log in
728x90 Assunto de Familia Divulgacao HOJE 2a3f4

Critics' Choice Awards 2019 | Conheça os vencedores das categorias de filmes

Aconteceu ontem — domingo, dia 13 de janeiro — a entrega da 24ª edição do Critics' Choice Awards. A cerimônia organizada pela Broadcast Film Critics Association (associação dos críticos de cinema dos Estados Unidos) teve como grande vencedor o filme Roma de Alfonso Cuarón, que dominou a noite faturando os prêmios de melhor filme, melhor filme estrangeiro, melhor direção e melhor fotografia.

O longa mexicando desbancou A Favorita, produção com o maior número de nomeações (14), mas que levou apenas dois — melhor atriz de comédia, para Olivia Colman, e melhor elenco. Enquanto isso, Pantera Negra, segundo filme com mais indicações (12 ao todo), levou três estatuetas: design de produção, figurino e efeitos visuais.

Outro destaque da noite foi o empate na categoria de melhor atriz, Glenn Close (A Esposa) e Lady Gaga (Nasce Uma Estrela) dividiram a premiação. Já na categoria melhor ator, Christian Bale faturou mais uma estatueta pela sua "transformação" em Dick Cheney na cinebiografia Vice, dirigida por Adam McKay e já se coloca como o favotiro para o Oscar 2019.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores nas categorias de cinema:

Melhor Filme

m cafe 5407e Roma (2018)

Melhor Diretor

m cafe 5407e Alfonso Cuarón – Roma (2018)

Melhor Ator

m cafe 5407e Christian Bale – Vice

Melhor Atriz

m cafe 5407e Glenn Close – A Esposa (2018)

m cafe 5407e Lady Gaga – Nasce Uma Estrela (2018)

Melhor Ator Coadjuvante

m cafe 5407e Mahershala Ali – Green Book - O Guia

Melhor Atriz Coadjuvante

m cafe 5407e Regina King – Se a Rua Beale Falasse

Melhor Revelação

m cafe 5407e Elsie Fisher – Eighth Grade

Melhor Elenco

m cafe 5407e A Favorita (2018)

criticschoice05 d7153

Melhor Roteiro Original

m cafe 5407e Paul Schrader – No Coração da Escuridão

Melhor Roteiro Adaptado

m cafe 5407e Barry Jenkins – Se a Rua Beale Falasse

Melhor Fotografia

m cafe 5407e Alfonso Cuarón – Roma (2018)

Melhor Direção de Arte

m cafe 5407e Hannah Beachler, Jay Hart – Pantera Negra

Melhor Edição

m cafe 5407e Tom Cross – O Primeiro Homem

criticschoice08 75327

Melhor Figurino

m cafe 5407e Ruth E. Carter – Pantera Negra

criticschoice01 b8edb

Melhor Maquiagem e Penteados

m cafe 5407e Vice

criticschoice02 c5934

Melhores Efeitos Visuais

m cafe 5407e Pantera Negra

Melhor Animação

m cafe 5407e Homem-Aranha no Aranhaverso

Melhor Filme de Ação

m cafe 5407e Missão: Impossível - Efeito Fallout

Melhor Filme de Ficção Científica/Terror

m cafe 5407e Um Lugar Silencioso

Melhor Filme de Comédia

m cafe 5407e Podres de Ricos

Melhor Ator em uma Comédia

m cafe 5407e Christian Bale – Vice

Melhor Atriz em uma Comédia

m cafe 5407e Olivia Colman – A Favorita (2018)

Melhor Trilha Sonora

m cafe 5407e Justin Hurwitz – O Primeiro Homem

Melhor Canção Original

m cafe 5407e "Shallow" – Nasce Uma Estrela (2018)

Melhor Filme Estrangeiro

m cafe 5407e Roma (2018) – Alfonso Cuarón

Award Season segue caminhada para o Oscar com os indicados ao BAFTA 2019

A 72.ª cerimônia do British Academy Film Awards (o BAFTA 2019) confirma favoritismo dos vencedores do Globo de Ouro 2019. Com 12 indicações, A Favorita sai na frente da disputa, com Bohemian Rhapsody, O Primeiro Homem, Roma e Nasce uma Estrela seguindo de perto.

