log in
euvh 728x90 data fa936

Phantasm V: Clássico do horror volta a ensanguentar as telonas!

Eu não vivi os anos 70, mas obrigado à Jesus por ter inventado a fita VHS. Essa maravilha magnética foi responsável por todos os meus pesadelos e medos. Fantasmas, mortos vivos, aranhas gigantes e toda essa caralhada de monstros só me metem medo hoje, porque quando eu era criança assisti muito filme de terror dos anos 70/80.

Essa época foi tão marcante na história do horror do cinema, que depois das produções desse período é que o gênero “trash” ganhou popularidade. E não, um filme trash não é mal feito e muito menos um lixo. Esse gênero mostra da forma mais tosca (e linda) possível mortes incríveis e um exagero de sangue descomunal. E pau no rabo de quem falar que filmes trash não metem medo, e servem para rir. Eu já tive que limpar as calças várias vezes vendo filmes assim.

PhantasmIIAngusScrimmTheTallMan-e1316014770743

A série “Fantasma” (Phantasm) é um dos maiores clássicos desse estilo, isso porque une as bizarras mortes com um roteiro criativo, o que cria um resultado surpreendente. A produção, que iniciou em 1979, conta a história do jovem Mike, que durante um enterro, depois que todos foram embora, testemunha algo bastante incomum: o coveiro retirando, sozinho, o caixão da cova e levando-o para dentro da funerária. Assustado com o que viu, Mike resolve investigar o lugar, sem ter ideia de que o que se esconde lá pode ser algo sobrenatural e perigoso.

“Fantasma” foi escrito, produzido, filmado, editado e dirigido pelo norte-americano Don Coscarelli. A participação dele em tantas áreas do projeto já deixa claro que se trata de um projeto independente e quase autoral. A história é o ponto forte, porém a produção mata a pau com a construção de uma ambientação fodasticamente macabra. A casa que abriga a funerária também causa calafrios, pelo seu formato, repleta de corredores e portas, e por ter um grande corredor com corpos enterrados em gavetas fúnebres. A trilha sonora é de fazer sangrar os ouvidos de tão simples e profunda que é. O filme também opta por uma direção de arte escura, o que ajuda a criar um clima de ameaça e medo. Pronto. Só de contar já me caguei.

O fato é que depois do filme original vieram três sequencias, mas nenhuma bateu o original. Em 2002 foi cogitado o lançamento de um quinto filme, porém o projeto foi arquivado... Até agora. Um quinto título já está em pós-produção e deve chegar aos cinemas no primeiro semestre de 2015. O primeiro trailer lançado você confere lá em cima.

phant 2

Phantasm ganhou tanto renome como um símbolo do Trash que uma orla de fãs unem forças para escrever sobre a série. Aqui, por exemplo, um aficionado faz uma denúncia afirmando que Star Wars roubou as ideias do filme de 79. Como eu acredito em tudo que leio na internet, a partir de agora odeio George Lucas.

Para os fãs do gênero Terror, “Fantasma” já tem um lugar garantido no coraçãozinho de cada um, e pode ser colocado junto com um dos melhores filmes de medo já feitos e deve ser visto. É sério, por favor assistam!

phantasm 2 02

Curiosidades:

  • Fantasma ganhou o prêmio especial do Festival Avoriaz, na França, em 1979 e foi indicado na categoria Melhor Filme de Horror, da Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Horror, dos EUA, em 1980.
  • Fantasma recebeu o título de Noite Macabra quando foi exibido pelas televisões do Brasil.
  • Os anões são interpretados por crianças (CACETA DA PORRA!)
  • As cenas com as esferas são feitas com um fio de náilon amarrado entre as pontas da parede e dessa forma, a bola metálica vai deslizando.