log in
 

Crítica do filme Hitman: Agente 47

Pouca expressão, muitos tiros

por
Renata Cavalheiro

28 de Agosto de 2015
Fonte da imagem: Divulgação/
amazonprimevideo
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Hitman: Agente 47, baseado na série de jogos Hitman, traz para a tela do cinema a história e as características do jogo. Pra quem jogou o game e curtiu, vai se interessar pelo longa.

O filme segue basicamente as mesmas “regras” do jogo: como o Agente 47 trocar de roupa para se camuflar em certas cenas e, o ator principal, Rupert Friend tem a expressão fria e sem emoção necessária para o protagonista.

Talvez por isso, para quem não se interessa pela história de antemão, ache o protagonista um pouco sem complexidade ou não muito bem trabalhado.

hitman1 0a64d

Ao longo do filme, esta impressão vai mudando um pouco, mas mesmo assim, ele continua sendo o Agente sem expresão do começo. Até porque ele foi projetado para ser assim: um ser sem sentimentos, com super inteligência, reflexos aguçados e agilidade extraordinária para ser o perfeito assassino.

Sem romance, mas com muita ação

Em alguns momentos há uma troca de afetos entre os personagens, e o que me chamou a atenção como um ponto positivo foi o fato de não terem colocado a personagem feminina principal em busca de um amor ou um romance, mas sim em busca de um de um homem misterioso que ela não sabe quem é, mas não há uma relação romântica entre os dois. 

 hitman3 f9c9a

No começo uma mulher medrosa e esquiva, ao longo do filme ela vai mudando e deixando o filme mais cheio de ação – com muitos tiros, lutas e perseguições. Em alguns momentos até parece ser um comercial da Audi, de tão longa a perseguição de carro e da ênfase em mostrar o modelo do carro durante as cenas.

Atores bons, piadas nem tanto

Para o que se propõe, ou seja, um filme de ação, ele é bom. As cenas são bonitas, as lutas são legais e, até a propaganda da Audi ficou bem feita. Os atores combinaram com os papéis, e ele tem os elementos do jogo no qual é baseado. Já as falas... enquanto os personagens estão sérios, tudo bem, mas quando eles tentam fazer algumas piadas é que a coisa complica. Há bem poucas no filme, mas não são tentativas muito bem sucedidas. Entretanto, isto não atrapalha de forma significativa o andamento de Hitman.

hitman2 3036e

Comparando com outros filmes baseados em jogos, acredito que esteja seja uma boa adaptação com algumas pequenas falhas. Mas, no geral, se você é fã do jogo e está ansioso pra ver o Agente 47 sem ter que controlá-lo através de botões, é sim um bom filme para lembrar da história e ver muitos tiros disparados com extrema precisão!

Fonte das imagens: Divulgação/

Hitman: Agente 47

Ele é o assassino perfeito

Diretor: Aleksander Bach
Duração: 96 min
Estreia: 27 / Ago / 2015

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Renata Cavalheiro

Uma forma de vida bípede, baseada em carbono e descendente de primatas.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.