log in
 

Crítica do filme The Old Guard

Charlize Theron sendo bad ass. Precisa de mais?

por
Lu Belin

19 de Julho de 2020
Fonte da imagem: Divulgação/Divulgação/Netflix
amazonprimevideo
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Em menos de dez dias desde sua estreia na Netflix, "The Old Guard" já se tornou um dos 10 filmes mais vistos na história da plataforma. O filme, que estreou no dia 10 de julho, é uma adaptação dos quadrinhos assinados por Greg Rucka.

Quis começar começar esse texto dizendo que o longa-metragem de ação vem dos quadrinhos porque só soube disso quando estava pesquisando informações para escrever sobre ele. Possivelmente, saber disso antes de ver teria afetado minha forma de olhar para a história, então, é importante dizer que esse amontoado de opiniões não solicitadas sobre "The Old Guard" diz respeito unicamente à história contada no filme, não à forma como foi adaptado de outra linguagem.

Faz diferença? Provavelmente só no sentido de que apertei o play no filme sem absolutamente nenhuma expectativa - exceto ter visto o nome de Charlize Theron no elenco. Eu sequer sabia que se tratava de uma narrativa sobre pessoas imortais que, na falta de nada melhor pra fazer, decidiram dar significado à sua existência se transformando em guerreiros defensores de qualquer causa de considerassem digna de atenção.

theoldguard3 fc24f

Tiro, porrada e bomba

Para quem gamou na Furiosa, do mais recente "Mad Max: Estrada da Fúria", "The Old Guard" traz novamente Charlize Theron dando um show de articulação e domínio da arte de acabar sozinha com dezenas de oponentes, não importa o que ela tem à mão - se uma bazuca, uma pistola, uma faca ou nada além da sua própria habilidade.

Uma das mais talentosas atrizes da atualidade, ela é o grande destaque de "The Old Guard", assim como sua personagem, Andy. Sem aprofundar muito na história, para não encher o leitor de spoilers de uma história que já não tem lá grandes revelações, basta dizer que Andy é a líder de um grupo de justiceiros formado por Booker (Matthias Schoenaerts), Joe (Marwan Kenzari) e Nicky (Luca Marinelli).

theoldguard4 db700

Logo de cara, eles são contatados por Copley  (Chiwetel Ejiofor) para uma missão de resgate e, claro, se trata de uma tarefa impossível para qualquer time, exceto para o melhor esquadrão informal ao qual nem a CIA tem acesso.

Os caminhos do grupo de Andy vão se cruzar com Nile (Kiki Layne), uma cabo do exército norte-americano em atuação no oriente médio. Eu sei, lendo assim, parece até uma espécie de "Mercenários", mas não tem nada a ver com isso.

theoldguard2 cecdc

Sem grandes surpresas

"The Old Guard" é dirigido por Gina Prince-Bythewood e produzido pela própria Charlize Theron. Não há confirmação ainda de que o filme vá ter uma sequência, mas depois do estrondoso sucesso nessa primeira semana de estreia (e os caminhos que a história toma), é quase certo que a plataforma vá investir na continuação.

A própria Theron já disse que não apenas deseja ver mais sobre o esquadrão, como quer ninguém menos que a cantora Rihanna no elenco. Será que sai?

Embora a adaptação para a Netflix tenha sido criticada por alguns leitores dos quadrinhos por algumas mudanças feitas na história e na protagonista (e quando não é?), é interessante saber que o roteirista do filme é o próprio Greg Rucka, autor dos quadrinhos.

Talvez por se tratar de um roteiro bastante introdutório para quem não conhecia a trama, "The Old Guard" não reserva grandes surpresas para seus espectadores. Até as viradas que claramente são pensadas para trazerem momentos de clímax para o filme são bastante óbvias e previsíveis.

Particularmente, não acho que isso seja um grande problema. Ninguém assiste a um filme como este esperando ser surpreendido por um roteiro genial. Muito provavelmente, se está na dúvida sobre ele, você esteja mais interessado em saber se é bom ou não.

Bem, as cenas de ação são bem-feitas, não apenas pela protagonista, e a película consegue envolver bem o espectador durante as suas quase duas horas. Para quem curte ação, isso é mais do que suficiente!

Fonte das imagens: Divulgação/Divulgação/Netflix

The Old Guard

Viver para sempre é mais difícil do que parece

Diretor: Gina Prince-Bythewood
Duração: min
Estreia: 10 / Jun / 2020

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Lu Belin

Eu queria ser a Julianne Moore.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.