968), de Pier Paolo Pasolini

22. The Watermelon Woman (1996), de Cheryl Dunye

22. Pariah (2011), de Dee Rees

22. Mulholland Dr. (2001), de David Lynch

Mulholland Dr.

27. Portrait of Jason (1967), de Shirley Clarke

27. Dog Day Afternoon (1975), de Sidney Lumet

27. Death in Venice (1971), de Luchino Visconti

27. Pink Narcissus (1971), de James Bidgood

27. Sunday Bloody Sunday (1971), de John Schlesinger

27. Tomboy (2011), de Céline Sciamma

27. Funeral Parade of Roses (1969), de Toshio Matsumoto

Mais informações sobre os 30 melhores filmes e outras produções que também receberam votos estão disponíveis no site do BFI, confira.

Resultado do Screen Actors Guild Awards 2016

O ano começou recheado de premiações e o Screen Actor Guild Awards 2016 (também conhecido como SAGA) é um dos mais prestigiados, já que se trata de um evento em que os próprios atores elegem os melhores atores, atrizes e elencos de filmes e séries.

O SAGA 2016 foi transmitido ao vivo no canal TNT neste sábado (30/01). É claro que nós ficamos de olho em tudo que rolou na cerimônia e agora trazemos a lista completa com os indicados e vencedores das principais categorias relacionadas a filmes.

O Screen Actor Guild Awards não tem prêmios para diretores, maquiagem, fotografia, roteiro e outros aspectos, portanto todos os prêmios são para atores, atrizes e elencos. Nesta edição, o longa-metragem BLA BLA BLA levou o prêmio pelo melhor desempenho de elenco em um filme de drama. Confira o resultado completo logo abaixo:

Excelente Desempenho de um Elenco

Vencedor

Spotlight - Segredos Revelados

 saga16 spotlight da6ed

Outros indicados

Beasts of No Nation

A Grande Aposta

Straight Outta Compton - A História do N.W.A.

Trumbo: Lista Negra

 

Excelente Desempenho de Ator Principal

Vencedor

Leonardo DiCaprio, O Regresso

saga16 dicaprio 2f837

Outros indicados

Bryan Cranston, Trumbo: Lista Negra

Johnny Depp, Aliança do Crime

Michael Fassbender, Steve Jobs

Eddie Redmayne, A Garota Dinamarquesa

 

Excelente Desempenho de Atriz Principal

Vencedora

Brie Larson, O Quarto de Jack

saga16 brie 87d5d

Outras indicadas

Cate Blanchett, Carol

Helen Mirren, A Dama Dourada

Saoirse Ronan, Brooklyn

Sarah, Silverman

 

Excelente Desempenho de Ator Coadjuvante

Vencedor

Idris Elba, Beasts of No Nation

saga16 idris 50d12

Outros indicados

Christian Bale, A Grande Aposta

Mark Rylance, Ponte dos Espiões

Michael Shannon, 99 Homes

Jacob Tremblay, O Quarto de Jack

 

Excelente Desempenho de Atriz Coadjuvante

Vencedora

Alicia Vikander, A Garota Dinamarquesa

saga16 alicia 35b33

Outras indicadas

Rooney Mara, Carol

Rachel McAdams, Spotlight - Segredos Revelados

Helen Mirren, Trumbo: Lista Negra

Kate Winslet, Steve Jobs

 

Os melhores Filmes, Atores e Atrizes: Veja o Resultado do Globo de Ouro 2016

O Globo de Ouro é uma das premiações mais aclamadas, sendo especialmente destacada por premiar tanto talentos em longa-metragens quanto em séries televisivas.

Bom, finalmente chegou a hora de conhecermos os vencedores deste prestigiado evento. A 73ª edição da premiação aconteceu na noite deste domingo (10/01) e foi transmitida no canal TNT, onde pudemos conferir a entrega das estatuetas e algumas homenagens.