Dando continuidade a "award season" — temporada de premiações do cinema e televisão — a Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão divulgou os indicados ao BAFTA 2019, considerado como o "Oscar britânico". A Favorita está na frente com o maior número de indicações, 12 ao todo, no entanto, quem está comemorando é Bradley Cooper. O ator, diretor e roteirista de Nasce uma Estrela (que recebeu 7 incicações) já fez história ao se tornar a pessoa com o maior número de indicações — cinco vezes: como melhor filme (produtor), ator, diretor, roteiro adaptado e música original.

A 72.ª cerimônia do British Academy Film Awards acontece dia 10 de fevereiro, com apresentação de Joanna Lumley. Confira a lista completa de indicados abaixo:

Melhor Filme

oliviacolmanafavorita 5aca2

Melhor Diretor

Bradley Cooper já chegou chegando

Melhor Atriz

aesposaglennclose 232ce

Melhor Ator

ramimalek e0dc7

Melhor Atriz Coadjuvante

Stone e Weisz: disputa dentro e fora da tela

Melhor Ator Coadjuvante

mahershala 95e68

Melhor Roteiro Original

greenbook 2b3d7

Melhor Roteiro Adaptado

reginaking da0f1

Melhor Filme Britânico

  • Beast (Produtores Michael Pearce, Kristian Brodie, Lauren Dark e Ivana MacKinnon)
  • Bohemian Rhapsody (Produtores Bryan Singer, Grahm King e Anthony McCarten)
  • A Favorita (Produtores Yogos Lanthimos, Ceci Dempsey, Ed Guiney, Lee Magiday, Deborah Davis e Tony McNamara)
  • McQueen (Produtores Ian Bonhôte, Peter Ettedgui, Andree Ryder e Nick Taussig)
  • Stan & Ollie (Produtores Jon S. Baird, Faye War e Jeff Pope)
  • Você Nunca Esteve Realmente Aqui (Produtores Lynne Ramsay, Rosa Attab, Psacal Caucheteux e James Wilson)

bohemianrhapsodyglobodeouro c57ec

Melhor Estreia De Diretor, Roteirista ou Produtor Britânico

  • Apostasy 
  • Beast
  • A Cambodian Spring
  • Pili
  • Ray & Liz 

Melhor Documentário

Melhor Filme de Língua Estrangeira

roma aa2ae

Melhor Animação

homemaranha1 7c742

Melhor Fotografia

alfonsocuaron 8a422

Melhor Montagem

oprimeirohomen b7995

Melhor Figurino

duasrainhas 9caef

Melhor Cabelo e Maquiagem

vicechristianbale b7ae3

Melhor Trilha Original

Não sai do raso viu, se não se afoga

Melhor Design de Produção

Olha a Netflix ai gente!

Melhores Efeitos Visuais

jogadorn1 6c8ab

Melhor Som

umlugarsilencioso 05461

Melhor Curta de Animação Britânico

  • I'm Ok
  • Marfa
  • Roughhouse

Melhor Curta-Metragem Britânico

  • 73 Cows
  • Bachelor
  • The Blue Door
  • The Field
  • Wale

Prêmio Estrela em Aascensão (voto popular)

panteranegra 8fb29

Globo de Ouro 2019 | Veja os vencedores das categorias de filmes

A cerimônia que é considerada por muitos como o principal termômetro das premiações do cinema antes do Oscar, o Globo de Ouro, teve sua edição 2019 realizada neste domingo (06).

Além de consagrar séries como The Americans, a grande vitoriosa na categoria de Drama, a noite, que teve apresentação de Sandra Oh e Andy Samberg, também celebrou alguns dos principais longas-metragens do ano. A 76ª edição do Globo de Ouro também contou com a homenagem à Jeff Bridges, que recebeu o prêmio Cecil B. DeMille para o conjuto da obra.

Veja a seguir quem foram os principais vencedores nas categorias relacionadas aos filmes para a TV, streaming e cinema no Globo de Ouro 2019!

