log in
ap 728x90 data 5463e

Mostra de Cinema Negro Brasileiro tem filmes com entrada gratuita em Curitiba

Começa nesta quarta-feira (31) e vai até o dia 07 de agosto a segunda edição da Mostra de Cinema Negro Brasileiro, que apresenta produções nacionais de diretores contemporâneos afrodescendentes.

Com sessões no Cine Passeio, na Cinemateca de Curitiba e no Museu da Imagem e do Som do Paraná, o evento exibirá dezenas de produções brasileiras, entre elas algumas paranaenses.

Todos os filmes têm entrada gratuita e, além das sessões, também estão na programação debates e mesas redondas com expoentes e estudiosos do cinema negro.

Veja a programação completa:

31/07 - Quarta-feira

19h15 - Cine Passeio (Estúdio Valêncio Xavier)

Sessão Foco: Everlane Moraes

  • Caixa d’água: qui-lombo é esse?
  • Conflitos e abismos: a expressão da condição humana
  • El Reflejo
  • Allegro Ma Non Tropo: La Sinfonia De La Belleza
  • La santa cena
  • Monga, Retrato De Café
  • Aurora
  • Pattaki

Encerramento com Bate-papo com Everlane Moraes

everlenemoraes 79490

01/08 – Quinta-feira

19h15 - Cine Passeio (Estúdio Valêncio Xavier)

Mesa de Abertura: O Cinema Negro como Construção de um Novo Imaginário, com Diego Paulino, Viviane Ferreira e mediação de Heliane Hemetério

20h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

  • Café com Canela, de Glenda Nicácio e Ary Rosa

02/08 – Sexta-feira

19h15 - Cine Passeio (Estúdio Valêncio Xavier)

Mesa: Pensamento Decolonial no Cinema, com Cleber Kronun, Everlane Moraes e Pedro Gonçalves

20h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

  • Noir Blue: deslocamentos de uma dança, de Ana Pi
  • Cartuchos de Super Nintendo em Anéis de Saturno, de Leon Reis
  • Negrum3, de Diego Paulino

Encerramento com bate-papo com Diego Paulino

negrum3 8f377

03/08 – Sábado

10h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

Matinê de Curtas Infantis

  • Guri, de Adriano Monteiro
  • Colorirá, de Gabriele Fernanda
  • Lily's Hair, de Raphael Silva
  • Opará de Oshun: Quando Tudo Nasce, de Pâmela Peregrino
  • Òrun Àiyé: A Criação do Mundo, de Cintia Maria e Jamile Coelho

15h - Cinemateca de Curitiba

  • El Enemigo, de Aldemar Matias
  • Um Ensaio Sobre a Ausência, de David Aynan
  • O Som do Silêncio, de David Aynan
  • Rebento, de Vinícius Eliziário
  • Não Fique Triste, Menino, de Clébson Oscar

17h - Cinemateca de Curitiba

Sessão Foco: Sabrina Fidalgo

  • Black Berlin
  • Personal Vivator
  • Rainha

19h15 - Cine Passeio (Estúdio Valêncio Xavier)

Mesa: Atrizes e Atores Negros Discutem Representação, com Matheus Moura, Ronnald Pinheiro, Sol do Rosário e Sthepanie Fernandes

20h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

  • Afronte, de Bruno Victor e Marcus Azevedo
  • Universo Preto Paralelo, de Rubens Passaro
  • Sample, de Ana Julia Travia
  • Quantos Eram Pra Tá?, de Vinícius Silva
quantoseramprata 8c0ea

04/08 – Domingo

14h - Cinemateca de Curitiba

Sessão de Curtas Paranaenses

  • Ferradura, de Bea Gerolin
  • Tua Palavra Não Nega, do Levante Popular da Juventude-PR
  • Por que Não Tem Paquita Preta?, de Preticia Jerônimo
  • Megg: A Margem que Migra para o Centro, de Larissa Nepomuceno
  • Embora, de Gabriel Borges Philippini

Encerramento com bate-papo com realizadoras/es

16h - Cinemateca de Curitiba

  • SuperPina: Gosto é Quando a Gente Faz!, de Jean Santos
  • Intervenção Jah, de Daniel Santos e Welket Bungué
  • Maldita, de Laysa Carolina Machado
  • Eleguá - curta, de Yuri Costa

19h15 - Cine Passeio (Estúdio Valêncio Xavier)

Mesa: Diálogos Geracionais, com Cristina Amaral e Renata Martins

20h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

  • Sem Asas, de Renata Martins
  • Vaga Carne, de Grace Passô e Ricardo Alves Jr.
  • Encerramento com bate-papo com Renata Martins