Confira a lista dos vencedores do Golden Globe Awards 2016:

Melhor Filme - Drama

O Regresso

regresso c6f41

Melhor Ator - Drama

Leonardo DiCaprio – O Regresso

Melhor Atriz - Drama

Brie Larson – O Quarto de Jack

Melhor Filme - Comédia ou Musical

Perdido em Marte (Leia nossa crítica do filme Perdido em Marte)

Melhor atriz - Comédia ou Musical

Jennifer Lawrence – Joy: O Nome do Sucesso

Melhor ator - Comédia ou Musical

Matt Damon – Perdido em Marte

mattdamon 30653

Melhor Diretor

Alejandro Iñárritu – O Regresso

Melhor Roteiro

Aaron Sorkin – Steve Jobs

Melhor atriz coadjuvante

Kate Winslet – Steve Jobs

katewinslet stevejobs e5547

 Melhor Ator Coadjuvante

Sylvester Stallone - Creed: Nascido para Lutar

Animação

Divertida Mente (Leia a nossa crítica do filme Divertida Mente)

Melhor filme estrangeiro

Filho de Saul, Hungria

Melhor Canção

Writing's On The Wall - 007 Contra SPECTRE

Melhor Trilha Original

Ennio Morricone – Os Oito Odiados

Melhor Série de TV - Drama

Mr. Robot

Melhor Ator - Série - Drama

Jon Hamm - Mad Men

Melhor Atriz - Série – Drama

Taraji Henson - Empire

Melhor Minissérie

Wolf Hall

Melhor Série - Comédia

Mozart in the Jungle

Melhor Atriz Coadjuvante - Séries e Minisséries

Maura Tierney - The Affair

Melhor Ator Coadjuvante - Séries e Minisséries

Christian Slater - Mr. Robot

Melhor Atriz - Série - Comédia

Rachel Bloom - Crazy Ex-Girlfriend

Melhor Ator - Série - Comédia

Gael García Bernal - Mozart in the Jungle

Melhor Atriz - Minissérie

Lady Gaga - American Horror Story

Melhor Ator - Minissérie

Oscar Isaac - Show Me a Hero

Confira o resultado do BAFTA 2015 - A Teoria de Tudo e Boyhood são os + notáveis

Neste último domingo (8), aconteceu a premiação BAFTA de 2015, com o evento acontecendo na London Royal Opera House. Diversos filmes de peso, aclamados por público e crítica, acabaram como candidatos nas mais diversas categorias, mas "A Teoria de Tudo" e "Boyhood" roubaram a cena da noite.

A história do cientista Stephen Hawking acabou levando o prêmio de Melhor Ator pela atuação de Eddie Redmayne e foi o destaque como produção britânica. Enquanto isso, o enredo sobre o tempo e o crescimento de "Boyhood" premiou Richard Linklater como Melhor Diretor, Patricia Arquette como Melhor Atriz Coadjuvante e ainda ganhou a estatueta de Melhor Filme.

Além disso tudo, "O Grande Hotel Budapeste" foi o que acumulou mais prêmios, sendo nomeado em cinco categorias diferentes - entre elas, podemos citar o Melhor Figurino, Produção e Maquiagem. A grande decepção foi "The Imitation Game", com Benedict Cumberbatch como Alan Turing, que não ganhou em nenhuma categoria, apesar das nove indicações.

Abaixo, você confere a lista com todos os ganhadores.

Melhor Filme

Boyhood

boybafta a508d

Melhor Filme Britânico

A Teoria de Tudo

Revelação de Roteirista, Diretor ou Produtor Britânico

Elaine Constantine (roteirista e diretora), de Northern Soul

Filme em idioma estrangeiro

Ida

Documentário

Citizenfour

Filme Animado

Uma Aventura LEGO

Melhor Diretor

Richard Linklater, de Boyhood

Roteiro Original

Wes Anderson, de O Grande Hotel Budapeste

budabafta d1973

Roteiro Adaptado

Anthony McCarten, de A Teoria de Tudo

Ator Principal

Eddie Redmayne, de A Teoria de Tudo

Atriz Principal

Juliane Moore, de Para Sempre Alice

Ator Coadjuvante

J.K. Simmons, de Whiplash

Atriz Coadjuvante

Patricia Arquette, de Boyhood

Música Original

Alexandre Desplat, de O Grande Hotel Budapeste

Cinematografia

Emmanuel Lubezki, de Birdman

Edição

Tom Cross, de Whiplash

Design de Produção

Adam Stockhausen e Anna Pinnock, de O Grande Hotel Budapeste

Design de Figurino

Milena Canonero, de O Grande Hotel Budapeste

Cabelo e Maquiagem

Frances Hannon, de O Grande Hotel Budapeste

Sonoplastia

Whiplash

Efeitos Especiais

Interestelar

interbafta 7daa6

Curta de Animação Britânico

The Bigger Picture

Curta Britânico

Boogaloo and Graham

The EE Risign Star (artista revelação, votado pelo público)

Jack O'Connel, de Invencível

Grammy: “Frozen” e “O Grande Hotel Budapeste” levam a melhor na premiação

O Grammy elege anualmente as melhores músicas em diversas categorias, incluindo as melhores produções voltadas a filmes e televisão. Neste ano, dois filmes famosos acabaram levando a melhor nas categorias referentes a trilhas sonoras.

