log in
 

Crítica do filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar

O melhor retrato do aracnídeo

Thiago Moura

por
Thiago Moura

Quarta, 05 Julho 2017
Fonte da imagem: Divulgação/Sony Pictures
amazonprimevideo
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Mais um reboot do Homem-Aranha? Sim, pela terceira vez em 15 anos, e agora parece que acertaram de vez. É justo dizer que o Homem-Aranha de Tobey Maguire levou às telonas um dos heróis mais queridos da Marvel em uma adaptação bem meia boca, mas lá em 2002 isso já era o suficiente. Porém, precisamos superar de vez essa trilogia, assim como o desperdício de Gwen Stacy (Emma Stone, me liga) no filme protagonizado por Andrew Garfield em 2012, que apesar dos efeitos impressionantes não agradou aos fãs. E os fãs estão cada vez mais exigentes, o que é compreensível levando em conta a qualidade dos filmes atuais.

Agora, “Homem Aranha: De Volta ao Lar”, retornando a gloriosa Marvel Studios que é sua casa e sempre será, e essa integração era o que faltava para os fãs irem a loucura. Com uma breve porém incrível participação em “Guerra Civil”, já serviu para aumentar as expectativas para o filme solo do cabeça de teia. Os mais críticos podem argumentar que ninguém mais aguenta ver o Tio Ben morrendo, Peter Parker sendo picado pela aranha mutante, e tudo que já foi mostrado nos filmes anteriores.

Mas claro que isso tudo foi pensado, e apesar de essa ser sim uma história de origem, dificilmente você lembrará dos filmes anteriores do Homem Aranha.

Nota: Se você assistiu os trailers, você já sabe a trama toda, mas a crítica não contém spoilers.

SPIDEY3 a178f

Todos os pontos chave da supracitada história de origem do Aranha estão presentes como subtexto, pois o filme é feito para os fãs do amigo da vizinhança e recheado de referências a sua história, principalmente aos quadrinhos. Nada que vá atrapalhar a diversão de quem nunca leu uma HQ do teioso, e a graça do filme reside exatamente aí.

“De Volta ao Lar” é uma perfeita combinação dos elementos de filmes de comédia colegial, dentro do irreverente universo Marvel. com direito a referências aos clássicos de John Hughes (como “Curtindo a Vida Adoidado” e "Clube dos Cinco"). Pela primeira vez é um menino que interpreta Peter Parker (Tom Holland), não um adulto fingindo ser adolescentes, tudo bem que ele tem 15 anos no roteiro, e Tom Holland, 21, mas já serve como adolescente. Tudo isso é muito importante sim, pois esse é um filme que destaca bastante o Peter Parker de verdade, um adolescente genial e meio esquisito, que sempre acaba furando todos os compromisso porque precisa se balançar por aí enquanto finge ser só mais um pirralho qualquer.

Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades, certo?

Já é ponto passivo que todo filme de super herói precisa ter uma ameaça iminente que acabará com o mundo em um buraco negro, ou pelo menos uma cidade inteira. E nesse caso vemos um herói iniciante enfrentando uma ameaça a sua altura, descobrindo o que exatamente o uniforme construído por Tony Stark pode fazer e quem ele é sem esse uniforme.
O desenvolvimento do personagem é bastante distinto, ainda que óbvio. Afinal de contas, não é apenas uma pessoa qualquer vestindo um colant, mas um herói que sabe exatamente o que é certo e errado, fazendo de tudo para ajudar o próximo.

spiderman vulture laser ferry 54503

A ameaça é encarnada pelo vilão voador Adrian Toomes/Abutre (vivido pelo genial Michael Keaton). Ele lucra a partir da reciclagem dos destroços causados pelas ameaças enfrentadas pelos Vingadores, coisas como naves alienígenas destruídas, pedaços de um dos Ultron e todo tipo parafernalha, modificando algumas delas para facilitar o trabalho. Durante anos ele passa despercebido pelo FBI, SHIELD, Vingadores e toda a galera preocupada em salvar o mundo. Mas o Homem-Aranha descobre a malandragem e faz tudo que está a seu alcance para impedir que artefatos tão perigosos acabem nas mãos erradas.

A trama é simples assim, exatamente como deveria ser. É um adolescente lidando com sua vida confusa enquanto tenta impedir que pessoas se machuquem ou sejam roubadas. Mas ao contrário de praticamente todos os outros filmes Marvel, o Abutre tem motivações reais e convincentes para “ser o vilão”, não sendo uma mero artifício para a luta no terceiro ato. Ele é só uma pessoa amargurada e ambiciosa, mas não pretende “dominar ou acabar com o mundo”, ele só acha que merece sua parte e faz o necessário para conseguir o que quer.

A influência de Tony Stark é bem menor do que foi demonstrado nos trailers, e isso é ótimo. Contudo, boa parte do filme envolve Peter descobrindo o que o uniforme faz, e nesse sentido a sensação de que estamos olhando um mini Homem de Ferro ali é inevitável. Porém, nada que estrague a história ou mesmo que descaracterize o personagem. Ao contrário, isso tudo serve para Peter entender exatamente quem ele é, e qual seu papel nesse mundo cheio de heróis e vilões.

Spider Man Homecoming Zendaya Laura Harrier Jacob Batalon 990fd

Outro ponto interessante é que por ainda estar aprendendo a ser “O Homem Aranha”, ele apanha muito, faz muita coisa errada e precisa de ajuda em diversos momentos. Então temos os coadjuvantes, Ned (Jacob Batalon) um gordinho que não tem muitos amigos além de Peter, que acaba servindo como suporte enquanto o Aranha se balança loucamente por aí.

Além disso, Peter é apaixonado por Liz (Laura Harrier), cujo objetivo no filme é ser salva e organizar o baile, a bizarra e enigmática Michelle (Zendaya), que é amiga de Ned e Peter "porque sim", e Flash Thompson (Tony Revolori), tentando rivalizar com Peter e falhando miseravelmente. É claro que esses personagens são mais do que aparentam, mas não comentarei a respeito para não estragar as surpresas. Todos servem bem como apoio, e a expectativa agora é ver como eles serão desenvolvidos, já que são parte intrínseca das histórias do Aranha e fizeram um excelente trabalho na trama "De Volta ao Lar".

Inteligente, divertido e um retrato fiel do espírito Peter Parker/Homem-Aranha das HQs

Por fim, o filme não chega a ser uma obra-prima, mas mantêm o nível das obras Marvel e bombardeia os fãs com referências aos outros filmes e principalmente aos quadrinhos do aracnídeo, tudo isso com uma boa dose de diversão. O que resta agora é a expectativa para as próximas aventuras, tanto nos próximos filmes solo quanto dentro dos Vingadores, mas finalmente os fãs podem relaxar, porque o Aranha está em casa e em ótimas mãos.

Fonte das imagens: Divulgação/Sony Pictures

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

O Cabeça de Teia voltando ao lar com conselhos de Tony Stark!

Diretor: Jon Watts
Duração: 118 min
Estreia: 6 / Jul / 2017

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Thiago Moura

Curto as parada massa.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.