log in
 

Crítica do filme As Tartarugas Ninja

Santa tartaruga, que decepção!

Thiago Moura

por
Thiago Moura

Terça, 12 Agosto 2014
Fonte da imagem: Divulgação/
amazonprimevideo
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

"As Tartarugas Ninja" é um reboot feito para o público infantil de hoje em dia, principalmente por causa dos bonequinhos, perdão, "action figures". Dirigido por Jonathan Liebesman e produzido pelo explosivo canalha Michael Bay (responsável por arruinar Transformers).

A história já é bem conhecida, mas o filme é sobre quatro tartarugas ninjas mutantes adolescentes que cresceram nos esgotos, criadas pelo Mestre Splinter, um ratão que manja muito de artes marciais, por conta de um livro que caiu nos esgotos. E você achando que ver tutoriais no Youtube não ensinava nada! O objetivo deles é proteger a cidade de Nova York do sinistro Destruidor, um samurai meio robô do mal.

O núcleo "humano" do filme conta com April O'Neil (Megan Fox), uma repórter que está desesperada para achar uma matéria decente e decolar na carreira, porque não tá fácil pra ninguém. Will Arnett (Vernon Fenwick), um câmera que é apaixonado por April, mas não é muito esperto. Eric Sacks (William Fichtner), dono das indústrias Sex Sacks, responsável pela criação das tartarugas, e ainda uma breve aparição de Whoopi Goldberg, como chefe da April.

Nova York está sofrendo ataques de uma gangue chamada "Clã do Pé", que é liderada pelo Destruidor, e April acaba descobrindo as Tartarugas enquanto elas salvam a cidade, e suas histórias acabam se entrelaçando aí. Tudo isso é muito legal, mas as Tartarugas acabam ficando em segundo plano dentro do filme. Temos pouco tempo para conhecer os personagens, então vou falar deles.

tmnt

Leonardo (Pete Ploszek), usa a faxia azul, possuí uma espada katana e é o líder, por isso tenta comandar os outros três, mas quase nunca tem sucesso. Rafael (Alan Ritchson), usa faixa vermelha, possuí duas adagas sai e é o revoltado da equipe, sempre criticando e menosprezando seus irmãos. Porém, ele é extremamente mais forte e resistente que os outros.

Donatelo (Jeremy Howard), usa uma faixa roxa, além de vários apetrechos tecnológicos e um óculos nerd. Ele é o mais inteligente, manja de computadores e cálculos. E, por final, Michelangelo (Noel Fisher), que usa uma faixa laranja e possuí um nunchaku. Ele aparenta ser menor que os outros, mas é engraçadão e tem um skate nas costas. O mais legal é que as personalidades se refletem na aparência das Tartarugas, dando uma graça a mais pros personagens. 

Até as Tartarugas realmente aparecerem, demora uma meia hora, e quando elas aparecem tudo acontece muito rápido, talvez para compensar a enrolação inicial. A motivação dos vilões é muito fraca, muitas coisas que eles fazem não tem o menor sentido. 

O público alvo do filme são as crianças. O diretor Jonathan Liebesman até tentou encaixar referências para os velhos saudosistas, como o famoso grito de guerra "Cowabunga". Mas a maior parte das vezes a referência não tem graça e parece totalmente deslocada do contexto do filme atual.

E a história parece uma fusão de alguns filmes recentes de heróis populares, como Wolverine: Imortal e os últimos Homem-Aranha. Só isso já é o suficiente pra entender que é ruim. 

splinterdestruidor

A trilha sonora foi bem selecionada, acompanhando o ritmo (as vezes frenético) das cenas, o que ajuda a entrar no clima. A cena do elevador, mesmo que breve, é muito divertida! As cenas de ação e briga, que são o que realmente interessam, são muito bem feitas, com destque para o rato Splinter lutando contra o Destruidor.

É uma pena que as cenas de perseguição desenfreada e carros explodindo desnecessariamente tem muito mais espaço do que as lutas. Elas são ninjas, mutantes, adolescentes e tartarugas!!! Deixa elas lutarem, poxa!!!

No geral, "As Tartarugas Ninja" não tem muita graça e parece um episódio de desenho animado estendido pra mais de uma hora, com piadas fracas e atuações medianas. Pra quem tem até uns 12 anos de idade (ou se você não tiver absolutamente nada melhor pra fazer ou assistir) vai ser legal.

Fonte das imagens: Divulgação/
Diretor: Jonathan Liebesman
Duração: 101 min
Estreia: 14 / Ago / 2014

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Thiago Moura

Curto as parada massa.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.