log in
 

Crítica do filme O Que te Faz Mais Forte

Um retrato realista de coragem

Fábio Jordão

por
Fábio Jordão

Sexta, 16 Fevereiro 2018
Fonte da imagem: Divulgação/Paris Filmes
amazonprimevideo
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Já faz algum tempo que o terrorismo virou uma pauta recorrente no cinema. Seja pelas dores causadas ao patriotismo americano ou às vítimas, a temática é bem-vinda para debater a violência empregada em tais atos, o sofrimento infligido aos envolvidos e a comoção gerada em torno de tais brutalidades.

Estas foram algumas das pautas que viraram notícia por vários dias em meados de 2013, quando um terrorista causou danos irreparáveis durante a Maratona de Boston. Agora, o capítulo trágico é resgatado na biografia de Jeff Bauman, que ganha vida nas telonas com o roteiro de John Pollono e a direção de David Gordon Green (de “Especialista em Crise”).

O jovem Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal) vive uma vida comum, dividindo seu tempo entre o trabalho, os jogos do Red Sox e a busca pela reconquista do coração de sua ex-namorada, Erin (Tatiana Maslany). É numa dessas tentativas de chamar a atenção da garota que ele decide acompanhar a maratona de perto, situação em que acabou perdendo as duas pernas na explosão.

Em poucos instantes, o jovem de apenas 27 anos vê sua rotina mudar do comum para o inusitado. Além dos desafios infindáveis para tentar superar o ocorrido, Jeff Bauman vê que tal episódio o transformou num herói, um ícone para a população que precisava de alguém forte que jamais se dobraria às barbáries do terrorismo.

oquetefazmaisforte3 487a0

Indicado em várias premiações e com duas estatuetas concedidas aos trabalhos excepcionais dos protagonistas, o filme conquistou o mundo com seu drama acentuado e cenas chocantes. Apesar do patriotismo reforçado, o longa “O Que te Faz Mais Forte” tem boas pautas a serem debatidas e um realismo impressionante na representação da coragem do ser humano.

Muito além do clichê

Retratos sobre pessoas que têm suas condições físicas debilitadas por inúmeras razões são comuns, mas é também muito corriqueiro que alguns desses filmes caíam em velhas ciladas na dramatização excessiva, em que vemos os personagens secundários e outros figurantes se desdobrarem para fortalecer o protagonista num tempo de dificuldade.

Baseado em fatos, a história de “O Que te Faz Mais Forte” foca nas adversidades, mas busca retratar muito mais o drama do próprio Jeff Bauman. Aqui, somos levados a acompanhar sua perseverança tanto para lidar com sua nova condição quanto com os dramas e a fama. O filme revela o lado depressivo, angustiante e muito do desgaste repassado a todos os envolvidos.

oquetefazmaisforte1 a46b8

É justamente por isso que Gyllenhaal se sobressai nesta obra, pois ele é desafiado a repassar toda a dramaticidade da situação, seja através de expressões aguçadas ou mesmo das limitações na movimentação durante as cenas. O ator vai do drama extremo ao sarcasmo em poucos instantes, enfrenta multidões e também se mostra preparado para confrontar seus dilemas diários.

A atriz Tatiana Maslany também não faz por menos, pois dá mais do que o suporte básico e toma a frente em inúmeras situações. Ela é quem comanda muitas das cenas, uma vez que o protagonista se vê acuado diante de tanto pavor, medo e depressão. Responsável por guiar seu companheiro, a personagem aqui aumenta muito a amplitude do drama proposto na história.

É claro que o restante do elenco também se faz importante, principalmente os pais de Bauman, que escancaram inúmeros pontos pouco comuns em filmes do gênero, como a questão do despreparo, da exigência por assistência e outros tópicos que devem ser trazidos ao debate. Graças ao trabalho coletivo, a história ganha força aos poucos e conquista pelo tom diferenciado no drama.

Uma produção forte em suas raízes

Roteiro é um quesito importantíssimo na maioria dos filmes, mas a produção aqui é colaborativa em inúmeros aspectos, já que parte do choque na plateia se dá na exibição das cenas mais fortes, seja no próprio ataque na maratona ou nas situações seguintes, em que vemos closes das pernas amputadas de Jeff Bauman.

Aliás, é difícil não observar tantos ângulos do personagem e não se perguntar como a equipe de efeitos especiais e maquiagem conseguiram tal façanha. Bom, só por curiosidade, em entrevista ao site Express, Donald Mowat (responsável pela maquiagem) comentou que a mágica acontece muito mais na maquiagem do que nos efeitos.

oquetefazmaisforte2 944b1

Muitas cenas são com truques de câmera, em que as pernas ficam escondidas, mas aí depende muito do talento do artista para recriar a parte amputada. Em outros casos, o ator usou calças verdes e teve tais áreas sobrepostas com efeitos de computador. É imprescindível observar que tais representações mostradas sem piedade chocam fortemente e deixam cada diálogo ainda mais doloroso. Aliás, é importante notar que este é um filme só para os mais fortes.

Outra grande dificuldade perceptível aqui é a direção, que se destaca em cenários muito apertados, como um banheiro minúsculo, uma casa com corredores bem apertados, um elevador ou um carro. Tal abordagem amplia a sensação das dificuldades e mostra o empenho do diretor em detalhar os pormenores de alguém que passa por uma tragédia.

Enfim, apesar de não conseguir uma vaga no Oscar, o filme “O Que te Faz Mais Forte” merece uma vaga na sua agenda. Pode ser um filme com temática já desgastada, mas o novo olhar proposto aqui revela que ainda temos muito que debater e aprender com pessoas corajosas. Pegue seu lencinho e se prepare para uma história devastadora.

Fonte das imagens: Divulgação/Paris Filmes

O Que te Faz Mais Forte

A força é o que nos define

Diretor: David Gordon Green
Duração: 116 min
Estreia: 28 / Set / 2017

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.