log in
 

Crítica do filme Velozes e Furiosos 7

Carangas, piadas boas e ação desenfreada

Fábio Jordão

por
Fábio Jordão

Segunda, 06 Abril 2015
Fonte da imagem: Divulgação/
Mary 728x90 DATA 8130f
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Na última quinta-feira, também conhecida como 2 de abril de 2015, o suposto último (que já sabemos que não é, já que vem mais três por aí) filme da série Velozes e Furiosos chegou aos cinemas de todo o Brasil.

Particularmente, conforme eu já comentei no TecMundo, a ideia da saga me chamou a atenção quando ela apareceu nos cinemas. Na verdade, até o terceiro filme, eu achei que a coisa tava andando legal, focando nos rachas, diversificando nas modalidades e montando uma história bem água com açúcar.

Só que depois do quarto filme a coisa desandou de tal forma, que não dava nem graça continuar vendo os próximos. Como eu não sou desses de desistir fácil, acabei vendo o quinto e o sexto filme nos Telecines da vida — e não preciso dizer que me arrependi amargamente, porque foi um chorume sem fim.

Pois bem, o sétimo filme prometia consertar todas as cagadas, conectando os pontos soltos e retomando várias características que foram usadas lá nos primeiros títulos. Deu certo! Velozes e Furiosos 7 consegue divertir pelo exagero, empolgar com várias carangas sinistras e ainda entreter com uma história que faz sentido.

velozes1 48bb2

É o melhor filme do mundo? Não. Vai ganhar Oscar (o Vin Diesel diz que sim)? Não. Mas é um bom programa para dar risadas e ainda ver uma bonita homenagem ao ator Paul Walker. Vamos comentar um pouco mais sobre esse filme que tá batendo recordes de bilheteria (a nona maior estreia de todos os tempos) e que vai agradar uma penca de gente.

Consertando as derrapagens

Vin Diesel, Paul Walker e Dwayne Johnson lideram o elenco de “Velozes e Furiosos 7”. Sob a direção de James Wan (que manja muito de terror e já fez Jogos Mortais e Sobrenatural), o bombado Toretto (Vin Diesel) enfrenta um inimigo (Jason Statham) que busca vingança por seu irmão.

Stathamm, no papel de Deckard Shaw, vai sentar o braço em geral, do jeito que só ele sabe. A pancadaria com Diesel, The Rock e os demais bombados é empolgante. Felizmente, as brigas não são gratuitas e se encaixam bem na trama.

Bom, junto com Diesel, temos toda a turminha dos filmes antigos marcando presença. Eles estão juntos para saltar de aviões dentro de carros que usam paraquedas, enfrentar paramilitares armados até os dentes e tirar bons rachas (tá, só tem um ou outro).

velozes2 5fbcc

O roteiro consegue sintetizar bem as tantas novidades da trama e amarrar com aquela velha história do Han (Sung Kang), o piloto oriental que morreu no terceiro filme e ressuscitou posteriormente.

O melhor é que Velozes e Furiosos 7 recapitula várias cenas dos filmes antigos, visitando alguns cenários bacanas, trazendo personagens já esquecidos e manjando nas trilhas. Então é isso, a nova história arruma os tropeços, traz coisas novas e ainda se amarra com outras informações dos filmes anteriores.

A piada boa não pode parar

A série Velozes e Furiosos nunca pretendeu ter uma pegada tão direta na comédia, mas este último filme consegue tatear algumas piadinhas sem deixar a coisa forçada. Tej (Ludacris) e Roman (Tyrese Gibson) ficam encarregados por puxar a carroça da alegria.

A parte maneira é que eles conseguem fazer isso de uma maneira tão natural que dá pra dar boas gargalhadas. Com discussões sem sentido, planos bem idiotas e umas atitudes de criança, os dois deixam a película bem divertida em meio a chuva de balas e rachas apavorantes.

velozes3 1129f

Mas a diversão não fica só nisso. Tem várias ideias que foram usadas no desenrolar da história que soam absurdamente imbecis — tipo colidir um carro de frente com outro, como se isso fosse coisa de macho e resolvesse algo. É tão disparatado, que a coisa acaba ficando engraçada.

Obviamente, você tem que comprar a ideia de que Velozes e Furiosos 7 é o suprassumo do exagero, pois, do contrário, você vai passar raiva com tantas sequências ridiculamente impossíveis. Então, vamos combinar: se você gosta de filmes com uma pegada mais verídica, não vá ao cinema, pois você não tem o humor necessário para compreender tamanha galhofa.

Agora, se você curte carangas iradas, mulheres sensuais, homens sarados, ação descontrolada e desproporcional e efeitos especiais, pode ter certeza que esse filme é pra você. Talvez não seja o melhor da série, mas não deixa de ser divertido. Compre a pipoca e tenha uma boa sessão!

Fonte das imagens: Divulgação/

Velozes & Furiosos 7

Confira o trailer deste filme dirigido por James Wan

Diretor: James Wan
Duração: 137 min
Estreia: 2 / Abr / 2015

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.