log in
euvh 728x90 data fa936

Sérgio Mallandro invade o universo de "MIB: Homens de Preto - Internacional"

O humorista Sérgio Mallandro invade o universo de MIB: Homens de Preto – Internacional, e faz uma participação no filme, que estreia dia 13 de junho.

Seu papel, ainda surpresa, é parte de uma iniciativa internacional em que alguns países foram selecionados para incluir participações de celebridades locais em sua versão do filme.

Além da participação, Sérgio gravou dois vídeos dentro do universo do filme, confira:

Os vídeos promocionais são produzidos pela Sony Pictures e a Conspiração.

Rooney Mara interpreta Maria Madalena em novo filme de Garth Davis

A Universal Pictures acaba de divulgar, em lançamento mundial, o mais novo trailer do drama “Maria Madalena” (Mary Magdalene), longa que traz Rooney Mara no papel-título, e apresenta a jornada de uma das figuras mais enigmáticas e imcompreendidas da história.

Com direção de Garth Davis, de “Lion – Uma Jornada para Casa”, a cinebiografia retrata a história de uma jovem em busca de uma nova maneira de viver. Contrariada pelas hierarquias, Maria Madalena (Rooney Mara) desafia sua familia tradicional para se juntar a Jesus de Nazaré (Joaquin Phoenix) em uma longa jornada. Ela logo encontra um lugar para si mesma dentro de um movimento que a levará para Jerusalém.

Com roteiro de Helen Edmundson e Philip Goslett, a produção ainda traz Chiwetel Eijofor e Tahar Rahim no elenco. O filme estreia em 15 de março de 2018.

Trailer fantástico traz novos detalhes de Star Trek: Discovery

A nova jornada ainda está cercada de mistérios, mas graças ao primeiro trailer oficial de Star Trek: Discovery, podemos dar uma olhadinha no que teremos pelo caminho. O destaque fica por conta da Primeira Oficial Michael Burnham, a protagonista da série, vivida por Sonequa Martin-Green (The Walking Dead).

Ambientada dez anos antes da história de Kirk, Spock e a tripulação da série original, Star Trek: Discovery conta com um elenco de respeito, que inclui Doug Jones (O Labirinto do Fauno), Anthony Rapp (Uma Mente Brilhante), James Frain (TRON: O Legado), Michelle Yeoh (O Tigre e o Dragão: A Espada do Destino), Rainn Wilson (Super) e Jason Isaacs (Harry Potter).

A produção ainda não tem uma data certa de estreia, mas está prevista para a temporada que começa lá por setembro e outubro, a chamada fall season da televisão estadunidense. Por sinal, a CBS parece estar confiante com o retorno de Star Trek e incrementou o pedido para a temporada, que passou de 13 para 15 episódios.

Star Trek: Discovery será disponibilizada pela CBS All Access e Netflix.

Com tom de nostalgia, novo trailer de T2 Trainspotting traz cenas inéditas

O clássico dos anos 90 "Trainspotting: Sem Limites" retorna às telas do cinema com muita novidade e enredo ácido. Já se passaram 20 anos e muitas coisas mudaram. Outras, porém, continuam exatamente iguais - como mostra o novo trailer com cenas inéditas de T2 Trainspotting.

Com direção de Danny Boyle, roteiro de John Hodge e trazendo de volta o elenco original do primeiro filme, T2 Trainspotting retorna o legado com tom crítico sobre a sociedade, relacionamentos e o futuro.

Escolha a vida. Escolha facebook, twitter e instagram e torça pra que alguém se importe. Escolha procurar amores antigos, desejando que tudo fosse diferente. E escolha ver a história se repetir.

Após 20 anos, o protagonista e ex-viciado Mark Renton (Ewan McGregor) retorna ao subúrbio de Edimburgo, Escócia, o único lugar que ele consegue chamar de lar para se reconciliar com seus amigos Spud (Ewen Bremmer), Sick Boy (Jonny Lee Miller) e Begbie (Robert Carlyle), no qual ele passou a perna na trama interior. Todo o sentimento de tristeza, amor, desejo, e claro, de arrependimento e autodestruição reaparecem. 

T2 Trainspotting já estreou no Reino Unido e foi exibido no 67º festival de Internacional de Cinema de Berlim. O filme estreia dia 23 de março de 2017 no Brasil.

Além do Hype nas Telonas | Era uma vez um trailer que contou todo o filme

Hype: campanha publicitária que diz ao público de forma superlativa o quanto um filme é excelente em suas qualidades ou importante enquanto produto de cultura;

Com o boom da internet e as novas opções para campanhas de marketing, muitas produtoras se aproveitaram da inocência do público para criar enormes “hypes” sobre vários filmes.

