log in
 

Crítica do filme Amante a Domicílio

Um Ménage bem sem graça...

Fábio Jordão

por
Fábio Jordão

Domingo, 27 de Abril de 2014
Fonte da imagem: Divulgação/Imagem Filmes
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Filmes de gigolôs não são tão comuns, talvez porque a abordagem do tema geralmente cai mais para o lado da comédia, e não tem muito como criar algo genial e inédito que arranque muitas risadas do público.

É claro que de vez em quando algum roteirista tem alguma ideia brilhante para fazer novas piadas sobre algum putão diferente que vai trilhar a profissão de um jeito engraçado. Mas esse, definitivamente, não é o caso em “Amante a Domicílio”.

Estrelado, dirigido e roteirizado por John Turturro, o filme conta a história de uma dupla de amigos que tenta conseguir um dinheiro fácil aproveitando o mercado de moças interessados em um prostituto não tão comum.

Woody Allen é Murray, um cafetão velhinho e simpático que tenta empurrar seu amigo feio, Fioravante (que é interpretado por Turturro), para a mulherada que busca alguma coisa diferente. A premissa, em si, é muito boa, mas a história não é bem o que é mostrado no trailer e na sinopse.

amante2

O humor é bem leve e não há nenhuma chance de risada com a “ótima” atuação e boa vontade de John Turturro. E olha que não sou muito xarope. Eu gosto de diferentes tipos de humor e sei bem quando um cara está tentando (e conseguindo) fazer a galera rir com o mau humor.

As cenas de putarias que poderiam ser muito engraçadas acabam sendo bem cansativas. A única que realmente consegue fazer graça é Sofia Vergara (que já tinha feito sua piadinha no trailer). A presença de Sharon Stone ilumina a película, mas ela não é tão significante e não a vemos peladinha novamente (como já rolou em Instinto Selvagem).

Bom, no meio dessa comédia (com drama) com poucas coisas engraçadas, temos o nosso querido Woody Allen brilhando mesmo sem querer. Ainda que tenha um papel bem mais ou menos no meio da história sem graça, Allen consegue se destacar sendo ele mesmo. As falas do ator não vão fazer você se partir de tanto dar risada, mas o jeitinho único dele é o que deixa o filme aceitável.

amante3

Depois de tentar insistir nos casos de prostituição, “Amante a Domicílio” vai para o lado do drama, tentando fazer o gigolô ajudar uma moça que já não sabe mais o que é o amor. A partir daí, você pode se preparar para dormir, porque o ritmo cai muito e fica difícil conseguir gostar da suposta comédia.

Não dá pra dizer que o filme é de todo ruim. A fotografia surpreende e faz o público se sentir bem à vontade nos bairros de Nova York. As músicas combinam com a proposta, dando sensualidade às cenas e deixando o espectador ligadão.

Fora isso, o filme só tem três coisas boas: Woody Allen, Sofia Vegara e Sharon Stone. Quem quer dar risada deve procurar outro filme. Agora, se você está buscando um drama com leve pitadas de soneca, pode ter certeza que “Amante a Domicílio” é o filme certo.

Fonte das imagens: Divulgação/Imagem Filmes

Amante a Domicílio

Confira o trailer deste filme dirigido por John Turturro

Diretor: John Turturro

Duração: 90 min

Estreia: 25 / Abr / 2014

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.