06/08 – Terça-feira

20h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

  • Motriz, de Tais Amordivino
  • O Dia de Jerusa, de Viviane Ferreira
  • Impermeável Pavio Curto, de Higor Gomes
  • Liberdade, de Vinícius Silva e Pedro Nishi
liberdade d8ff4

07/08 – Quarta-feira

20h30 - Cine Passeio (Sala Luz)

  • Mais Triste que Chuva num Recreio de Colégio, de Lobo Mauro
  • Antes de Ontem, de Caio Franco
  • Eu, Minha Mãe e Wallace, de Eduardo Carvalho e Marcos Carvalho
  • BR3, de Bruno Ribeiro
  • Tudo que é Apertado Rasga, de Fabio Rodrigues Filho

Acesse o evento no Facebook para acompanhar as novidades da Mostra do Cinema Negro Brasileiro e saber mais sobre endereços dos locais de exibição, bem como informações sobre os curtas e longas-metragem.

Cine-PE | Festival Audiovisual chega à sua 22ª edição

O Festival Audiovisual Cine PE chega à sua 22ª edição. Mantendo posição de destaque no cenário audiovisual brasileiro e internaciona, o Cine PE promete trazer uma seleção plural e diversificada. Previsto para acontecer entre os dias 29 de maio a 4 de junho, o festival recebeu mais de 500 inscrições de curtas e longas-metragens.

cinepe2018

Do número total de inscritos, 419 produções são de curtas-metragens, sendo 111 documentários, 287 obras de ficção e 21 de animação. A maioria das produções vem do Sudeste (285), sendo que os números da edição de 2018 incluem 135 filmes de São Paulo, 120 do Rio de Janeiro, 39 de Pernambuco e 35 de Goiás. Dentre os mais de 500 inscritos serão selecionados 8 curtas para a Mostra de Curta Metragem Pernambuco, 16 para a Mostra de Curta Metragem Nacional e 6 longas para a Mostra de Longa Metragem.

O festival ocorrerá no Cinema São Luiz, no Centro do Recife, e além das mostras competitivas também contará com lançamentos, exibição de filmes hors concours, debates, workshops e homenagens. Confira os destaques da programação:

ABERTURA

  • Mulheres Alteradas (Luis Pinheiro)

COMPETIÇÃO - LONGAS

  • Os Príncipes (Luiz Rosemberg Filho)
  • Henfil (Angela Zoé)
  • Meu Tio e o Joelho de Porco (Rafael Terpins)
  • Marcha Cega (Gabriel Di Giacomo)
  • Christabel (Alex Levy-Heller)
  • Dias Vazios (Robney Bruno Almeida)

COMPETIÇÃO - CURTAS

  • Banco Brecht, de Tiago Aguiar e Marcio Souza)
  • Não Falo com Estranhos, de Klaus Hastenreiter)
  • Sob o Delírio de Agosto, de Carlos Kamara e Karla Ferreira)
  • Lençol de Inverno (Bruno Rubim)
  • Teodora Quer Dançar (Samantha Col Debella)
  • Sweet Heart (Amina Jorge)
  • Abismo (Ivan de Angelis)
  • Balanceia (Juraci Júnior e Thiago Oliveira)
  • Plantae (Guilherme Gehr)
  • Insone (Breno Guerreiro e Débora Pinto)
  • Através de Ti (Diego Tafarel)
  • Peripatético (Jessica Queiroz)
  • Marias (Yasmim Dias)
  • Universo Preto Paralelo (Rubens Passaro)
  • Cine S. José (Adalberto Oliveira)
  • Vidas Cinzas (Leonardo Martinelli)

COMPETIÇÃO - CURTAS PERNAMBUCANOS

  • Cara de Rato (Benedito Serafim)
  • Seja Feliz (Diego Melo)
  • Edney (João Roberto Cintra)
  • Deep Dive (Pedro Arruda)
  • O Consertador de Coisas Miúdas (Marcos Buccini)
  • Uma Balada para Rocky Lane (Djalma Galindo)
  • Dia-Um (Natália Lima)
  • Frequências (Adalberto Oliveira)

 

Inscrições abertas para a Mostra do Filme Livre 2017

mostradofilmelivre201701 27408

Quer participar da ação Cineclubes Livres da 16ª edição da Mostra do Filme Livre, pois as inscrições já estão abertas e o melhor de tudo é que é gratis e sem seleção. O processo começou dia 25 de abril e vai até o dia 22 de maio de 2017.

Para quem não conhece, o Cineclubes Livres é a maior ação em rede de cineclubes do Brasil, que leva filmes livres para diversas cidades de todas as regiões do país.

