log in
 

Crítica do filme No Coração do Mar

Ou simplesmente Thor vs A Baleia

Fábio Jordão

por
Fábio Jordão

Terça, 12 Janeiro 2016
Fonte da imagem: Divulgação/
amazonprimevideo
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

A história da baleia Moby Dick é uma das que mais suscitam o imaginativo, afinal estamos falando de uma criatura de proporções descomunais que arrasou com alguns navios lá no século XIX.

Tirando o fato de que o livro é uma obra de ficção, uma baleia gigantesca existiu de fato e há nesta obra muito material para aproveitar em um filme hollywoodiano — inclusive, isso já foi feito várias vezes — com direito a efeitos especiais e sequências de tirar o fôlego.

O filme dirigido por Ron Howard (Rush: No Limite da Emoção) se aproveita um bocado do fascínio humano por bichos gigantescos e desenvolve um roteiro que tenta mostrar como surgiu o mito da Moby Dick.

Apesar de parecer mais do mesmo, o filme “No Coração do Mar” tem muitas cartas na manga, a começar pelo script que mostra as origens que levaram o senhor Herman Melville a se empenhar na produção de sua obra-prima, ou seja, temos aqui a história que inspirou a escrita do conto, não necessariamente uma adaptação do livro.

Não quer spoilers? Então, vamos direto ao ponto. "No Coração do Mar” é um bom filme em questão de estética, efeitos especiais e até mesmo de enredo. O problema mesmo é o foco que foi dado para a trama, que deixou o script meio difícil de engolir. Se você não é muito crítico e quer ver um filmão, deve encontrar aqui uma boa opção de entretenimento.

Uma história surreal

A história é contada a partir da perspectiva de Thomas Nickerson (Brendan Gleeson), que relembra os eventos passados, quando ainda jovem (papel interpretado por Tom Holland) entrou de gaiato no Essex e vivenciou uma aventura repleta de adrenalina e terror.

A narrativa do filme mostra como se deu o ressurgimento do baleeiro Essex comandado pelo inexperiente Capitão George Pollard, mas liderado pelo primeiro imediato Owen Chase (Chris Hemsworth).

coracaodomar1 20192

A missão desta embarcação era obter uma grande quantidade de óleo de baleia e retornar em tempo recorde para o porto de Nantucket, em Massachusetts. Como você já pode presumir, a aparição de uma criatura de proporções absurdas complicou a vida dos marinheiros.

O desenrolar da história não vem ao caso, afinal estamos aqui para falar do filme como um todo. O filme acerta na questão da narrativa, intercalando entre o drama de quem viveu uma experiência traumática e os momentos de tensão em alto-mar.

Nossa, até parece filme...

Dirigido por Ron Howard (Rush: No Limite da Emoção), o filme tem apelo visual, bons efeitos especiais e grande ambição. A questão estética como um todo é bem sombria, com uma paleta acinzentada, adequada ao clima de tensão.

Em questão de efeitos especiais, temos uma obra convincente, que consegue se aproximar da realidade. Ainda bem que a equipe técnica mandou bem nesse aspecto, já que a baleia é o grande ponto da trama. Apesar de os visuais ajudarem, temos alguns pontos que talvez incomodem os mais exigentes.

coracaodomar2 a8cfe

Primeiro, temos Chris Hemsworth com seu sotaque de Thor roubando a cena. Tudo bem que o ator é o protagonista e até dá pra entender que ele interpreta um personagem imponente, mas a intenção de querer colocar um homem contra uma baleia não parece muito adequada (mesmo que isso tenha acontecido, ficou forçado).

E não desmerecendo o trabalho do ator, de forma alguma, até porque ele se transformou para entrar neste papel, mas é difícil desvincular sua imagem daquilo que vimos nos filmes da Marvel, ainda mais quando ele recebe grande foco e aparece nas cenas como se fosse o todo poderoso.

No fim das contas, "No Coração do Mar" é uma ótima briga entre o filho de Odin e a baleia-branca. O roteiro e a direção são adequados para um filme comercial que pretende deixar a plateia boquiaberta com a gigantesca criatura, então não vá esperando nada muito diferente disso, que aí é diversão na certa. Veja na telona que vale a pena.

Fonte das imagens: Divulgação/

No Coração do Mar

Dos confins do mundo até a beira da loucura

Diretor: Ron Howard
Duração: 122 min
Estreia: 3 / Dez / 2015

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.