log in
 
Primeiro trailer de novo Mad Max é de tirar o fôlego
Fonte da imagem: Divulgação/
PG 728x90px 01924

A década de 80 abasteceu o mundo do cinema com grandes personagens e, sem dúvida nenhuma, um dos mais icônicos daquele tempo foi Mad Max. Encarnado na telona pelo então desconhecido Mel Gibson, o herói de um mundo novo e destruído marcou época em uma trilogia respeitável na qual caçava bandidos e tentava sobreviver em uma Terra pós-apocaliptica.

Não é novidade para quem acompanha as novidades sobre o cinema que uma continuação está em produção, levada a cabo por George Miller, o diretor e roteirista de toda a trilogia realizada até agora. Depois de ter divulgados seu cartaz oficial da nova obra e algumas cenas da sequência na ComicCon, finalmente está no ar o primeiro trailer de “Mad Max: Estrada da Fúria”.

As imagens são simplesmente de tirar o fôlego, dando a impressão de que Miller não perdeu a mão mesmo depois de quase três décadas depois do lançamento do último episódio da trilogia — “Mad Max: Além da Cúpula do Trovão” é de 1985. As cenas deixam claro que o universo criado pelo autor ao longo da década de 80 permanece intacto, tanto do ponto de vista de cenário quanto do ponto de vista de insanidade e destruição.

Vamos torcer para que “Estrada da Fúria” não seja mais um daqueles casos em que o melhor de tudo está no trailer — e também para que o filme não se resuma apenas a explosões e mais explosões.

No quarto episódio da franquia, Max (Tom Hardy) deve resgatar um grupo de garotas envolvidas em uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron). O filme tem estreia programada para maio de 2015.

Assuntos Trailer

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Douglas Ciriaco

Cê tá pensando que eu sou lóki, bicho?

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.