log in
euvh 728x90 data fa936

Criadores de ‘Westworld’ comentam novidades da segunda temporada

A segunda temporada de Westworld estreia amanhã, 22 de abril, às 22h no canal HBO. Para deixar os fãs ainda mais ansiosos, os criadores da série, Lisa Joy e Jonathan Nolan, contam um pouco do que vai acontecer na nova temporada e falam sobre alguns pontos em aberto na primeira.

A primeira temporada de Westworld recebeu 22 indicações ao Emmy® e ganhou cinco prêmios. Entre outros reconhecimentos internacionais, o diretor Jonathan Nolan foi indicado aos prêmios DGA (Directors Guild of America) pelo final de temporada, e tanto ele como Lisa Joy foram indicados aos WGA (Writers Guild of America).

Confira o vídeo aqui:

Para quem ainda não teve a oportunidade de assistir, todo o fascinante universo de Westworld está disponível plataforma HBO GO. Para recapitular, é possível também ver esse vídeo-resumo feito pela própri HBO.

Com base no filme escrito por Michael Crichton, Westworld tem produção executiva de Nolan e Joy, juntamente com J.J. Abrams, Athena Wickham, Roberto Patino, Richard Lewis e Ben Stephenson.

Big Little Lies | Violência de gênero não tem preconceito de classe

Preocupação com as aparências, diferentes tipos de opressões, medo de perder certos privilégios financeiros que podem acabar se transformando em muralhas que fecham a mulher em um castelo de abuso, silêncio e solidão. A mais recente minissérie da HBO, "Big Little Lies", tem tudo isso um pouco.

Dirigida por Jean-Marc Vallée ("Livre", "Clube de Compras Dallas") e protagonizada por nomes como Nicole Kidman, Shailene Woodley e Reese Witherspoon, a minissérie retrata a vida na pacata cidadezinha californiana de Monterey, onde famílias do tipo comercial de margarina vivem vidas aparentemente incríveis, com suas casas absurdamente aconchegantes à beira-mar.

biglittlelies3 6a718

No entanto, o que a minissérie retrata é um ambiente tenso e hostil, onde até mesmo brigas e popularidade entre os filhos se reflete nos relacionamentos entre as mães e pais. Sabemos, desde o primeiro episódio, que o desfecho da minissérie será um crime, possivelmente um assassinato. Só não sabemos quem fez o que, quem são as vítimas e quem são os criminosos.

Para chegar até lá, o roteiro intenso e profundo abre as portas das casas das famílias de Madeleine e Ed, Celeste e Perry, Jane e Bonnie e Nathan, nos convida para sentar com eles à mesa de jantar, nos mostra seus conflitos mais íntimos e seus demônios internos.

Lindos por fora, nem tanto por dentro

Big Little Lies mostra o quanto a ânsia por manter as aparências faz com que a vida em determinados universos sociais é construída tendo como base grandes e pequenas mentiras, uma verdadeira encenação.

Uma encenação que acontece em um belo teatro, com trilha sonora de primeira qualidade. As músicas e ambientação sonora da minissérie é excelente, contribui com o andamento do roteiro, tornando as cenas de conflito ainda mais angustiantes. E que cenários, minha gente. Uma casa mais linda do que a outra, uma praia mais maravilhosa do que a outra.

biglittlelies2 3d2be

No entanto, tudo na minissérie conduz para diferentes cenários de opressão. São mulheres fortes e cheias de personalidade, oprimidas por uma sociedade que exige demais delas - que faz com que elas exijam demais uma das outras. O destaque, nesse sentido, vai para a personagem Celeste (Nicole Kidman), que vive uma questão ainda mais difícil que as outras mulheres: é vítima de um relacionamento extremamente abusivo.

E a lição da série nesse sentido e um dos seus grandes méritos é despertar a reflexão no sentido de enxergar de fato um abuso como tal. A gente sabe da importância de se fazer recorte social e de raça na hora de considerar e ponderar cada questão relacionada a gênero. E a gente também sabe que a incidência de casos de violência de gênero é maior nas periferias. Mas isso não significa que ela não aconteça em círculos socialmente privilegiados - e muito menos que esses casos devam ser ignorados.

Mais motivos para assistir

Se a combinação cenários belíssimos, roteiro cativante e trilha sonora de arrepiar não foi o suficiente para convencer você a pegar sua xícara de café, sua pizza e maratonar essa minissérie hoje mesmo, então deixa eu te contar algumas outras coisas sobre "Big Little Lies".