Essa mudança na divulgação dos filmes foi positiva do ponto de vista de bilheteria (principal objetivo para as produtoras e os respectivos profissionais que desenvolveram tais táticas). Contudo, isso mudou um bocado o rumo das produções nos últimos anos.

É difícil definir o quanto isso foi positivo ou negativo para o público, mas é fato que muitas produtoras mudaram suas estratégias para focar em receitas mais marqueteiras, mas não necessariamente mais evoluídas do ponto de vista cinematográfico.

Por outro lado, o exagero nas peças publicitárias levou muita gente a cair em armadilhas, uma vez que nem sempre o resultado corresponde ao conteúdo apresentado nos trailers. Como eu disse, resta aqui uma parcela de inocência do espectador que acredita naquilo que vê.

E quando eu digo inocência, não quero que você leve para o lado pessoal. A gente não percebe esse tipo de ação dos profissionais do ramo e acabamos passando por inocentes e engolindo tudo o que eles divulgam.

a5onda f0943

Pensando em todos esses pontos e tendo exemplos como “Esquadrão Suicida”, “A 5ª Onda”, “As Tartarugas Ninja – Fora das Sombras” e “O Lar das Crianças Peculiares” — isso só para citar alguns títulos de 2016 —, damos início hoje a uma série de artigos para falar sobre o excesso do hype e como a internet tem estragado um tanto da experiência no cinema.

Intitulada como “Além do Hype nas Telonas”, este punhado de textos pretende elucidar algumas mancadas das próprias produtoras, da equipe de marketing dos filmes e também do público que acaba exagerando nas reações. O objetivo aqui não é “ditar regras” ou determinar como a indústria deveria funcionar, mas apenas conversar sobre esses inconvenientes.

O objetivo de um trailer

Desde a inauguração do Café com Filme, lá em 2010, nós entregamos informação, conteúdo e opinião sobre cinema para você que busca simplicidade e sinceridade. Ao longo desses sete anos, nós divulgamos milhares de trailers aqui no site, focando bastante nas novidades, mas sem deixar de lado filmes pouco convencionais ou mais artísticos.

Independente do título, os trailers são sempre muito buscados, já que eles dão uma noção do que a pessoa verá no cinema. Este é justamente o objetivo, uma vez que esse tipo de material consiste na junção de pequenos trechos para divulgação e publicidade do filme, então apresentar algumas cenas do todo e deixar o espectador empolgado é apenas o básico.

A missão de quem monta um trailer é criar um vídeo que deixe a pessoa curiosa para ver a obra completa. Esse tipo de material pode ser bem apresentado, com uma trilha empolgante, com apenas algumas cenas curtas e sem revelar qualquer diálogo (veja o exemplo acima do filme “A Criada”).

Dá também para misturar cenas boas e deixar o público ansioso por mais dessa fórmula, uma tática bem mais fácil e comum para muitos filmes recentes. Em alguns casos, rola até apelação para trilhas sonoras comerciais (tipo o trailer novo do filme “Logan”).

Todavia, pensando no lado da propaganda, o trailer tem como único objetivo ressaltar o que há de melhor no filme. É como vender qualquer produto, onde somente as qualidades são evidenciadas. Nada de errado aqui, mas isso pode ser enganoso, já que um filme tem duas horas de duração e consiste em muito mais do que algumas poucas sequências de ação.

Quando o trailer revela tudo

Spoiler: ato de revelar informação substancial sobre a história de determinado filme para terceiros que ainda não tiveram a oportunidade de conferir o conteúdo completo.

Com a “hype” lá em cima, as pessoas correm desesperadas para o cinema para conferir os lançamentos em primeira mão. Inevitavelmente, empolgadas pelo que viram na telona, as pessoas acabam soltando “spoilers” sobre aquilo que assistiram e, consequentemente, estragam a experiência daqueles que ainda não tiveram a oportunidade de ver os filmes.

Importante: não seja esse tipo de pessoa. Não é legal dar spoiler.

Dito isso, é preciso pensar que o spoiler não é uma exclusividade de amigos que não têm noção. Muitas vezes, a própria produtora solta spoilers e prejudica a experiência do público. Como? Bom, sinopse e trailer servem para divulgar o filme e dar uma noção do que o público deve esperar de uma produção, mas o problema é que isso pode fugir do controle.

Revelar um pouco da história é importante, mas mostrar muito pode ser prejudicial, já que o público não tem o que descobrir no cinema. E olha que não são raros os filmes que entregam informações cruciais para o desenvolvimento da trama. Um bom exemplo disso é “Invasão de Privacidade”, que não apenas dá pistas sobre os personagens, porém exibe todo o desenrolar da trama em um ou dois minutos.