As inscrições são gratuitas e todos cineclubes inscritos terão direito a exibir de duas das quatro sessões oferecidas pela 16ª MFL. Isso significa que se você se inscreveu inscreveu já está dentro.

Podem participar CINECLUBES realizados por Cinemas, Coletivos, Pontos de Cultura, Institutos Federais, Universidades, Faculdades, Escolas, Teatros, Museus, Bibliotecas, Sindicatos, unidades do Sistema S, Associações, Cooperativas, OSCIPs, espaços culturais, outras instituições quaisquer e indivíduos ou pessoas jurídicas que realizam atividades ligadas ao cinema.

Os filmes presentes em cada sessão e a arte gráfica da Mostra serão enviados única e exclusivamente pela internet. Os participantes deverão exibir os filmes entre os meses de julho e agosto de 2016.

Para inscrever seu Cineclube basta ler e concordar com o regulamento.

Confira aqui as sessões e filmes disponíveis para os cineclubes.

mostradofilmelivre201702 fea38

Mostra "O Último Durão" celebra centenário de Kirk Douglas

Único profissional em atividade a testemunhar tanto os anos dourados da cinematografia americana quanto os em que a censura proporcionou uma verdadeira caça às bruxas, Kirk Douglas completa 100 anos de idade no próximo dia 09 de dezembro.

Para celebrar esta lenda viva do cinema, a Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM), no Rio de Janeiro, de curadoria de Ricardo Cota, realizará a ​​Mostra O Último Durão – Centenário de Kirk Douglas de 25 de novembro​ a​ 11 de dezembro. A retrospectiva também será realizada no Cine Joia (29 de novembro a 11 de dezembro) e em Niterói no Cine Arte UFF (25 de novembro a 1 de dezembro), com preços de R$ 10,00 a inteira e R$ 5,00 a meia-entrada.

A abertura da Mostra será sexta, dia 25/11, às 15h, na Cinemateca do MAM, com uma programação especial com direito a debate com Ricardo Cota, Mario Abbade e convidados, sobre a trajetória e obra de Kirk Douglas, bem como sobre sua luta por minorias, considerando sua importante colaboração na luta contra o macarthismo, tornando-se o primeiro astro a contrariar o sistema e contratar um roteirista cujo nome constava na lista negra, Dalton Trumbo, para assumir o roteiro de “Spartacus” (Idem – 1960), produzido e protagonizado por Douglas, dirigido por Stanley Kubrick.

kirkdouglas4 1795e

Há tempos planejada por Cota, esta homenagem a Douglas tem um sabor especial porque conta com sugestões do próprio ator na seleção de filmes – 29 longas ao todo, exibidos em dcp e blu-ray. A participação de Kirk Douglas se deu por intermédio de seus representantes e de Mario Abbade, jornalista e crítico de cinema, convidado pelo MAM para assumir a curadoria da Mostra devido à sua proximidade não apenas com os representantes do ator, mas, sobretudo, com sua obra.

Junto com a retrospectiva será lançado o livro O Último Durão – Centenário Kirk Douglas, com textos críticos sobre 29 filmes escolhidos pelo próprio Kirk Douglas e uma entrevista exclusiva com o ator e fotos de seu acervo pessoal.

O livro foi organizado pelo jornalista e crítico de cinema Mario Abbade que convidou os jornalistas renomados Marcelo Janot, Rodrigo Fonseca, Susana Schild, Simone Zucolotto, Daniel Schenker, Ruy Gardnier, Sylvio Gonçalves, Alessandro Giannini e Ricardo Cota, entre outros, que colaboraram com textos. O lançamento será segunda, dia 12 de dezembro, às 19h, na livraria Blooks (Espaço Itaú de Cinema, na Praia de Botafogo).

kirkdouglas2 02c09

Nascido em Amsterdam, no estado americano de Nova York, filho de imigrantes russos, Issur Danielovitch Demsky, popularmente conhecido como Kirk Douglas, é um exemplo de superação, pois antes de se tornar o patriarca de uma família tradicional do cinema americano, cujo descendente mais famoso é o filho Michael Douglas, o ator é um sobrevivente da pobreza extrema que lhe impôs a triste realidade da fome.