Melhor Canção Original

m cafe 5407e  Shallow - Nasce uma Estrela
Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomando, Andrew Wyatt

Requiem For A Private War - A Private War
Annie Lennox

Revelation - Boy Erased: Uma Verdade Anulada

All The Stars - Pantera Negra

Girl in the Movies - Dumplin'
Dolly Parton, Linda Perry

Melhor Trilha Sonora

m cafe 5407e Justin Hurwitz - O Primeiro Homem

Marco Beltrami - Um Lugar Silencioso

Alexandre Desplat - Ilha dos Cachorros

Ludwig Göransson - Pantera Negra

Marc Shaiman - O Retorno de Mary Poppins

Melhor filme estrangeiro

m cafe 5407e Roma, Alfonso Cuarón - México

roma aa2ae

Assunto de Família, Hirokazu Koreeda - Japão

Cafarnaum, Nadine Labaki - Líbano

Girl, Lukas Dhont - Bélgica

Nunca Deixe de Lembrar, Florian Henckel von Donnersmarck - Alemanha

Melhor Animação

m cafe 5407e  Homem Aranha no Aranhaverso

homemaranha1 7c742

Os Incríveis 2

Ilha dos Cachorros

Mirai

WiFi Ralph: Quebrando a Internet

Melhor Roteiro

m cafe 5407e  Nick Vallelonga, Brian Currie, Peter Farrelly - Green Book - O Guia

greenbook 2b3d7

Adam McKay - Vice

Alfonso Cuarón - Roma

Deborah Davis, Tony McNamara - A Favorita

Barry Jenkins - Se a Rua Beale Falasse

Melhor Diretor

m cafe 5407e Alfonso Cuarón - Roma

roma aa2ae

Peter Farrelly - Green Book - O Guia

Spike Lee -  Infiltrado na Klan

Adam McKay - Vice

Bradley Cooper - Nasce uma Estrela

Melhor Ator Coadjuvante em filme

m cafe 5407e Mahershala Ali - Green Book - O Guia

mahershala 95e68

Timothée Chalamet - Beautiful Boy

Adam Driver - Infiltrado na Klan

Richard E. Grant - Poderia Me Perdoar?

Sam Rockwell - Vice

Melhor Atriz Coadjuvante em filme

m cafe 5407e Regina King - Se a Rua Beale Falasse

reginaking da0f1

Amy Adams - Vice

Claire Foy - O Primeiro Homem

Emma Stone - A Favorita

Rachel Weisz - A Favorita

Melhor Ator em Comédia ou Musical

m cafe 5407e Christian Bale - Vice

vicechristianbale b7ae3

Lin-Manuel Miranda - O Retorno de Mary Poppins

Viggo Mortensen - Green Book - O Guia

Robert Redford - The Old Man & The Gun

John C. Reilly - Stan & Ollie

Melhor Atriz em Comédia ou Musical

m cafe 5407e Olivia Colman - A Favorita

oliviacolmanafavorita 5aca2

Emily Blunt - O Retorno de Mary Poppins

Elsie Fisher - Eighth Grade

Charlize Theron - Tully

Constance Wu - Podres de Ricos

Melhor Ator em filme de Drama

m cafe 5407e Rami Malek - Bohemian Rhapsody

ramimalek e0dc7

Bradley Cooper - Nasce uma Estrela

Willem Dafoe - No Portal da Eternidade

Lucas Hedges - Boy Erased: Uma Verdade Anulada

John David Washington -  Infiltrado na Klan

Melhor Atriz em filme de Drama

m cafe 5407e Glenn Close - A Esposa

aesposaglennclose 232ce

Lady Gaga - Nasce uma Estrela

Nicole Kidman - O Peso do Passado

Melissa McCarthy - Poderia me Perdoar?

Rosamund Pike - A Private War

Melhor Filme - Musical ou Comédia

m cafe 5407e Green Book - O Guia

greenbook2 d65e1

Vice

Podres de Ricos

A Favorita

O Retorno de Mary Poppins

Melhor Filme - Drama

m cafe 5407e Bohemian Rhapsody

bohemianrhapsodyglobodeouro c57ec

Pantera Negra

Infiltrado na Klan

Se a Rua Beale Falasse

Nasce uma Estrela

Sindicato de Atores de Hollywood revela indicados ao SAG Awards 2019

A temporada de premiações de Hollywood segue a toda. Agora foi a vez do Sindicato de Atores de Hollywood (Screen Actors Guild‐American Federation of Television and Radio Artists) divulgar seus favoritos do ano. A 25ª edição da premiação é uma boa prévia do que pode pintar no Oscar, particularmente nas categorias de atuação.

