log in
 

Crítica de Heróis da Galáxia: Ratchet e Clank

Dos games para as telonas

Thiago Moura

por
Thiago Moura

Sexta, 06 Maio 2016
Fonte da imagem: Divulgação/Play Arte
Mudar tema Padrão Noturno
Barra lateral X Desativar
Mudar fonte A+ A A-

Mais um fruto da moda cinematográfica de buscar inspiração em qualquer outra mídia para fazer um filme, Heróis da Galáxia: Ratchet e Clank é baseado na franquia de videogame homônima, e se você ou seus filhos já jogaram com certeza vão aproveitar mais. Porém, é bem possível curtir o filme sem saber absolutamente nada a respeito da dupla ou dos jogos, o que é ótimo para uma adaptação dessas.

Ratchet (James Arnold Taylor) é essa estranha criatura da raça Lomax, uma espécie de gato alienígena. Ele é considerado estranho mesmo em um mundo repleto de ets de diferentes raças, já que os Lomax estão praticamente extintos. Isso torna o protagonista único e deslocado, já que não conhece sua família ou o motivo de ser mandado ainda bebê para o planeta em que vive.

Ele trabalha em uma garagem consertando naves espaciais, mas sonha em se tornar um herói, como seus ídolos da Patrulha Galática, um time de super heróis que defendem a galáxia. Ratchet tenta se juntar a Patrulha, mas é recusado e humilhado pelo seu maior ídolo, Capitão Qwark (Jim Ward).

ratchet 250d3

Após isso ele conhece Clank (David Kaye), um robô fugitivo considerado defeituoso, criado pelos vilões da história em uma fábrica de máquinas assassinas com o propósito de destruir a Patrulha. Cabe a Ratchet e Clank se unirem para salvar os heróis e impedir os planos malignos de Chairman Drek (Paul Giamatti), que está insatisfeito com seu mundo superpovoado, e pretende destruir outros planetas para usar os pedaços de cada um para formar um planeta novo e perfeito.

O roteiro é o mais simples possível, um herói deslocado que descobre ser o único capaz de salvar o mundo e toda a jornada que segue a partir daí. É bem aceitável, considerando que o filme é baseado em um jogo e feito para crianças. Então não podemos esperar um desenvolvimento muito grande nesse sentido, o foco está mais na ação, com coisas explodindo e personagens que estão ali apenas para ajudar nisso.

Esse é o tipo de filme que vai divertir as crianças sem que os adultos sofram se tiverem que assistir junto. Você não vai morrer de tédio ou ter que aguentar cantorias infinitas e repetitivas, podendo aproveitar os tão populares elementos de ficção científica maluca e viagens espaciais, naves, robôs e armas extravagantes, inclusive uma capaz de transformar em ovelha quem é atingido. Esses e diversos outros elementos divertidos dos videogames estão presentes.

ratchet 1 d87a4

E se tentarmos ir um pouco além das armas gigantes e explosões, podemos encontrar elementos interessantes na trama. Em determinado momento, passamos a entender a Patrulha Galática como um grupo que “atira primeiro e não faz perguntas”.

Então os personagens que são mais cérebro do que músculo, tipicamente chamados de “nerds”, acabam ficando excluídos e até maltratados, mesmo tendo ótimos planos e desenvolvendo equipamentos para a equipe. Inclusive, esse é o motivo de um dos vilões ter enlouquecido e decidido explodir tudo, para se vingar dos seus antigos companheiros que o menosprezavam. Há ainda uma lição sobre a obsessão e o preço da fama, que fica clara desde que Capitão Qwark aparece pela primeira vez.

Os efeitos sonoros e toda a parte visual não deixam nada a desejar. A transposição dos personagens do videogame para a telona é bem satisfatória, fazendo você desejar que os jogos tivessem essa qualidade gráfica. As dublagens originais contam com atores de peso, como Sylvester Stallone, Paul Giamatti, Rosario Dawson e John Goodman. E a dublagem brasileira mantêm o nível, incluindo piadas focadas na nossa cultura, então “tá tranquilo, tá favorável.”

003 cfcdb

Novamente, Ratchet e Clank tem foco no público infantil, provavelmente os adultos não vejam nenhuma novidade no filme, mas essa é uma opção interessante para as crianças que gostam de aventura e ação, algo mais agitado. O ritmo do filme não vai deixar ninguém entediado e não exagera na violência ou piadas de duplo sentido, sendo bem amigável para as crianças sem subestimar a inteligencia delas.

Fonte das imagens: Divulgação/Play Arte

Heróis da Galáxia: Ratchet & Clank

Confira o trailer deste filme dirigido por Jericca Cleland / Kevin Munroe

Diretor: Jericca Cleland / Kevin Munroe

Estreia: 5 / Mai / 2016

Curtiu esse texto? Então deixe seu comentário e aproveita para compartilhar nas redes sociais!

Thiago Moura

Curto as parada massa.

Comentários

Este é um espaço para discussão. Você pode concordar, discordar ou agregar informações ao conteúdo, mas lembramos que aqui devem prevalecer o respeito e bom senso. O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Nos reservamos o direito de apagar comentários que não estejam em conformidade com nossos Termos de Uso.