Às custas de muito esforço, sempre trabalhando para pagar os estudos e ajudar nas despesas da família, Kirk Douglas começou a subir os primeiros degraus atuando em pequenas montagens da Broadway até interromper sua carreira para entrar na Marinha Americana em 1941, retornando aos palcos e à arte que o tornaria famoso somente após a Segunda Guerra Mundial, quando se aventurou nas telas de cinema com seu primeiro filme, “O Tempo Não Apaga” (The Strange Love of Martha Ivers – 1946), com a ajuda de Lauren Bacall, que insistiu para que o produtor Hal B. Wallis lhe concedesse uma chance durante as audições para o longa-metragem.

kirkdouglas1 0589b

Tendo Gary Cooper como mentor no início da carreira, aos poucos conquistou público e crítica, ganhando cada vez mais espaço no cinema americano, tornando-se uma testemunha da ascensão e queda dos sistemas de estúdios e estrelas que vigoravam durante toda a era clássica do cinema americano.

Douglas também presenciou a já citada censura imposta à sétima-arte no período do macarthismo, sendo um dos poucos profissionais a resistir ao teste do tempo e passar pelo crivo de festivais e instituições fora dos Estados Unidos, como o Festival de Cannes e o Festival de Berlim, que lhe concedeu o Urso de Ouro Honorário em 2001.

Apesar de uma vasta e aclamada filmografia, Kirk Douglas nunca venceu a estatueta do Oscar, sendo indicado na categoria de melhor ator em três ocasiões, por seus desempenhos em “O Invencível” (Champion – 1949), “Assim Estava Escrito” (The Bad and the Beautiful – 1952) e “Sede de Viver” (Lust for Life – 1956), todos selecionados para a Mostra que celebra seu centenário.

No entanto, em 1996, quando o ator já estava com a saúde um tanto debilitada em decorrência do Acidente Vascular Cerebral (AVC) que sofreu no mesmo ano e de um acidente de helicóptero em 1991, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (Academy of Motion Picture Arts and Sciences – AMPAS) o homenageou com um Oscar Honorário como forma de comemorar seus 50 anos de carreira e sua força criativa e moral na comunidade hollywoodiana.

kirkdouglas3 f11d5

A Cinemateca do MAM também montará uma pequena exposição com material sobre o ator, assim como a Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ) o homenageará pelo conjunto da obra e sua inestimável contribuição à sétima-arte - o troféu e o diploma concedidos pela instituição foram previamente enviados ao ator.

A Mostra “O Último Durão – Centenário de Kirk Douglas” é uma oportunidade única para cinéfilos, estudantes de cinema e profissionais da área assistirem parte da filmografia de Kirk Douglas na tela grande, pois é uma verdadeira aula de cinema que tem como protagonista um profissional versátil e talentoso, que passeou com muita naturalidade por diversos gêneros cinematográficos.

Veja o vídeo elaborado pelos organizadores para divulgar a programação do Centenário Kirk Douglas.

Confira a programação e os demais filmes que serão exibidos:

Programação Kirk Douglas – MAM

25/11
15h30 Abertura com debate
16h30 O Tempo não Apaga (116 min) 14 anos
18h45 Estranha Fascinação (97 min) 14 anos
26/11
16h O Invencível (99 min) 14 anos
18h Êxito Fugaz (112 min) 14 anos
27/11
16h A Montanha dos 7 Abutres (111 min) 14 anos
18h15 Chaga de Fogo (103 min) 14 anos
29/11
16h Assim estava Escrito (118 min) 14 anos
18h15 A História de Três Amores (122 min) 14 anos
30/11
16h Mais Forte que a Morte (106 min) 14 anos
1/12
15h45 Ulysses (117 min) 14 anos
18h 20.000 Léguas Submarinas (127 min) 14 anos
2/12
16h A Um Passo da Morte (88 min) 14 anos
17h45 Sede de Viver (122 min) 14 anos
3/12
15h45 Sem lei e Sem Alma (122 min) 14 anos
18h Vikings, Os Conquistadores (116 min) 14 anos
4/12
15h30 Glória Feita de Sangue (88 min) 14 anos
17h15 Spartacus (184 min)
6/12
16h Cidade sem Compaixão (105 min) 14 anos
18h Sua Última Façanha (107 min) 14 anos
7/12
16h A Cidade dos Desiludidos (107 min) 14 anos
18h Sete Dias de Maio (118 min) 14 anos
8/12
16h30 Ambição Acima da Lei (92 min) 14 anos
18h15 Exterminação 2000 (102 min) 14 anos
9/12
16h Cactus Jack, o Vilão (89 min) 14 anos
18h Fúria (118 min) 14 anos
10/12
16h15 Saturno 3 (96 min) 14 anos
18h Amos (100 min) 14 anos
11/12
16h Os Últimos Durões (104 min) 14 anos
18h Illusion (106 min) 14 anos