O SAG Awards 2019 parece consolidar os favoritos Nasce Uma Estrela (com 4 nomeações), A Favorita e Infiltrado na Klan. Entre os indicados também vale destacar a presença de Pantera Negra, que aparece na disputa de melhor elenco. O Sindicato de Atores de Hollywood também conta com uma homenagem ao ator Alan Alda, que receberá a estatueta em comemoração a sua carreira e contribuição ao cinema.

A cerimônia de entrega do 25º Annual Screen Actors Guild Awards acontece dia 27 de janeiro de 2019. Confira a lista completa de indicados nas categorias de cinema:

Melhor Elenco

sag03 18c22

Melhor Ator

sag02 c155e

Melhor Atriz

sag05 4a0b9

Melhor Ator Coadjuvante

sag04 45e79

Melhor Atriz Coadjuvante

Indicados para o 24º Critics' Choice Awards reafirma sucesso de Pantera Negra

A Broadcast Film Critics Association (espécie de associação dos críticos de cinema dos Estados Unidos) divulgou a lista de indicados para a 24ª edição do Critics' Choice Awards. Considerada uma das premiações mais importantes da Award Season — temporada de premios do cinema — o Critics' Choice 2019 confirmou o sucesso de Pantera Negra, que totalizou 12 indicações, ficando atrás somente de A Favorita (2018), de Yorgos Lanthimos, que aparece com 14 categorias, incluindo duas menções para Melhor Atriz Coadjuvante (Emma Stone e Rachel Weisz).

Entre os outros destaques estão as dez indicações para O Primeiro Homem, e as nove de O Retorno de Mary Poppins, Nasce Uma Estrela (2018) e Vice. Enquanto isso, Deadpool 2 aparece na briga tanto para Melhor Filme de Ação como para Melhor Filme de Comédia.

O Critics' Choice Awards 2019 terá transmissão feita pelo canal americano CW Network, sendo que a cerimônia acontecerá no dia 13 de janeiro de 2019. Confira abaixo a lista completa dos indicados nas categorias de cinema:

Melhor Filme

criticschoice01 b8edb

Melhor Diretor

Melhor Ator

criticschoice02 c5934

Melhor Atriz

Melhor Ator Coadjuvante

criticschoice04 8b090

Melhor Atriz Coadjuvante

Melhor Revelação

Melhor Elenco

criticschoice05 d7153

Melhor Roteiro Original

Melhor Roteiro Adaptado

criticschoice06 0079b

Melhor Fotografia

Melhor Direção de Arte

criticschoice08 75327

Melhor Edição

Melhor Figurino

criticschoice07 94a7a

Melhor Maquiagem e Penteados

Melhores Efeitos Visuais

criticschoice09 5dfcd

Melhor Animação

Melhor Filme de Ação

Melhor Filme de Ficção Científica/Terror

criticschoice10 097a4

Melhor Filme de Comédia

Melhor Ator em uma Comédia

criticschoice11 df3e0

Melhor Atriz em uma Comédia

Melhor Trilha Sonora

Melhor Canção Original

globodeouro13

Melhor Filme Estrangeiro

Indicados aos Prêmios Globo de Ouro de 2019 esquentam a Award Season

A 76ª edição do Globo de Ouro, uma das maiores premiações anuais do cinema e televisão, divulgou a lista dos indicados para a edição de 2019. Esquentando de vez a Award Season, temporada de eventos que culmina no Oscar, foram divulgados os indicados para as 25 categorias (incluindo cinema e televisão). O anúncio aconteceu no Beverly Hilton Hotel, na Califórnia, com transmissão ao vivo do Facebook e do site da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood e foi apresentado por Terry Crews, Danai Gurira, Leslie Mann e Christian Slater.