Divulgar uma produção de um grande estúdio (pensa aí numa Disney ou Warner), com grandes personagens (de franquias como Star Wars ou Marvel) e atores famosos é moleza. Esse tipo de filme inclusive se vende sozinho, mas ainda é possível estragar a divulgação com uma enxurrada de trailers — Vingadores e similares que o digam...

Acontece que, muitas vezes, produtoras e as distribuidoras (principalmente as independentes) têm a difícil missão de vender a ideia de um filme com atores poucos conhecidos ou que já não estão tão em voga. Como proceder nesses casos? O jeito é apelar para a trama e para as cenas cheias de efeitos especiais, afinal, o público quer ver o inusitado na telona.

Aí que os marqueteiros pedem para os editores de vídeo capricharem nessa parte. É nessa parte do processo que eles colocam as cenas mais legais do filme e fazem um trailer de três minutos para convencer a galera a pagar o ingresso. No fim das contas, o tiro pode sair pela culatra, pois as pessoas já sabem tudo que vai acontecer e não topam ir ao cinema (tipo nesse trailer acima do filme Mr. Church).

Trailers de filmes ruins e a teoria do cartaz

O pior é que, em alguns casos, os trailers que mostram muito são mais comuns para divulgar filmes pouco inovadores ou até mesmo “ruins”. E isso não é algo que eu inventei, mas um mito (talvez com um fundo de verdade... ou com um poço de verdades) que se espalhou entre os espectadores que são fãs de carteirinha dos cinemas — e que aprenderam isso do pior jeito.

Não é por acaso que a galera viciada em trailer até bolou uma teoria sobre trailers. Reza a lenda que vídeos de filmes poucos conhecidos que tentam mostrar muita coisa são finalizados com a imagem do cartaz do longa-metragem (a mesma arte usada na divulgação de banners) tendem a ser uma propaganda muito bem argumentada para filmes ruins.

É claro que esta não é uma verdade absoluta, mas a probabilidade de isso acontecer em produções de baixo orçamento é grande. Por conta dos recursos limitados, esses filmes tendem a apresentar efeitos mais simples e até uma qualidade geral mais baixa, o que pode ser ainda mais intensificado por um roteiro furado.

No entanto, ultimamente, até mesmo grandes produtoras têm usado deste recurso em alguns trailers. E vale cogitar que nem mesmo obras de grandes estúdios estão livres de uma execução cheia de clichês ou de histórias incoerentes.

Então, se você é um aficionado por trailers, vale segurar o pé no pedal da empolgação. Com tantas artimanhas para deixar a gente no “hype”, as produtoras exageram na divulgação e, muitas vezes, entregam pouco. Uma pena que a indústria levou tudo para este lado enganoso. Você já se decepcionou com muitos trailers? Enxerga alguma verdade nisto que foi dito?

Westworld: Novo trailer da série nos coloca em dúvida sobre o que é real

Entre o futuro próximo e um passado reimaginado, qualquer desejo humano pode ser saciado. Essa é a razão de existência do universo de Westworld, o parque temático onde todas as vontades são realizadas sem que saibamos o custo dessas ambições.

Nós já havíamos noticiado anteriormente sobre esta nova série da HBO, que é baseada no filme de 1973 de mesmo nome e foi criada por ninguém menos do que Jonathan Nolan (roteirista de Interestelar) e Lisa Joy Nolan.

Todavia, o novo trailer revela algumas contradições na história desse universo hedonista, com personagens androides que decidem lutar pela própria liberdade e mostrando que a satisfação humana existe as custas de muito sofrimento.

E tendo no elenco estrelas como Anthony Hopkins, Evan Rachel Wood, Ed Harris, Ben Barnes e Rodrigo Santoro, fica difícil conter a ansiedade para mais uma produção que deve deixar todos de queixo caído.

Anota na agenda: Westworld tem previsão de estreia para o dia 2 de outubro de 2016.

Muita magia e mentes explodindo no segundo trailer de Doutor Estranho

O primeiro trailer do Doutor Estranho, personagem místico da Marvel que promete explodir as cabeças da audiência, foi apenas para dar aquela amostra e deixar todos curiosos. Agora o segundo trailer foi revelado durante a Comic Con, e não economiza em mostrar a magia do filme, e isso não é apenas uma figura de linguagem.

As cenas desenvolvem a interação entre Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) e a Anciã (Tilda Swinton) e seus estudos mágicos, e mostram o impacto que o personagem pode ter no Universo Marvel. Os efeitos estão dignos de um mundo dos sonhos de "A Origem", sem perder o clima de aventura e a graça dos filmes Marvel.

A data de estreia está prevista para 4 de Novembro.