Joia

29/11 - 10h45 O Invencível (99 min) 14 anos
30/11 - 10h45 Êxito Fugaz (112 min) 14 anos
1/12 - 10h45 Chaga de Fogo (103 min) 14 anos
2/12 - 10h45 A Montanha dos 7 Abutres (111 min) 14 anos
3/12 - 10h45 Assim estava Escrito (118 min) 14 anos
4/12 - 10h45 A Cidade dos Desiludidos (107 min) 14 anos
5/12 - 10h45 Sem lei e Sem Alma (122 min) 14 anos
6/12 - 10h45 A Fúria (118 min) 14 anos
7/12 - 10h45 Glória Feita de Sangue (88 min) 14 anos
8/12 - 10h45 Sua Última Façanha (107 min) 14 anos
9/12 - 10h45 A História de Três Amores (122 min) 14 anos
10/12 - 10h45 Sede de Viver (122 min) 14 anos
11/12 - 10h45 Spartacus (184 min) 14 anos

Cine Arte UFF

25/11 18h40 A Montanha dos 7 Abutres (111 min) 14 anos
26/11 18h40 Sede de Viver (122 min) 14 anos
27/11 18h40 Glória Feita de Sangue (88 min) 14 anos
28/11 18h40 Sem lei e Sem Alma (122 min) 14 anos
29/11 18h40 Sua Última Façanha (107 min) 14 anos
30/11 18h40 A Fúria (118 min) 14 anos
1/12 15h30 Spartacus (184 min) 14 anos

Ciclo exibe filmes raros de Humberto Mauro na Cinemateca

A Cinemateca apresenta, de 10 a 20 de novembro, o Ciclo Humberto Mauro, em comemoração aos 100 anos do cineasta Humberto Mauro. Durante o evento, serão exibidos oito dos seus longas-metragens preservados, como “O descobrimento do Brasil” e “Lábios sem beijo”, raridades como os curtas-metragens produzidos para o Instituto Nacional de Cinema Educativo (INCE), além de uma sessão especial de “Braza dormida”. 

O filme de 1928 foi restaurado pela Cinemateca Brasileira seguindo o método Desmet Colour e sua exibição terá acompanhamento musical da Orquestra Paulistana de Viola Caipira.

brasa dormida02 e0c1b

A revitalização do cineasta foi gestada por Paulo Emilio nos anos 1950. Tal ação afirmativa reconhecia a aplicação de muito do que era visto no cinema mundial em obras brasileiras, na cinematografia de Mauro. Não se sabe se foi em decorrência de Paulo Emilio ou somente percepções concomitantes, contudo foi em Humberto Mauro que o Cinema Novo encontrou sua raiz.

A necessidade de Paulo Emilio em compreender Humberto Mauro e sua obra configura-se de maneira similar à do cineasta em procurar as maneiras possíveis para um cinema brasileiro, de linguagem e expressão próprias. Ver – e rever – o cinema de Mauro é essencial para compreender o cinema brasileiro.

Confira a programação completa da mostra aqui.

40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo vai até o dia 02 de novembro

Começa hoje e vai até o dia 2 de novembro a 40ª edição da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Durante duas semanas, serão exibidos 322 títulos em 35 endereços, entre cinemas, espaços culturais e museus espalhados pela capital paulista, incluindo projeções gratuitas e ao ar livre.

A seleção faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem produzido, além de apresentar tendências, temáticas, narrativas e estéticas. A 40ª Mostra é composta por seis seções: Homenagens, Apresentações Especiais, Foco Polônia, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil e Perspectiva Internacional.

Vejam que simpática a vinheta de divulgação da mostra:

Além da exibição de filmes e dos encontros e debates com diretores, cineastas, críticos e profissionais da área de cinema, a 40ª Mostra também traz em sua programação o lançamento de livros.

Nesta edição, quatro títulos serão lançados: “O Cinema de Meus Olhos”, de Vinicius de Moraes —o poeta também é celebrado pelo evento com a exibição Vinicius de Moraes –; “Um Rapaz de Família”; “Cinema Japonês - Filmes. Histórias. Diretores”, de João Lanari Bo; “Pai País, Mãe Pátria”, de José Carlos Avellar, que será homenageado dentro da Sessão ABC na Mostra no dia 24/10 —; e a obra coletiva “100 Melhores Filmes Brasileiros”.

Veja os filmes e diretores desta edição, bem como notícias, trailers e listas no site da 40ª Mostra. É possível adquirir ingressos individuais ou comprar os pacotes para o evento todo.

Festa do Cinema Italiano chega ao Brasil

Um evento sobre o cinema italiano que nasceu em Portugal e agora chega ao Brasil. Isso mesmo, o 8 ½ Festa do Cinema Italiano é um evento cinematográfico lançado em Lisboa em 2008 que, em quase dez anos, expandiu sua programação para diferentes países de língua portuguesa, como Angola e Moçambique, e agora expande seu alcance por aqui, depois de duas edições restritas a Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Em sua terceira edição no Brasil, 8½ – Festa do Cinema Italiano amplia seu circuito para mais sete salas em diversas capitais nacionais: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis, além da já citada Porto Alegre.