Na disputa, que serve como termômetro para o Oscar 2019,  o novo filme de Adam McKay, Vice, lidera com seis indicações, enquanto A Favorita, Green Book: O Guia e Nasce uma Estrela seguem de perto com cinco nomeações cada. Entre os atores e atrizes se confirma o que já vinha sendo indicado nos festivais anteriores, com Emma Stone, Lady Gaga, Rachel Weisz, Mahershala Ali, Viggo Mortensen e Bradley Cooper fortes na disputa.

Entre os maiores destaques está a indicação de Pantera Negra, o primeiro filme de super-herói a ser nomeado para a categoria de melhor filme dramático (lembrando que o Globo de Ouro faz distinção entre filmes de drama e de comédia/musical). O longa da Marvel Studios também concorre por melhor canção original e trilha sonora. A Marvel também aparece na disputa para melhor animação, desta vez sob a teia da Sony Pictures com Homem-Aranha no Aranhaverso.

A entrega dos prêmios Globo de Ouro acontece dia 6 de janeiro a partir das 23h (horário de Brasília), e contará com a apresentação de Sandra Oh (de Sideways - Entre Umas e Outras) e Andy Samberg (de Popstar: Sem Parar, Sem Limites ).

Confira a lista completa de indicados nas categorias de cinema: 

Melhor Filme (Drama)

T’Challa tá rendo a toa

Melhor Atriz (Drama)

Tá todo mundo gaga pela Gaga

Melhor Ator (Drama)

Esse Rami não é muleque!

Melhor Filme (Comédia ou Musical)

Vice de novo...

Melhor Atriz (Comédia ou Musical)

Elsie Fisher mostra que talento desconhece idade

Melhor Ator (Comédia ou Musical)

Já o Robertão segue forte aos 82 anos

Melhor Atriz Coadjuvante

Stone e Weisz: disputa dentro e fora da tela

Melhor Ator Coadjuvante

Mahershala segue Ali nas disputa

Melhor Animação

Se um Aranha é bom, imagina um multiverso

Melhor Filme Estrangeiro

Olha a Netflix ai gente!

Melhor Diretor

Bradley Cooper já chegou chegando

Melhor Roteiro

Se essa rua, se essa rua fosse minha

Melhor Trilha Sonora

Supercalifragilisticoespialidoso

Melhor Cançao Original

Não sai do raso viu, se não se afoga

Filme brasileiro “O Grande Circo Místico” é selecionado para o Oscar

Lucy Barreto, Presidente da Comissão Especial de Seleção, acaba de anunciar que “O Grande Circo Místico”, longa-metragem de Cacá Diegues e distribuído pela H2O Filmes, é o escolhido para concorrer a uma vaga entre os cinco indicados ao prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira do Oscar 2019.

O comunicado aconteceu após uma reunião da Comissão Especial de Seleção, formada por membros indicados pela Academia Brasileira de Cinema: Lucy Barreto (presidente), Bárbara Paz, Flavio Ramos Tambellini, Jeferson De, Hsu Chien Hsin, Katia Adler e Claudia Da Natividade (efetivos). Estavam presentes também Frederico Maia Mascarenhas, Secretário do Audiovisual, e Jorge Peregrino, Presidente da Academia Brasileira de Cinema.

Vale lembrar que esta notícia não significa que o filme vai, de fato, estar entre os concorrentes na famosa premiação de filmes. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (The Academy) vai anunciar a lista com todos os indicados ao Oscar 2019 em 22 de janeiro e a cerimônia de premiação será realizada dia 24 de fevereiro, em Los Angeles (EUA).

Ferrugem, Las Herederas e Guaxuma são eleitos os melhores filmes em Gramado

"Ferrugem", de Aly Muritiba, foi eleito pelos jurados do 46º Festival de Cinema de Gramado o Melhor Filme de longa-metragem brasileiro dessa edição. A produção paranaense levou ainda os Kikitos de Melhor Roteiro (Jessica Candal e Aly Muritiba) e Melhor Desenho de Som (Alexandre Rogoski, por Ferrugem). "A Cidade Dos Piratas", de Otto Guerra, recebeu menção honrosa "por colocar questões atuais no formato de humor não domesticado".