A primeira delas é: pega esse elenco! Já fui mais do que convencida no primeiro nome, o de Nicole Kidman - que, por sinal, está brilhante nessa minissérie, um dos seus melhores papeis da vida, na minha opinião. Mas, além dela, de Reese e de Shailene, existe toda uma longa lista de atores incríveis que, todos, somam muito para o produto final. Adam Scott, Alexander Skarsgård, Zoë Kravitz, Laura Dern e muito mais, compõem esse time maravilindo.

biglittlelies1 c79de

Personagens complexos e bem montados também contam como um excelente motivo para ver a minissérie. Destaque para a intensa Madeleine Mackenzie (Reese) e toda a sua família, que é o verdadeiro retrato de tantas famílias abastadas Estados Unidos afora.

Conflitos entre pais separados, brigas por guarda, disputas de poder diante dos filhos, necessidade de autoafirmação diante do outro cônjuge... Tem de tudo o que você possa imaginar. E tem também a incrível Chloe (Darby Camp), a criança mais sensacional da ficção desde o Jack de “O Quarto de Jack”.

Um misto de “Desperate Housewives” com “Pretty Little Liars” e um toque de “Revenge”, a nova minissérie da HBO é uma das melhores opções de entretenimento que você poderia ver atualmente.

Confere o trailer pra saber um pouco mais, e checa também a galeria de imagens que preparamos para você!

Combo de novidades na Netflix: joinhas, downloads no Windows 10 e séries

Se você adora curtir um programinha em casa regado a vinho, tainha e Netflix, fique ligado na enxurrada de novidades sobre o popular serviço de streaming. 

Quem não gosta, gosta. Quem gosta, curte

Já está funcionando o novo sistema de avaliação de conteúdo da Netflix. Saem as estrelinhas e entram as “curtidas” para classificar os filmes e séries do acervo. Baseado em um sistema similar ao utilizado no Facebook, com “likes” (gostou) e “dislikes” (não gostou), a ferramenta resultará em um refinamento das recomendações apresentadas ao utilizador.

Agora, utilizando os dados das suas avaliações (likes e dislikes), o sistema apresentará uma porcentagem o lado do título em questão, indicando o quão relevante ele é para o seu gosto. Vale lembrar que essa porcentagem, a exemplo do antigo sistema com estrelas, não representa uma classificação qualitativa ou de popularidade do filme ou seriado, trata-se apenas de quão relevante ele é para o seu gosto, ou seja, se você quer ver mais coisas parecidas com esse produto ou não.

Resumindo, se você gostou de algo de uma “curtida” (polegar para cima) e o algoritmo recomendará outros títulos parecidos. Não gostou, manda um “não curti”  (polegar para baixo) que o sistema parará de recomendar programas com temas similares.

Tá liberado

O recurso “Download & Go” já está disponível para computadores com Windows 10. Os assinantes da Netflix que utilizavam o aplicativo para celular já contavam com a funcionalidade desde o ano passado, agora, a função que permite o download de conteúdo para visualização offline finalmente chega aos computadores.

Assim como na versão para celulares, o “Download & Go” não abrange todo o catálogo da Netflix. Para saber se o conteúdo desejado está disponível ou não basta procurar pelo botão de “Baixar”, que é exibido junto com a aba da sinopse. Além disso, você também pode conferir o menu lateral, na opção “Disponível para Download”, que lista todos os filmes e seriados disponíveis para download. 

Vale lembrar que os títulos baixados têm uma “validade” de 30 dias. Após o prazo, o utilizador precisará baixá-los novamente. Todos seus downloads ficam organizados no menu “Meus Downloads”, que pode ser acessado apenas pelo player do app da Netflix. O aplicativo da Netflix é compatível com sistema Windows 10 e ocupa cerca de 10,4 MB.

Acho pouco, então toma!

A Netflix segue investindo alto na produção de conteúdo próprio. A empresa acabou de confirmar o lançamento de 28 séries originais ao longo de 2017. Entre novos títulos e novas temporadas de programas antigos, serão mais de mil horas de programação original, sendo que a conta não inclui os filmes e programas infantis.