No Brasil, a 8½ Festa do Cinema Italiano é organizada pela Associação Il Sorpasso em colaboração com Mottironi Editore e as cadeias de cinema Espaço Itaú e Cinespaço, com o apoio institucional da Embaixada da Itália em Brasília, dos Institutos Italianos de Cultura de São Paulo e Rio de Janeiro e do Ministério da Cultura Italiana (MIBACT Direzione Cinema), e patrocinado pela Pasta Garofalo.

Acesse o site da 8½ Festa do Cinema Italiano para conferir a programação completa, os horários e salas de exibição dos filmes e saber mais sobre o evento. Veja quais foram os longas selecionados para integrarem a Festa do Cinema Italiano em 2016!

Paro Quando Quero

25/08, quinta-feira, às 19h | 28/08, domingo, às 21h30

Paro Quando Quero f832f

Um grupo de investigadores universitários desempregados decide produzir e comercializar a melhor smart drug do mercado, transformando-se na gangue traficante mais improvável da cidade.
Pietro recruta no seu grupo todos os seus amigos desempregados: excelentes acadêmicos, latinistas, antropólogos etc. O objetivo é fazer dinheiro e restituir a cada um deles um mínimo de dignidade. Mas as coisas começam a tomar um outro rumo.

Loucas de Alegria

25/08, quinta-feira, às 21h30 | 29/08, segunda-feira, às 19h

Loucas de Alegria ec674

Beatrice Morandini Valdirana tem transtorno de personalidade, gosta de fazer drama e se autodenomina condessa, além de conhecer Deus em sua intimidade. Donatella Morelli é uma jovem tímida e frágil que guarda um doloroso segredo.

Ambas são internas de um hospital para mulheres com distúrbios mentais e são consideradas socialmente perigosas. Beatrice e Donatella desenvolvem uma improvável amizade, e fogem à procura de um pouco de felicidade no manicômio a céu aberto que é o mundo dos sãos

Não Seja Mau

26/08, sexta-feira, às 19h | 29/08, segunda-feira, às 21h30

naosejamau 02ff9

Uma história de amizade e dependência química ambientada nos anos 90, nos subúrbios de Roma, nos mesmos lugares onde Pasolini trazia à vida as personagens dos seus filmes. O filme narra a história de amizade entre Vittorio e Cesare. Eles vivem na periferia da grande Roma, na litorânea Ostia.

Com apenas 20 anos, levam uma vida tão alucinada, em meio a drogas e festas, quanto dura, em um cotidiano difícil e sem oportunidades. Em busca de uma nova vida, Vittorio abandona Cesare, que mergulha cada vez mais no submundo. Mas os laços entre eles são fortes demais para se romperem.

As Confissões

26/08, sexta-feira, às 21h30 | 30/8, terça-feira, às 19h

As confissoes3 b1c39

Em um hotel de luxo na Alemanha, um G8 dos ministros de economia está para se reunir pronto a adotar uma manobra secreta que afetará gravemente alguns países. Além deles, também está ali um monge italiano, Roberto Salus. Um fato trágico e inesperado faz com que a reunião seja suspensa.

Em um clima de dúvida e medo, inicia-se um embate: os ministros suspeitam que Salus, por meio da confissão de um deles, tenha descoberto sobre a terrível manobra, e fazem de tudo para que ele diga aquilo que sabe. Enquanto o monge aproveita-se do segredo da confissão, os políticos, tomados pelo remorso e incertezas, começam a vacilar

Meu Nome é Jeeg Robot

27/08, sábado, às 19h | 30/08, terça-feira, às 21h30

Foto Oficial Meu Nome e Jeeg Robot 1 a6ea3

Enzo entra em contato com uma substância radioativa que lhe dá uma força sobre-humana. Fechado, introvertido e solitário, Enzo usa os seus novos superpoderes para a sua carreira de delinquente, envolvendo-se com a máfia. Tudo muda, porém, quando encontra Alessia: uma garota instável que está convencida de que Enzo é o famoso herói do desenho animado japonês, Jeeg Robot. Enzo aprende então o valor de ajudar os outros. 

Amor Eterno

27/08, sábado, às 21h30 | 31/08, quarta-feira, às 19h

Amor Eterno 1 7582c

O romance Amor Eterno conta a história de Amy (Olga Kurylenko), uma estudante de Astrofísica na Universidade de Edimburgo. Ela tem um romance secreto com o famoso astrofísico Dr. Ed Phoerum (Jeremy Irons). Apesar de seu relacionamento ser complicado, já dura seis anos e ela é feliz.