Westworld: série com Anthony Hopkins e Rodrigo Santoro ganha trailer legendado

A HBO liberou o trailer legendado de "Westworld", uma adaptação à TV do filme de 1973, que é assinada por Jonathan Nolan — que, para quem não sabe, é o responsável pelos roteiros de diversos filmes de seu irmão Christopher Nolar, como "Interestelar" — e produzida por J.J. Abrams, responsável por diversas obras de ficção, como "Star Wars: O Despertar da Força."

"Westworld" é uma odisseia sombria sobre o surgimento da consciência artificial e da evolução do pecado. Ambientada na interseção de um futuro próximo e um passado reimaginado, explora um mundo em que qualquer desejo humano, não importando se nobre ou depravado, pode ser saciado.

A trama do filme original acompanha dois homens em um parque de diversões para adultos, Westworld, que são atormentados por um robô pistoleiro que começa a desrespeitar a programação dos androides personagens do parque.

gallery 1439160573 james marsden evan rachel wood westworld 51b2a

O elenco da série da HBO conta com nomes de peso como Rodrigo Santoro e Anthony Hopkins, que vive o Dr. Robert Ford; um brilhante, reservado e complicado diretor criativo, programador-chefe e presidente de Westworld.

A série terá 10 episódios com uma hora de duração cada. A estreia é prevista para outubro deste ano.

Uma nova aposta com zumbis crianças no trailer "The Girl With All The Gifts"

A Warner Bros. UK divulgou o novo trailer do filme "The Girl With All The Gifts", dirigido por Colm McCarthy e estrelando Sennia Nanua, Gemma Arteton, Glenn Close e Paddy Considine e por enquanto sem legendas em português.

Em um futuro próximo, a humanidade foi destruída por um fungo mutante que elimina o livre arbítrio e transforma as vítimas em famintas comedoras de carne humana. Apenas um pequeno grupo de crianças aparenta ser imune aos efeitos.

Em uma base militar em uma região rural da Inglaterra, esse grupo especial de crianças está sendo estudado, sujeitados a cruéis experimentos pelo biólogo Dr. Caldwell. Apesar de terem sido infectados com o agente patogênico zumbi que dizimou o mundo, essas crianças mantêm os pensamentos e emoções.

E, apesar de ainda serem subjugadas pelo desejo por carne humana que caracteriza a doença, essa segunda geração de "famintos" é capaz de raciocinar e ter sentimentos, tornando-os um recurso fundamental para a pesquisa da cura.

As crianças recebem lições escolares diariamente, vigiadas pelo sempre atento Sargento Parks. Mas uma garotinha, Melanie, se destaca dos outros. Ela se sobressai nas aulas, é curiosa, criativa e ama sua professora favorita, a senhorita Justineau.

she who brings gifts 2 f7035

Quando a base falha, Melanie escapa junto com a senhorita Justineau, Sargento Parks e o Doutor Caldwell. Em uma Inglaterra arruínada, Melanie precisa descobrir quem ela é e decidir seu próprio futuro e o da humanidade.

O filme é escrito por Mike Carey, um renomado roteirista de quadrinhos, baseado em um livro de sua própria autoria.

A estreia no Reino Unido está prevista para o dia 23 de setembro, ainda sem previsão para o resto do mundo.

Menos furioso: novo trailer de "Star Trek: Sem Fronteiras" é espetacular [vídeo]

E parece que os ventos cósmicos estão soprando em favor dos Trekkers. Depois do anúncio de uma nova série programada para 2017, a Paramount Pictures resolveu deixar o fim de semana ainda mais alegre com a divulgação de um novo trailer de “Star Trek: Sem Fronteiras”.

Você talvez esteja se perguntando o motivo para tamanha alegria, uma vez que o primeiro trailer não foi conforme o esperado. Pois é, de fato, os fãs ficaram receosos quando Justin Lin, diretor de Velozes e Furiosos, foi escalado como diretor do terceiro filme da nova franquia cinematográfica de Jornada nas Estrelas.

O resultado das primeiras cenas divulgadas não foi excepcional, deixando os apaixonados pela série e até mesmo espectadores que não são tão ligados ao universo de Star Trek com o pé atrás quanto ao andamento do longa-metragem. Era o tipo do trailer que a gente esperava para um filme chamado “Velozes nas Estrelas: Só os Furiosos”.

Felizmente, o novo trailer vem para trazer esperança ao universo. E, como diria Spock: o medo é ilógico. Afinal, não tem como um filme com tanta coisa boa dar errado. O segundo trailer oficial de “Star Trek: Sem Fronteiras” tem tudo aquilo que esperamos: cenas dramáticas, cenas na nave, novos alienígenas, novos mundos, trilha sonora de qualidade e ótimos diálogos. Confira:

Só lembrando que “Star Trek: Sem Fronteiras” estreia no dia 21 de julho. Vida longa e próspera!

Ah, e aproveita pra conferias novas imagens do filme na galeria abaixo!