Dá uma conferida no que vem por ai:

  • The Get Down (parte 2 da 1ª temporada - 7 de abril)
  • Mystery Science Theater (Retorno  - 14 de abril)
  • Bill Nye Saves The World (estréia - 21 de abril)
  • Girlboss (estréia - 21 de abril)
  • Tales by Light (2ª temporada - 21 de abril)
  • Las Chicas del Cable (estréia - 28 de abril)
  • Dear White People (estréia - 28 de abril)
  • Sense8 (2ª temporada - 5 de maio)
  • Master of None (2ª temporada - 12 de maio)
  • Anne (estréia - 12 de maio)
  • Unbreakable Kimmy Schmidt (3ª temporada - 19 de maio)
  • House of Cards (5ª temporada - 30 de maio)
  • Orange is The New Black (5ª temporada - 9 de junho)
  • Glow (estréia - 23 de junho)
  • Midhunter (estréia - 19 de outubro)
  • Atypical (estréia)
  • Castlevania (estréia)
  • Dark (estréia)
  • Disjointed (estréia)
  • Friends From College (estréia)
  • Gypsy (estréia)
  • Kiss Me First (estréia)
  • Lady Dynamite (2ª temporada)
  • Queer Eye For The Straight Guy (retorno)
  • Real Rob (2ª temporada)
  • Stranger Things (2ª temporada)
  • Watership Down
  • Wet Hot American Summer: Ten Years Later (retorno)

Laerte-se por ai

Por falar em conteúdo original da Netflix, a empresa acaba de divulgar a data de lançamento do primeiro documentário produzido pela empresa no Brasil; Laerte-se. Dirigido por Lygia Barbosa da Silva e Eliane Brum, o filme descrito como "uma jornada introspectiva por dentro da mente de uma das personalidades mais criativas" lança olhar sobre a vida de Laerte Coutinho e deve estrear dia 19 de maio. 

Laerte-se

O filme investiga a visão do mundo feminino na intimidade do cotidiano da cartunista transsexual. Quando Laerte se pergunta se deve ou não fazer um implante de seios uma série de questões vem a tona sobre o que é realmente ser mulher. Laerte-se é uma produção da Tru3Lab para a Netflix.

Criador de "Trainspotting" fará série sobre a cultura das raves

Para os fãs da saga Trainspotting que saíram do cinema com gostinho de quero mais após verem o segundo filme, T2 - Trainspotting - , o criador e roteirista da obra, Irvine Welsh, irá ingressar em um novo projeto, uma série de TV. 

Ao lado do premiado roteirista Dean Cavanagh, a série “Ibiza87”, como vai ser chamada, vai contar a história do surgimento da acid house e sobre a cultura das raves nos anos oitenta. 

A trama vai percorrer as carreiras dos DJs Nicky Holloway, Paul Oakenfold e Danny Rampling depois que viajaram para Ibiza, uma das ilhas do arquipélago de Baleares e onde a cultura do acid house tornou-se popular. “Como vocês sabem, isso coincide com o aniversário de 30 anos da nossa viagem a Ibiza e o que aconteceu depois daquilo, o nascimento dos clubs de dance music e a cena de festivais como conhecemos hoje”, declarou Paul Oakenfold em comunicado à imprensa.

Além de contar toda história dos três músicos no período do “Segundo verão do amor”, em referência à cultura hippie que eclodiu no final dos anos 60 em São Francisco, Estados Unidos, eles serão responsáveis pela trilha sonora da série.

O seriado ainda não tem data de lançamento.

serieibiza873 5ffd9

Netflix libera download de filmes e séries no Android e iOS [vídeo]

Parece que nossas preces foram atendidas. A Netflix liberou hoje uma nova funcionalidade para seus consumidores que adoram ver filmes e séries, mas não podem permanecer conectados online.

É isso mesmo, a partir de hoje (30 de novembro de 2016) você pode levar a Netflix pra qualquer lugar! Agora, você pode baixar seus filmes e séries favoritas no seu smartphone ou tablet para assistir off-line.

Para começar a fazer seus downloads, basta atualizar o app da Netflix para a versão mais recente. Essa nova funcionalidade está liberada nos sistemas Android e iOS (portanto não funciona no Windows ou no site). Para baixar conteúdo da Netflix, você precisará de:

  • Android 4.4.2 ou superior
  • iOS 8.0 ou superior
  • Conexão com a Internet
  • A versão mais recente do aplicativo Netflix

É bom notar que o download e a transmissão consomem quantidades semelhantes de dados, então é recomendado baixar conteúdos quando conectado a redes WiFi. E aí, já está preparando o cartão de memória? Que filmes e séries você vai baixar para fazer maratona?

Westworld: Novo trailer da série nos coloca em dúvida sobre o que é real

Entre o futuro próximo e um passado reimaginado, qualquer desejo humano pode ser saciado. Essa é a razão de existência do universo de Westworld, o parque temático onde todas as vontades são realizadas sem que saibamos o custo dessas ambições.

Nós já havíamos noticiado anteriormente sobre esta nova série da HBO, que é baseada no filme de 1973 de mesmo nome e foi criada por ninguém menos do que Jonathan Nolan (roteirista de Interestelar) e Lisa Joy Nolan.