Entre os longas estrangeiros, o filme paraguaio "Las Herederas" saiu consagrado, com quatro dos seis Kikitos em disputa: além de Melhor Filme, Marcelo Martinessi foi eleito o Melhor Diretor e ganhou também o prêmio de Melhor Roteiro. O Kikito de Melhor Atriz ficou com o trio de protagonistas da película, que aborda o amor entre mulheres na terceira idade: Ana Brum, Margarita Irun e Ana Ivanova. "Las Herederas" também foi o favorito do público do 46º Festival de Cinema de Gramado.

lasherederasgramado 9ed7c

Já o prêmio Especial do Júri foi para "Averno", de Marcos Loayza, "pela sua ousadia em contar uma história que se inspira na mitologia própria da Bolívia, mas distanciada dos modelos cinematográficos tradicionais".

Entre os filmes de curta-metragem brasileiros, vitória da animação "Guaxuma", de Nara Normande. O júri ainda concedeu um prêmio especial para "Estamos todos aqui", "pela coragem e pertinência de retratar cinematograficamente temas de grande relevância social, num ato criativo de imersão e de digna resistência".

Nessa competição, os jurados também justificaram a escolha de Maria Tugira Cardoso como a melhor atriz. Ela, na verdade, é a personagem do documentário "Catadora de gente", mas os avaliadores de Gramado entenderam que "pela força de seu carisma singular, história de vida e por entender que o protagonismo no documentário está como para a atuação na ficção", a recicladora merecia o Kikito. Ainda entre os curtas, o Prêmio Canal Brasil ficou com "Nova Iorque", de Leo Tabosa.

O júri da crítica presente no 46º Festival de Cinema de Gramado também elegeu os três melhores filmes na opinião de seus integrantes. Entre os longas, "Benzinho", de Gustavo Pizzi se destacou em razão do "domínio do ritmo, dos pequenos detalhes do cotidiano e do retrato terno dos laços familiares aliados à simplicidade de sua narrativa e à força do elenco".

Também recaiu sobre "Las Herederas", de Marcelo Martinessi, a escolha da crítica: "pela delicadeza ao destacar personagens de uma faixa de idade pouco retratada através da sexualidade, assim como seus espaços em nossa sociedade como também seu impressionante conjunto de atuações".

Por fim, o melhor filme em curta-metragem brasileiro na opinião da crítica foi "Torre", de Nádia Mangolini. A justificativa foi o "uso inventivo da técnica animação" e também "pelo respeito aos personagens e suas memórias, e pela reflexão de um período traumático da nossa história". A produção levou também o troféu do Juri Popular.

Veja quem foram os vencedores do 46º Festival de Cinema de Gramado

Curta-metragem brasileiro

Melhor Desenho de Som: Fábio Carneiro Leão, por Aquarela
Melhor Trilha Musical: Manoel do Norte, por A Retirada Para Um Coração Bruto
Melhor Direção de Arte: Pedro Franz e Rafael Coutinho, por Torre
Melhor Montagem: Thiago Kistenmacker, por Aquarela
Melhor Fotografia: Beto Martins, por Nova Iorque
Melhor Roteiro: Marco Antônio Pereira, por A Retirada Para Um Coração Bruto
Melhor Ator: Manoel do Norte, por A Retirada Para Um Coração Bruto
Melhor Atriz: Maria Tugira Cardoso, por Catadora de Gente
Prêmio Especial do Júri: Estamos todos aqui, de Chico Santos e Rafael Mellim
Prêmio Canal Brasil de Curtas: Nova Iorque, de Leo Tabosa
Melhor Filme do Júri Popular: Torre, de Nádia Mangolini
Melhor Direção: Fábio Rodrigo, por Kairo
Melhor Filme: Guaxuma, de Nara Normande

Longas estrangeiros

Melhor Fotografia: Nelson Waisntein, por Averno
Melhor Roteiro: Marcelo Martinessi, por Las Herederas
Melhor Ator: Nestor Guzzini, por Mi Mundial
Melhor Atriz: Ana Brum, Margarita Irun e Ana Ivanova, por Las Herederas
Prêmio Especial do Júri: Averno, de Marcos Loayza
Melhor Filme do Júri Popular: Las Herederas, de Marcelo Martinessi
Melhor Direção: Marcelo Martinessi, por Las Herederas
Melhor Filme: Las Herederas, de Marcelo Martinessi