O primeiro a receber as honras foi a compilação de músicas do filme “Frozen: Uma Aventura Congelante”, com produções de Kristen Anderson-Lopez, Robert Lopez, Tom MacDougall e Chris Montan.

Depois, foi a vez da trilha sonora de “O Grande Hotel Budapeste” receber seu prêmio na categoria de melhor trilha sonora. O trabalho musical do filme desbancou as faixas de “Garota Exemplar”, “Frozen – Uma Aventura Congelante”, “Gravidade” e “Walt nos bastidores de Mary Poppins”.

E, para finalizar, o filme da Disney (sim, o Frozen novamente) conseguiu a estatueta de melhor som escrito para uma mídia visual. É claro que estamos falando da canção “Let It Go” (que no Brasil virou Livre Estou). Esta música concorreu com sons como “Everything is Awesome” (do filme Uma Aventura LEGO) e “I See Fire” (O Hobbit: A Desolação de Smaug).

Esta é bem legal, mas nossa preferida do Frozen é a... "Você quer brincar na neve? Um boneco quer fazer?".

Os melhores filmes do ano! Resultado da premiação do Critics Choice Awards 2015

As premiações não param! Poucos dias depois do Globo de Ouro, os astros de Hollywood foram para Los Angeles no dia 15 de janeiro para o Critics' Choice Awards de 2015.

Entre os rostos conhecidos no Hollywood Palladium estavam Emily Blunt, Eddie Redmayne, Reese Witherspoon, Jennifer Aniston e Angelina Jolie para prestigiar o que teve de melhor nos cinemas durante o ano. Birdman liderou com 13 indicações, seguido de O Grande Hotel Budapeste com 11, e Boyhood com 8. Confira a lista completa dos vencedores:

Melhor filme

boyhood 3c32f

"Birdman"
"Boyhood" (Vencedor)
"Garota exemplar"
"O Grande Hotel Budapeste"
"O Jogo da Imitação"
"Os Abutres"
"Selma"
"A Teoria de Tudo"
"Invencível"
"Whiplash"

Melhor ator

Benedict Cumberbatch - "O Jogo da Imitação"
Ralph Fiennes - "O Grande Hotel Budapeste"
Jake Gyllenhaal - "Os Abutres"
Michael Keaton - "Birdman" (vencedor)
David Oyelowo - "Selma"
Eddie Redmayne - "A Teoria de Tudo"

Melhor atriz

juliane moore a57d2

Jennifer Aniston - "Cake"
Marion Cotillard – "Dois dias, uma noite"
Felicity Jones - "A Teoria de Tudo"
Julianne Moore - "Para Sempre Alice" (vencedora)
Rosamund Pike - "Garota exemplar"
Reese Witherspoon - "Livre"

Melhor ator coadjuvante

Josh Brolin – "Vício inerente"
Robert Duvall - "O Juiz"
Ethan Hawke - "Boyhood"
Edward Norton - "Birdman"
Mark Ruffalo - "Foxcatcher"
J.K. Simmons - "Whiplash" (vencedor)

Melhor atriz coadjuvante

Patricia Arquette - "Boyhood" (vencedora)
Jessica Chastain - "O Ano Mais Violento"
Keira Knightley - "O Jogo da Imitação"
Emma Stone - "Birdman"
Meryl Streep - "Caminhos das florestas"
Tilda Swinton - "Expresso do amanhã"

Melhor ator/atriz revelação

Ellar Coltrane - "Boyhood" (vencedora)
Ansel Elgort - "A Culpa é das Estrelas"
Mackenzie Foy - "Interestelar"
Jean Liberher - "Um Santo Vizinho"
Tony Revolori - "O Grande Hotel Budapeste"
Quvenzhane Wallis - "Annie"
Noah Wiseman - "The Babadook"

Melhor elenco

birdman-festival-morelia 2662f

"Birdman" (vencedor)
"Boyhood"
"O Grande Hotel Budapeste"
"O Jogo da Imitação"
"Caminhos da floresta"
"Selma"