Todavia, o novo trailer revela algumas contradições na história desse universo hedonista, com personagens androides que decidem lutar pela própria liberdade e mostrando que a satisfação humana existe as custas de muito sofrimento.

E tendo no elenco estrelas como Anthony Hopkins, Evan Rachel Wood, Ed Harris, Ben Barnes e Rodrigo Santoro, fica difícil conter a ansiedade para mais uma produção que deve deixar todos de queixo caído.

Anota na agenda: Westworld tem previsão de estreia para o dia 2 de outubro de 2016.

Criador de Star Trek: Discovery fala do elenco, da história e da nave [vídeo]

Ainda falta alguns meses até a estreia de “Star Trek: Discovery”, mas é claro que a equipe por trás desta brilhante série não deixaria os fãs arrancando os cabelos até a data de lançamento.

Primeiramente, a NBC divulgou um teaser mostrando um teste de voo da nave Discovery (de numeração NCC-1031). O vídeo não dá detalhes sobre a nave, mas já mostra um pouco da parte externa — ainda que alguns ajustes ainda possam ser feitos até essa monstra sair em suas viagens espaciais.

Veja o teaser:

Nesta semana, Bryan Fuller, criador e produtor da série, soltou algumas dicas durante uma entrevista para antecipar um pouco do rumo dessa nova história.

Confira revelações interplanetárias:

  • A história se passa 10 anos antes da série Star Trek: The Original Series (TOS);
  • A personagem principal é uma mulher, mas não uma capitã;
  • A primeira temporada terá 13 episódios (alguns isolados, outros como parte da história);
  • O elenco será divulgado em breve;
  • A tripulação será bem diversificada e teremos muitos aliens novos;
  • Haverá um personagem gay;
  • Teremos robôs na série Discovery;
  • Na trama principal, veremos um incidente (um evento) na história da Frota Estelar que já foi comentado em outras séries, mas nunca foi totalmente explorado;
  • O design da Discovery ainda não foi finalizado, mas há elementos do ilustrador Ralph McQuarrie (de Star Trek: Phase II), ideias de carros (Lamborghinis e veículos do James Bond) da década de 1970;
  • A mãe de Spock, Amanda Grayson, pode aparecer na série, apesar de não ser uma personagem central;
    Talvez Discovey traga alguns personagens para conectar com a série original (TOS);

Só lembrando que a série Star Trek: Discovery estreia em janeiro de 2017 na CBS e no Netflix.

HBO aposta nas séries brasileiras e lança "A Vida Secreta dos Casais"

A HBO está mesmo acreditando no mercado latino-americano. Uma das redes mais aclamadas do mundo e conhecida por produções milionárias como a franquia "Game of Thrones", a gigante tem como nova aposta no Brasil uma série exclusiva para as terras canarinho. Trata-se de "A Vida Secreta dos Casais", uma produção original de ficção que a HBO promete trazer suspense, toques de humor e sensualidade. 

Para isso, a HBO escolheu um grupo bem brasileiro. Criada por Bruna Lombardi (que também protagoniza a trama), dirigida por Kim Riccelli e assinada por Carlos Alberto Riccelli, "A Vida Secreta dos Casais" será composta por 10 episódios de uma hora de duração, com produção de Luis F. Peraza, Roberto Rios e Maria Angela de Jesus.

Filmada em diferentes locações da cidade de São Paulo, "A Vida Secreta dos Casais", retratará o que está por trás das aparências nas relações interpessoais - sexuais, sociais e até mesmo políticas.

avidasecretadoscasais1 f1732

Sofia (Bruna Lombardi) é sexóloga e terapeuta. Possui uma carreira bem-sucedida e é dona de um instituto de terapias alternativas. A trama gira em torno da sua relação com um paciente, quando passa a ser investigada e precisa se proteger de uma série de ataques, ao mesmo tempo que tenta manter seus segredos enquanto luta para desvendar um grande mistério.

Este ano, a HBO duplicou o número de horas nas produções originais latino-americanas em exibição. Em paralelo à nova série brasileira, também está desenvolvendo diferentes projetos na América Latina. "Estamos sempre buscando histórias instigantes e originais, que é justamente a proposta de 'A Vida Secreta dos Casais'. Além disso, estamos ampliando a produção em toda região, e esta nova série original é parte importante da estratégia.", comentou o Vice Presidente Corporativo de Produções Originais da HBO Latin America, Roberto Rios.