Longas brasileiros

Melhor Desenho de Som: Alexandre Rogoski, por Ferrugem
Melhor Trilha Musical: Max De Castro e Wilson Simoninha, Por Simonal
Melhor Direção de Arte: Yurika Yamazaki, por Simonal
Melhor Montagem: Gustavo Giani, por A Voz Do Silêncio
Melhor Ator Coadjuvante: Ricardo Gelli, por 10 Segundos Para Vencer
Melhor Atriz Coadjuvante: Adriana Esteves, por Benzinho
Melhor Fotografia: Pablo Baião, por Simonal
Melhor Roteiro: Jessica Candal e Aly Muritiba, Por Ferrugem
Melhor Ator: Osmar Prado, por 10 Segundos Para Vencer
Melhor Atriz:  Karine Telles, por  Benzinho
Menção Honrosa: A Cidade Dos Piratas, de Otto Guerra
Melhor filme do Júri Popular: Benzinho, de Gustavo Pizzi
Melhor Direção: André Ristum, por A Voz Do Silêncio
Melhor Filme: Ferrugem, de Aly Muritiba

Prêmios da Crítica

Melhor filme em curta-metragem brasileiro: Torre
Melhor filme em longa-metragem estrangeiro: Las Herederas
Melhor filme em longa-metragem brasileiro: Benzinho

Canal Brasil completa 20 anos com homenagem no 46º Festival de Cinema de Gramado

Às vésperas de completar 20 anos no ar, no dia 18 de setembro, o Canal Brasil está presente em diversas frentes no 46º Festival de Cinema de Gramado e o diretor geral, Paulo Mendonça, esteve na cidade para receber uma homenagem especial do evento pelo papel fundamental na história do cinema nacional. Além de ser o principal difusor de filmes brasileiros na televisão (que ocupam 70% da grade), o canal se destaca no fomento da produção audiovisual, com o Prêmio Canal Brasil de Curtas e na produção e coprodução de longas-metragens - que já somam mais de 300 títulos, dos mais variados gêneros, dos filmes de arte e documentários às cinebiografias e campeões de bilheteria.

Em 2018, três coproduções do canal estão na mostra competitiva do Festival de Gramado: 10 Segundos Para Vencer, de José Alvarenga Jr, cinebiografia do bicampeão mundial de boxe Eder Jofre; o drama familiar Benzinho, de Gustavo Pizzi; e Ferrugem, de Aly Muritiba, que aborda as implicações da disseminação indesejada de um vídeo privado na internet.

Em Gramado, assim como faz nos principais festivais de cinema do país, o Canal Brasil entregará o “Prêmio Canal Brasil de Curtas”. Criado em 1998, o prêmio tem como objetivo incentivar a produção, a exibição e a divulgação de curtas-metragens. Um júri composto por jornalistas e críticos de cinema vai escolher o melhor filme em competição, que, além de ser exibido na TV, recebe o Troféu Canal Brasil e R$ 15 mil.

paulomendoncacanalbrasil2 50d97

A cerimônia de premiação, que acontece no sábado, dia 25, será transmitida ao vivo pelo Canal Brasil – e simultaneamente no Canal Brasil Play, Facebook, Twitter e Youtube do canal –, com apresentação de Simone Zuccolotto e comentários de Roger Lerina e Luiz Zanin, direto do Palácio dos Festivais. A repórter Maria Clara Senra trará também informações direto do tapete vermelho. Além disso, de segunda (dia 20) a sexta (dia 24), o canal vai noticiar os principais acontecimentos do festival, em boletins diários do “Cinejornal”.

Simone Zuccoloto e Maria Clara Senra também entrarão ao vivo no Facebook, a qualquer momento, trazendo os principais acontecimentos dos últimos dias evento. E na quarta-feira, dia 29, vai ao ar um boletim especial do “Cinejornal”, que divulga os vencedores do festival.