Melhor diretor

Wes Anderson - "O Grande Hotel Budapeste"
Ava Duvernay - "Selma"
David Fincher - "Garota exemplar"
Alejandro Gonzalez Inarritu - "Birdman"
Angelina Jolie – "Invencível"
Richard Linklater - "Boyhood" (vencedor)

Melhor roteiro original

"Birdman" - Alejandro Inarritu, Nicolas Gabon, Armando Bo, Alexander Dinelaris (vencedor)
"Boyhood" - Richard Linklater
"O Grande Hotel Budapeste" - Wes Anderson
"Os Abutres" - Dan Gilroy
"Whiplash" - Damien Chazelle

Melhor roteiro adaptado

"Garota Exemplar" - Gillian Flynn (vencedor)
"O Jogo da Imitação" - Graham Moore
"Vício Inerente" - Paul Thomas Anderson
"A Teoria de Tudo" - Anthony McCarten
"Invencível" - Joel and Ethan coen, Richard LaGravenese
"Livre" - Nick Hornby

Melhor fotografia

"Birdman" - Emmanuel Lubezki (vencedor)
"O Grande Hotel Budapeste" - Robert Yeoman
"Interestelar" - Hoyte Van Hoytema
"Mr. Turner" – Dick Pope
"Invencível" - Roger Deakins

Melhor direção de arte

o-GRAND-BUDAPEST-HOTEL-TRAILER-facebook 61af8

"Birdman" – Kevin Thompson/Diretor de Arte, George DeTitta Jr./Decorador de Set
"O Grande Hotel Budapeste" - Adam Stockhausen/Diretor de Arte, Anna Pinnock/Decoradora de Set (vencedor)
"Vício Inerente" - David Crank/Diretor de Arte, Amy Wells/Decoradora de Set
"Interestelar" – Nathan Crowley/Diretor de Arte, Gary Fettis/Decorador de Set
"Caminhos da floresta" – Dennis Gassner/Diretor de Arte, Anna Pinnock/Decoradora de Set
"Expresso do amanhã" – Ondrej Nekvasil/Diretor de Arte, Beatrice Brentnerova/Decorador de Set

Melhor edição

"Birdman" - Douglas Crise, Stephen Mirrione (vencedor)
"Boyhood" - Sandra Adair
"Garota exemplar" - Kirk Baxter
"Interestelar" - Lee Smith
"Whiplash" - Tom Cross

Melhor figurino

"O Grande Hotel Budapeste" - Milena Canner (vencedora)
"Vício Inerente" - Mark Bridges
"Caminhos da Floresta" - Colleen Atwood

Melhor cabelo e maquiagem

"Foxcatcher"
"Guardiões da Galáxia" (vencedor)
"O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos"
"Caminhos da Floresta"
"Malévola"

Melhores efeitos visuais

"Planeta dos macacos: O Confronto" (vencedor)
"No Limite do Amanhã"
"Guardiões da Galáxia"
"O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos"
"Interestelar"

Melhor animação

lego-movie 00158

"Operação Big Hero"
"Festa no céu"
"Os Boxtrolls"
"Como Treinar seu Dragão 2"
"Uma Aventura Lego" (vencedor)

Melhor filme de ação

"Sniper Americano"
"Capitão América 2: O soldado invernal"
"No Limite do Amanhã"
"Corações de Ferro"
"Guardiões da Galáxia" (vencedor)

Melhor ator de filme de ação

Bradley Cooper – "Sniper Americano" (vencedor)
Tom Cruise - "No Limite do Amanhã"
Chris Evans – "Capitão América 2: O Soldado Invernal"
Brad Pitt – "Corações de Ferro"
Chris Pratt - "Guardiões da Galáxia"

Melhor atriz de filme de ação

AYNIK-D017-03489r 4deed

Emily Blunt – "No Limite do Amanhã" (vencedora)
Scarlett Johansson - "Lucy"
Jennifer Lawrence - "Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1"
Zoe Saldana - "Guardiões da Galáxia"
Shailene Woodley - "Divergente"

Melhor comédia

"Birdman"
"O Grande Hotel Budapeste" (vencedor)
"Um Santo Vizinho"
"Top Five"
"Anjos da Lei 2"