Até que Ed some, deixando Amy sozinha e insegura sobre os rumos a seguir. O que Amy não esperava era que Ed deixaria diversas correspondências e vídeos  com importantes mensagens e lições de vida que ajudar iam ela a superar as dificuldades.

As Consequências do Amor 

27/08, sábado, às 19h | 30/08, terça-feira, às 21h30

As Consequencias do amor 103ed

Titta Di Girolamo tem uma vida enfadonha. Vive em um hotel na Suíça há quase 10 anos e passa os seus dias a espera de que algo aconteça. Com uma rotina rígida, Titta ignora os que estão a sua volta e não mostra emoções. Até que um dia decide quebrar uma das suas regras e troca algumas palavras com Sofia, a atraente barwoman do hotel. A partir desse momento, o terrível passado de Titta começa a se revelar.

Mostra Woody Allen passa por oito cidades brasileiras

Um dos mais celebrados diretores da atualidade, o cineasta norte-americano Woody Allen será homenageado hoje pela rede Espaço Itaú de Cinema, com uma mostra de filmes em oito cidades brasileiras, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. 

A Mostra Woody Allen será exibida começará hoje, apresentando os últimos filmes do cineasta e terminando com a pré-estreia do mais recente filme “Café Society”. 

No Espaço Itaú de Cinema, as sessões acontecerão entre 18 e 24 de agosto, sempre às 21h e serão exibidos seis longa-metragens dirigidos pelo cineasta e um com uma hilária atuação. A rede Cinemark vai exibir apenas os longas dirigidos por Woody Allen, entre os dias 20 e 24. 

Veja quais filmes integram a mostra! Os horários podem ser conferidos nos sites do Espaço Itaú de Cinema e da Rede Cinemark.

Magia Ao Luar

magiaaoluar 758bf

Stanley, um falso mágico com talento para desmascarar charlatões, é contratado para acabar com a suposta farsa de Sophie, simpática jovem que afirma ser médium. Inicialmente cético, ele aos poucos começa a duvidar de suas certezas e se vê cada vez mais encantado pela moça.

Vicky Cristina Barcelona

vickycristinabarcelona 4e568

Sinopse: Vicky e Cristina são amigas e passam férias em Barcelona. Vicky está noiva e é sensata nas questões do amor. Cristina é pura emoção e movida a paixão. Durante uma exposição de arte, as duas se encantam pelo pintor Juan Antonio, que as convida mais tarde, durante um jantar, para uma viagem.

O que elas não sabiam é que o galante sedutor mantém um relacionamento problemático com sua ex esposa Maria Elena. E as coisas ainda ficam piores porque as duas, cada uma de sua forma, se interessam por ele, dando início a um complicado "quadrado" amoroso.

Blue Jasmine

bluejasmine 797ec

Uma milionária mulher perde todo seu dinheiro e é obrigada a morar em São Francisco com sua irmã e os sobrinhos em uma casa bem modesta. Ela acaba encontrando um refinado homem que pode resolver seus problemas financeiros, mas antes precisa descobrir quem é e aceitar sua nova condição de vida.

Homem Irracional

homem irracional 48c30

Em crise existencial, o professor de filosofia Abe Lucas chega para lecionar em uma pequena cidade dos Estados Unidos. Logo uma de suas alunas, Jill, se aproxima dele devido ao fascínio que sente pelo seu intelecto, além da tristeza que sempre carrega consigo. Simultaneamente, ele é alvo de Rita, uma professora casada que tenta ter um caso com ele.

A vida começa a melhorar para Abe quando, numa ida à lanchonete com Jill, ouve a conversa de uma desconhecida sobre a perda da guarda do filho devido à uma decisão do juiz Spangler. Abe logo começa a idealizar o assassinato de Spangler e como, por ser um completo desconhecido, jamais seria descoberto.

Amante a Domicílio

amante a domicilio 58123

Com direção de John Turturro, conta a história de Murray, um senhor de idade que, durante uma conversa sobre sexo, diz que conhece um gigolô. Ao saber o quanto poderia ganhar como cafetão, ele tenta convencer seu amigo, Fioravante, a entrar para o ramo. Só que ele é um pacato jardineiro e não quer se envolver em algo do tipo.

Após muita insistência de Murray, Fioravanti topa fazer um programa com a doutora Parker, que está bastante insegura por ser a primeira vez que trai o marido. O sucesso do encontro faz com que a fama de Fioravanti corra entre as amigas da doutora, assim como ele mesmo passa a notar melhor as qualidades da nova profissão.

