log in

Crítica do filme Malévola

Então você terá medo...

por
Camile Monteiro

06 de Junho de 2014
Fonte da imagem: Divulgação/

“Malévola” foi um filme que, assim que soube que seria lançado, me empolgou muito. O longa estreou, não ouvi falar muito bem sobre, e meio que a contra gosto decidi ir. (Obrigada a você que me fez ir, muito obrigada, de verdade!)

Não me recordo direito de “A Bela Adormecida”. A história da princesa Aurora nunca me interessou muito. Sei que já assisti, mas faz muito tempo, e lembro pouquíssimo sobre o filme, mas, pelo pouco que me recordo, “Malévola” tem a mesma essência de “A Bela Adormecida” com algumas pequenas diferenças.

Assisti a todos os trailers do novo longa, e posso dizer que não dizem muita coisa sobre o filme — isso eu gostei muito. Em “Malévola”, somos apresentados à "bruxa" de "A Bela Adormecida" e acompanhamos sua vida desde a infância até ela se tornar a grande vilã do clássico Disney.

Malévola é uma fada (não é spoiler, quem assistiu a pelo menos um trailer, já sabe disso) que acreditou no amor verdadeiro e acabou sendo enganada por seu amado e essa desilusão acabou endurecendo seu coração.

Corroída pelo ódio e pela vingança, a fada do mal lança um poderoso feitiço sobre a recém-nascida princesa Aurora — filha do rei que cortou o coração da nossa querida Malévola. O rei então decide isolar a filha de seu mundo, para protegê-la do feitiço.

Em resumo a história é esta, não muda muito da original, mas digamos que dá para ter algumas surpresas no decorrer do filme.

Well, well

Agora, depois de assistir, ouso dizer que ninguém melhor que Angelina Jolie para interpretar o papel de Malévola. A voz, os olhos, a boca, tudo se encaixou. A atuação de Angelina neste longa me surpreendeu muito. Tinha perdido o gosto por ela, quando ela passou a fazer sempre filmes do mesmo estilo, em que era uma heroína que nunca se machucava ou morria.

Inclusive vale comentar que, claro, não somente por ela ser a protagonista, mas é a boa atuação dela que mantém o filme no ritmo, que “segura” o filme. Quem também merece destaque é a atriz Isobelle Molloy, que interpreta Malévola quando criança. É a coisa mais bonitinha ela de chifrinhos e asas.

maleficient3

Falando em crianças, apenas a titulo de curiosidade, a menininha que pede colo a Malévola em uma das cenas é ninguém menos que Vivienne Jolie-Pitt — filhinha de Angelina e Brad de apenas 5 anos, que foi escolhida para o filme pois foi a única criança que não chorou ao ver a fada do mal. A jovem Aurora, interpretada por Elle Fanning, também não deixa a desejar, a atriz mandou muito bem como princesa.

Pensando nos detalhes

A caracterização da personagem título ficou muito boa. A maquiagem, os chifres, as bochechas protuberantes e as asas... O que são aquelas asas?! Lindas, enormes, assustadoras.

A trilha do filme também ficou excelente. James Newton Howard que foi o responsável está de parabéns. A escolha das músicas combinou perfeitamente com cada cena.

maleficient4

De maneira geral, os efeitos do filme são ótimos. Assisti em 3D e amei cada detalhe, a fotografia, o figurino, tudo foi cuidadosamente escolhido. A computação gráfica aplicada na hora de criar os bichinhos do mundo de Moor e todo o colorido das fadas é muito bacana.

As três fadinhas

Como falei anteriormente, não me lembro de muito de "A Bela Adormecida", consequentemente, não me recordo muito das três fadinhas. Sim, elas também estão em "Malévola" e são as responsáveis por cuidar de Aurora quando o rei decide afastar a filha de seu mundo.

Confesso que sai do cinema pensativa quanto à função delas no filme. Elas fazem de tudo, menos cuidar de Aurora. A princesa some das vistas delas por diversas vezes no decorrer da história, e as três fadinhas nem sequer saem a sua procura, e não parecem preocupadas em questionar por onde ela andou.

A impressão que eu tive é que as três estão ali apenas para fazer um paralelo com o longa original, pois, na história de 1959, elas tem grande destaque (pelo pouco que me lembro) e quem já assistiu sentiria falta delas se não estivessem presentes no atual.

maleficient2

Além de não fazerem muito sentido neste novo filme, as fadinhas estão feias, mal feitas, tanto quando estão pequenininhas e também quando estão grandes. A maquiagem está exagerada, o figurino parece precário e o tipo de humor que elas tentam fazer simplesmente "não cola".

É um filme para crianças?

Não, "Malévola" não é o filme mais indicado para quem procura um filme para levar o filho ao cinema. Também não vá ao cinema com a expectativa de que o longa será mais um ao estilo "conto de fadas Disney" que você vai sair decepcionado.

Claro que o longa tem o seu lado Disney, de passar uma boa mensagem, de ter uma moral e etc., mas ele foge completamente do clássico em geral.

maleficient1

Como vocês puderam notar, meu desanimo inicial quanto ao filme, desapareceu, sai super empolgada do cinema e querendo muito ter uma Malévola para chamar de fada madrinha!

Ah, só pra constar, "Malévola" é bem melhor do que Alice!

Fonte das imagens: Divulgação/

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Camile Monteiro

Tenho mil anos e não sei quando estou certa ou errada.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.