Melhor ator de comédia

Jon Favreau – "Chef"
Ralph Fiennes - "O Grande Hotel Budapeste"
Michael Keaton - "Birdman" (vencedor)
Bill Murray - "Um Santo Vizinho"
Chris Rock - "Top Five"
Channing Tatum - "Anjos da lei 2"

Melhor atriz de comédia

Rose Byrne - "Vizinhos"
Rosario Dawson - "Top Five"
Melissa McCarthy - "Um Santo Vizinho"
Jenny Slate - "Obvious Child" (vencedora)
Kristen Wiig - "The Skeleton Twins"

Melhor filme de terror/ficção científica

intestellar c7ebd

"The Babadook"
"Planeta dos macacos: O Confronto"
"Interestelar" (vencedor)
"Expresso do Amanhã"
"Sob a Pele"

Melhor filme estrangeiro

"Força Maior" (vencedor)
"Ida"
"Leviatã"
"Dois dias, uma noite"
"Relatos Selvagens"

Melhor documentário

"Citizenfour"
"Glenn Campbell: I'll Be Me"
"Jodorowsky's Dune"
"Last Days in Vietnam"
"Life Itself" (vencedor)
"The Overnighters"

Melhor canção

"Big Eyes" – Lana Del Rey - "Big Eyes"
"Everything is Awesome" – Jo Li and the Lonely Planet - "Uma Aventura Lego"
"Glory" - Common/John Legend - "Selma" (vencedor)
"Lost Stars" – Keira Knigthley – "Mesmo Se Nada Der Certo"
"Yellow Flicker Beat" – Lorde - "Jogos vorazes: A Esperança – Parte 1"

Melhor trilha sonora

Alexander Desplat - "O Jogo da Imitação"
Johann Johannsoon - "A Teoria de Tudo"
Trent Reznor, Atticus Ross - "Garota Exemplar"
Antonio Sanchez - "Birdman" (vencedor)
Hans Zimmer - "Interestelar"

Só os Piores Filmes: Conheça os indicados ao Framboesa de Ouro

Já é tradição: um dia antes do anúncio dos indicados ao Oscar, é a vez de saber quem está na disputa pelo Framboesa de Ouro.

Aos que não conhecem, o evento “premia” os piores filmes e atores do ano e acontece sempre um dia antes do Oscar.

Para cada filme aclamado pela crítica como “12 Anos de Escravidão” e “Boyhood”, há um "Tartarugas Ninja” ou "Transformers: A Era da Extinção" para compensar. Com isso dito, o Framboesa de Ouro é uma forma de brincar e comemorar esses chamados "piores" filmes do ano. Confira os indicados:

Pior filme

entrevistaframboesa 8b80e

A Entrevista

As Tartarugas Ninja (Leia a crítica aqui)

Atlas Shrugged: Who is John Galt?

Frankenstein: Entre Anjos e Demônios

Hércules (Leia a crítica aqui)

Inatividade Paranormal 2

O Apocalipse

Saving Christmas

Sex Tape: Perdido na Nuvem (Leia a crítica aqui)

Transcendence - A Revolução (Leia a crítica aqui)

Transformers: A Era da Extinção (Leia a crítica aqui)

Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

 

Pior refilmagem ou sequência

mercenarios3framboesa 4c9be

A Lenda de Oz (Leia a crítica aqui)

Amor Sem Fim

Annie

As Tartarugas Ninja (Leia a crítica aqui)

Atlas Shrugged: Who is John Galt?

Êxodo: Deuses e Reis (Leia a crítica aqui)

Frankenstein: Entre Anjos e Demônios

Hércules (Leia a crítica aqui)

Inatividade Paranormal 2

Noé (Leia a crítica aqui)

Os Mercenários 3 (Leia a crítica aqui)

Pompeia

Transformers: A Era da Extinção (Leia a crítica aqui)

 

Pior roteiro

tartarugasframboesa 03904

Amor Sem Fim

As Tartarugas Ninja (Leia a crítica aqui)

Atlas Shrugged: Who is John Galt?