"Visages, Villages" eleito melhor documentário pelo Spirit Awards

Indicado ao Oscar de Melhor Documentário em Longa-Metragem, "Visages, Villages", da diretora francesa Agnès Varda recebeu neste sábado (03/03) o Spirit Awards na mesma categoria.

Maior premiação do cinema independente norte-americando, o Spirit Awards reconheceu o valor do filme que a Academia não enxergou no mesmo nível, dando o prêmio de Melhor Documentário para "Ícaro"

"Visages, Villages" é dirigido por Agnès Varda e o artista plástico JR. Com 89 anos, Agnès é considerada a pessoa mais velha a disputar a estatueta. No ano passado, ela recebeu da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood um Oscar honorário pelo conjunto de sua obra.

Único nome feminino por trás da Nouvelle Vague e uma das mais importantes cineastas da história do cinema, Agnès Varda desenvolveu seu trabalho com igual interesse e força pela ficção e pelo documentário, por questões políticas, sociais e feministas, assim como por temas e reflexões pessoais.

Villages Visages 3d372

Nascida em Bruxelas, na Bélgica, em 1928, a Segunda Guerra Mundial fez sua família mudar-se para o sul da França. Em Paris, estudou história da arte e fotografia e em pouco tempo começou a trabalhar com cinema com a ajuda de Alain Resnais.

Seu primeiro trabalho, La Pointe Courte, já indicava o cinema que iria desenvolver. Em 1962, fez um de seus mais importantes longas-metragens, Cléo das 5 às 7. Seu longa seguinte, As Duas Faces da Felicidade (1965), vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Berlim, foca uma família perfeita à primeira vista, não fosse o patriarca um homem infiel, apesar de feliz no casamento.

No final da década de 1960, Varda e seu marido, o também cineasta Jacques Demy, mudaram-se para Los Angeles, durante a efervescência da contracultura nos Estados Unidos. De volta à Europa, passou os anos 70 e 80 entre documentários, ficções, curtas e longas-metragens, em um dos períodos mais criativos e de maior produção em sua carreira.

agnes varda jr 700ce

Dessa época são filmes como Daguerreótipos (1976), retrato silencioso do cotidiano da rua Daguerre, na capital francesa; Uma Canta, a Outra Não(1977); Os Renegados (1985), vencedor do Leão de Ouro e do Prêmio da Crítica no Festival de Veneza; além de Jane B. por Agnès V. (1988), dedicado e protagonizado pela musa do cinema francês Jane Birkin.

A morte de Jacques Demy em 1990 rendeu duas homenagens dirigidas por ela: Jacquot de Nantes (1991), e O Universo de Jacques Demy (1995). Também em 1995 estreou As Cento e Uma Noites. Na década seguinte, os documentários ganharam outra dimensão em sua filmografia. Com uma abordagem reflexiva, memorialística e irreverente, Varda se colocou como personagem e voz ativa nos filmes.

Após um breve hiato no cinema, Varda retorna às telas com Visages, Villages, feito em parceria com o artista visual francês JR, em que fazem uma viagem de caminhão por pelo interior da França, convidando pessoas a serem fotografadas e a segui-los. O filme foi vencedor do Olho de Ouro no Festival de Cannes.

Em sua extensa e premiada trajetória, recebeu prêmios pela relevância de sua carreira em festivais como Cannes, Locarno e San Sebastián. Em outubro de 2017, Varda foi homenageada pela 41ª. Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, com retrospectiva de seus mais importantes filmes e com o Prêmio Humanidade.

Sobre "Visages, Villages"

Agnès Varda e JR têm coisas em comum: sua paixão por imagens e, mais particularmente, o questionamento sobre os lugares onde elas são mostradas e a maneira como são compartilhadas e expostas. Agnès escolheu o cinema. JR escolheu criar galerias fotográficas ao ar livre.

Quando os dois se conheceram, em 2015, imediatamente quiseram trabalhar juntos — fazer um filme percorrendo o belo interior da França. Em encontros aleatórios ou planos pré-concebidos, eles partem em direção a outras pessoas e as convidam a segui-los em sua viagem no caminhão fotográfico de JR.