log in
 

Crítica do filme O que será de nozes?

Animação sobre esquilos buscando comida

Thiago Moura

por
Thiago Moura

Quinta, 14 de Agosto de 2014
Fonte da imagem: Divulgação/
ap 728x90 data 5463e
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

"O que será de nozes?" (No original "The Nut Job" ou "O Trabalho das Nozes", que pode ser traduzido também como "Trabalho de Maluco"), é uma animação canadense sobre esquilos e outros animais semelhantes procurando comida para o inverno. A brincadeira no título sugere muita diversão e doidera, mas não é isso que vemos.

A história é bem simples, o esquilo Max mora em uma comunidade em um parque no meio da cidade grande. Mas Max é teimoso e sempre pensa em si mesmo antes dos seus amigos. Após um acidente infeliz, Max é culpado de acabar com todos os alimentos armazenados para o inverno. Sem opções, ele é expulso do parque e precisa aprender a sobreviver na cidade grande. 

TNJ-Gif-6

Então ele encontra a Maury's Nut Store, uma loja repleta de nozes, castanhas, amêndoas e coisas assim. Mas sabendo que não é capaz de saquear a loja sozinho, ele conta com a ajuda de alguns de seus antigos amigos do parque. O problema é que a loja é apenas uma fachada para criminosos cavarem um túnel e assaltarem o banco que fica logo ao lado. Então vemos os planos dos esquilos em paralelo aos humanos.  

A animação é excelente, sendo o ponto alto do filme. Os animais, mesmo falando e agindo como humanos, tem uma modelagem muito fiel aos bichos de verdade, fazendo com que tudo pareça muito natural. Obviamente, cada personagem se destaca em algumas características, mas a diferença fica mais nas raças do que na personalidade em si. E alguns animais não falam! Por que alguns animais conseguem falar e agir como humanos e outros não? Será que eles são mais burros, por acaso? Gostaria de entender.

A trilha sonora não convence muito, contando com figuras como Psy e seu famoso Gangam Style, mas durante o filme as músicas não parecem encaixadas com as cenas.

oqueseradenozes1

A dublagem original conta com nomes famosos como Will Arnett, Brendan Fraser e Liam Neeson, e a dublagem adaptada para o público brasileiro ficou bem decente. Até mesmo os nomes dos personagens foram modificados, mas respeitando os nomes originais. Por exemplo, o ratinho "Buddy" é chamado de "Mano", uma tradução bem aproximada da palavra em inglês. E todos os nomes são bem óbvios, como o Guaxinim que se chama Racoon (que é guaxinim em inglês). As piadas são bem forçadas e não tem muita loucura nessa animação. É possível que nem as crianças de divirtam assistindo. 

Ainda que seja uma opção pro público infantil, tem muita coisa melhor pra elas verem.

Fonte das imagens: Divulgação/

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Thiago Moura

Curto as parada massa.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.