Êxodo: Deuses e Reis (Leia a crítica aqui)

Frankenstein: Entre Anjos e Demônios

Hércules (Leia a crítica aqui)

Inatividade Paranormal 2

Noé (Leia a crítica aqui)

O Apocalipse

Os Mercenários 3 (Leia a crítica aqui)

Pompeia

Saving Christmas

Sex Tape: Perdido na Nuvem (Leia a crítica aqui)

Transformers: A Era da Extinção (Leia a crítica aqui)

Transcendence - A Revolução (Leia a crítica aqui)

Um Conto do Destino

Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

 

Pior dupla

transformersframboesa d98b4

James Franco e Seth Rogen ou Randall Park (Kim Jong-un) do filme "A Entrevista"

Alex Pettyfer e Gabrielle Wilde do filme "Amor Sem Fim"

O elenco do filme "Atlas Shrugged: Who is John Galt?"

Kellan Lutz e seu abdômen, peitoral ou glúteos do filme "Hércules"

Os monstros de pedra do filme "Noé"

O elenco do filme "Os Mercenários 3"

Kirk Cameron e seu ego do filme "Saving Christmas"

Cameron Diaz e Jason Segel do filme "Sex Tape: Perdido na Nuvem"

Johnny Depp e sua versão virtual do filme "Transcendence - A Revolução"

Qualquer dupla de robôs do filme "Transformers: A Era da Extinção"

Seth McFarlane e Charlize Theron do filme "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola"

 

Pior diretor

Vic Armstrong - "Amor Sem Fim"

Jonathan Liebesman - "As Tartarugas Ninja"

James Manera - "Atlas Shrugged: Who is John Galt?"

Renny Harlin - "Hércules"

Michael Tiddes - "Inatividade Paranormal 2"

Darren Aronofsky - "Noé"

Darren Doane - "Saving Christmas"

Jake Kasdan - "Sex Tape: Perdido na Nuvem"

Wally Pfister - "Transcendence - A Revolução"

Michael Bay - "Transformers: A Era da Extinção"

Seth McFarlane - "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola"

 

Pior ator coadjuvante

Shaquille O’Neal - "Juntos e Misturados"

Jonatan Schaech - "Hércules"

Kelsey Grammer - "Os Mercenários 3" e "Transformers: A Era da Extinção"

Ah-Nuld Schwarzenegger - "Os Mercenários 3"

Morgan Freeman - "Transcendence - A Revolução"

Jack Black - "Sex Tape: Perdido na Nuvem"

Liam Neeson - "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola"

Russell Crowe - "Um Conto do Destino"

Mel Gibson - "Os Mercenários 3"

Kiefer Sutherland - "Pompeia"

T.J. Miller - "Transformers: A Era da Extinção"

 

Pior atriz coadjuvante

Sophia Miles - "Transformers: A Era da Extinção"

Jamie Pressley - "Inatividade Paranormal 2"

Susan Sarandon - "Tammy"

Brigette Cameron - "Saving Christmas"

Carrie-Ann Moss - "Pompeia"

Amanda Seyfried - "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola"

Cameon Diaz - "Annie"

Megan Fox - "As Tartarugas Ninja"

Jane Fonda - "Sete Dias Sem Fim"

Emily Browning - "Pompeia"

Nicola Peltz - "Transformers: A Era da Extinção"

 

Pior atriz

Charlize Theron - "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola"

Elizabeth Banks - "A minha casa caiu"

Jennifer Aniston - "Quero Matar Meu Chefe 2"

Cameron Diaz - "Mulheres ao Ataque" e "Sex Tape: Perdido na Nuvem"

Gabrielle Wilde - "Amor Sem Fim"

Nicole Kidman - "Antes de Dormir"

Melissa McCarthy - "Tammy"

Drew Barrymore - "Juntos e Misturados"

Gaia Weiss - "Hércules"

Lea Michelle (voz) - "A Lenda de Oz"

 

Pior ator

Seth McFarlane - "Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola"

Johnny Depp - "Transcendence - A Revolução"

Adam Sandler - "Juntos e Misturados"

Seth Rogen - "A Entrevista"

Kellan Lutz - "Hércules"

Marlon Wayans - "Inatividade Paranormal 2"

Arnold Schwarzenegger - "Sabotage"

Aaron Eckhart - "Frankenstein: Entre Anjos e Demônios"

Alex Pettyfer - "Amor Sem Fim"

Kirk Cameron - "Saving Christmas"

James Franco - "A Entrevista"

Nicolas Cage - "O Apocalipse"

 

Os vencedores do 35º Framboesa de Ouro serão anunciados dia 21 de fevereiro, um dia antes do anúncio dos ganhadores do Oscar 2015.

Façam suas apostas, quem vocês acham que leva o prêmio?