Leia a crítica do filme Amante a Domicílio.

Café Society

cafe society b5d80

Anos 1930. Bobby é um jovem aspirante a escritor, que resolve se mudar de Nova York para Los Angeles. Lá ele deseja ingressar na indústria cinematográfica com a ajuda de seu tio Phil, um produtor que conhece a elite da sétima arte. Após um bom período de espera, Bobby consegue o emprego de entregador de mensagens dentro da empresa de Phil. Enquanto aguarda uma oportunidade melhor, ele se envolve com Vonnie , a secretária particular de seu tio. Só que ela, por mais que goste de Bobby, mantém um relacionamento secreto.

E aí, vai perder essa oportunidade de ver no cinema alguns dos clássicos do diretor?

Sobre a 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul

Na última sexta-feira, dia 14 de novembro, a 9ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul realizou sua sessão de abertura na Cinemateca de Curitiba. O filme escolhido para a estreia foi o longa Que Bom Te Ver Viva (1989) da cineasta Lúcia Murat que retrata a situação da tortura vivida durante a Ditadura militar no Brasil.

O evento acontece em todas as capitais do país e, embora tão pouco divulgado, ele teve início no dia 3 de novembro e funcionará até o dia 20 de dezembro. 

Entre os aspectos relacionados aos Direitos Humanos que são abordados pelos filmes estão os seguintes temas: Direitos das pessoas com deficiência; População LGBT/enfrentamento da homofobia; Memória e verdade; crianças, adolescentes e juventude; pessoas idosas; População negra; população em situação de rua; Mulheres; população indígena; Direitos Humanos e segurança pública; Proteção aos defensores de Direitos Humanos; Direito à participação política; Combate à tortura; Situação prisional democracia e Direitos Humanos.

6CupsOfChai

Além disso, há um projeto do Governo Federal para que o evento se estenda às outras cidades no sentido de descentralizar o acesso ao conteúdo da mostra. Com esse objetivo foi criado o projeto “Democratizando” (com inscrições até o dia 25/11) em que possam se inscrever quaisquer instituições e espaços culturais de todo o Brasil que tenham interesse em exibir os filmes da Mostra a parcelas da sociedade que tem pouco ou nenhum acesso à cultura ou conhecimento de seus direitos.

Confira abaixo os 24 filmes selecionados para a Mostra Competitiva:  

  • 1. 6 Cups of Chai, de Laila Khan, Índia, 7’
  • 2. A Morte de Jaime Roldós, de Lisandra I. Rivera, Manolo Sarmiento, Equador/Argentina, 125’
  • 3. A Vizinhança do Tigre, Affonso Uchoa, Brasil, 95’ 
  • 4. Ameaçados, de Júlia Mariano, Brasil, 22’
  • 5. As Crianças de Chocó, de Rolando Vargas, Colômbia, 24’
  • 6. Cesó la Horrible Noche, de Ricardo Restrepo, Colômbia, 25’
  • 7. Galus Galus, de Clarissa Duque, Venezuela, 12’
  • 8. Growing, de Tariq Rimawi, Jordânia, 5’ 
  • 9. Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, Daniel Ribeiro, Brasil 96’
  • 10. La Jaula de Oro, de Diego Quemada-Diez, México, 108’
  • 11. Jessy, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge, Brasil, 15’
  • 12. Mataram meu Irmão, de Cristiano Burlan, Brasil, 77’ 
  • 13. O Mercado de Notícias, de Jorge Furtado, Brasil, 94’
  • 14. Meu Amigo Nietzsche, de Fáuston da Silva, Brasil, 15’ 
  • 15. Mohamed Mahmoud... Herald dos Revolucionários, de Ines Marzouk, Egito, 11’
  • 16. Polinter, de Dafne Capella, Brasil, 56’ 
  • 17. Quilombo da Família Silva, de Sérgio Valentim, Brasil, 15’
  • 18. Requília, de Renata Diniz, Brasil, 15’53”
  • 19. Rio Cigano, de Júlia Zakia, Brasil, 80’
  • 20. Sanã, de Marcos Pimentel, Brasil, 18’ 
  • 21. Sophia, de Kennel Rógis, Brasil, 15’ 
  • 22. Tejo Mar, de Benard Lessa,Brasil, 20’
  • 23. Tomou Café e Esperou, de Emiliano Cunha, Brasil, 12’ 
  • 24. Yvy Maraey, Las Tierras Sin Mal, Juan Carlos Valdívia, Bolívia, 105’

Para saber mais detalhes sobre a exibição em sua cidade, acesse este link.

Assinar este feed RSS