log in
 
MC Soffia, Karol Conka e Negra Li no curta "As Minas do Rap"
Fonte da imagem: Divulgação/Preta Portê Filmes
ap 728x90 data 5463e

Quem viu Karol Conka e Mc Soffia na abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no início de agosto, não sabe o que está por trás do sucesso destas duas divas do rap brasileiro. Cada uma à sua forma, Mc Soffia e Karol Conka são ícones de representatividade negra e feminina dentro da música, especialmente dentro do funk e do hip hop, gêneros musicais majoritariamente masculinos.

Mas como é que elas chegaram até ali e o que a presença destas mulheres significa para a música brasileira e para a própria cultura nacional? É isso que discute o documentário "As Minas do Rap", de 2015, produção que entrevista mulheres ligadas ao hip hop, abordando o histórico feminino dentro do movimento e dando voz a artistas como as próprias Karol Conka e Mc Soffia, além de Negra Li, Mc Gra, Sharylaine, Dj Vivian Marques.

Dirigido, roteirizado e produzido por Juliana Vicente, da Preta Portê Filmes, o curta-metragem "As Minas do Rap" tem direção de produção de Carla Comino e direção de fotografia de Lucas Rached. 

Confira o curta-metragem completo!

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Lu Belin

Eu queria ser a Julianne Moore.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.