Em paralelo à nova série brasileira, a HBO também está desenvolvendo a série “O Jardim de Bronze”, na Argentina, e o programa semanal “Chumel con Chumel Torres”, no México. Desde 2004, a HBO Latin America  já produziu diversos documentários, séries e programas especiais na região, como "Deus Inc"., "O Hipnotizador", "Magnífica 70", "Psi", "O Negócio", "Sr. Ávila, Prófugos", "Alice", "Capadócia, "Filhos do Carnaval", "Mandrake" e "Epitáfios", algumas muito bem recebidas pelo público brasileiro. 

O2 Filmes lança hoje o DVD “Terceiro Sinal”

A diretora Sandra Delgado e a produtora O2 Filmes apresentam hoje o DVD da série documental “Terceiro Sinal”. Com evento na Livraria da Travessa, no Rio de Janeiro, a apresentação deve contar com a presença da diretora e da equipe de produção.

“Terceiro Sinal” retrata o processo criativo dos maiores nomes da encenação brasileira, entre eles Aderbal Freire-Filho, José Celso Martinez Corrêa, Domingos Oliveira e Amir Haddad, com a proposta de levar o espectador a uma viagem ao interior do teatro, explorando os bastidores, percorrendo as salas de ensaios, os camarins, as coxias e o palco, destacando principalmente a figura do Diretor Teatral. 

Para mergulher nesse universo, Sandra Delgado decidiu trabalhar sozinha e utilizar uma câmera leve, na mão, e um som direto na lapela plugado nos diretores. Presença constante nos ensaios, a diretora tornou-se uma espécie de “olho do grupo”, com o objetivo de criar uma íntima e despojada – por isso, é também a diretora de fotografia e som direto da produção.

Terceiro Sinal2 5c74f

Uma co-produção de Maria Dafé, O2 Filmes e GNT, a série tem quatro episódios com duração de 48 minutos cada, que expressam o universo particular de cada diretor e do seu processo criativo, tendo cada episódio singularidades na montagem e no estilo.

Além do DVD, a série Terceiro Sinal também está disponível no GNT Play.

Veja a sinopse e mais informações sobre cada capítulo:

Episódio 1 - Terceiro Sinal com Aderbal Freire Filho

O diretor Aderbal Freire-Filho, artista premiado, com mais de 80 espetáculos encenados, ensaiou a peça “Hamlet” de William Shakespeare, com o ator Wagner Moura no papel-título, de fevereiro a junho de 2008, no Galpão do Solar, no Rio de Janeiro, com estreia no Teatro Faap, em São Paulo.

Episódio 2 - Terceiro Sinal com José Celso Martinez Corrêa

O diretor Zé Celso, um dos artistas mais importantes do teatro brasileiro e fundador do Teatro Oficina, ensaiou sua peça “Estrela Brazyleira a Vagar - Cacilda!!”, a segunda parte da tetralogia sobre a atriz Cacilda Becker, no Teatro Oficina, em São Paulo, de julho a setembro de 2009.

Terceiro Sinal1 77e97

Episódio 3 - Terceiro Sinal com Domingos Oliveira

O diretor, dramaturgo e ator Domingos Oliveira, que possui mais de 150 títulos estreados na TV, teatro e cinema, ensaiou a sua peça “Do Fundo do Lago Escuro”, que narra um episódio da sua infância, de fevereiro a maio de 2010, no Teatro das Artes, no Rio de Janeiro.

Episódio 4 - Terceiro Sinal com Amir Haddad

O diretor Amir Haddad, mestre do teatro brasileiro e fundador do grupo de teatro Tá na Rua, ensaiou a peça “As Meninas”, escrita por Maitê Proença e Luiz Carlos Góes, de maio a julho de 2009, no Teatro da Pequena Cruzada, no Rio de Janeiro.

 Serviço:

Lançamento DVD Terceiro Sinal 

Data: 27/07/2016 - às 19h

Local: Livraria da Travessa – Shopping Leblon piso 2

Endereço: Av. Afrânio de Mello Franco, 290 – Leblon

Tel: (21) 3138.9595

 

Ficha Técnica:

DIREÇÃO, FOTOGRAFIA E SOM DIRETO – Sandra Delgado

ROTEIRO – Sandra Delgado e Isabel Castro

MONTAGEM – Isabel Castro

DIRETORES – Aderbal Freire-Filho; José Celso Martinez Corrêa; Domingos Oliveira; Amir Haddad

TRILHA SONORA de abertura – Rodrigo Amarante (Episódio 1 - Terceiro Sinal com Aderbal Freire-Filho)

PRODUÇÃO – Sandra Delgado e Bel Berlinck

PRODUÇÃO EXECUTIVA – Marcia Vinci

CO-PRODUÇÃO – Maria Dafé + O2 Filmes + GNT 

IDEALIZAÇÃO – Sandra Delgado

REALIZAÇÃO – Maria Dafé produções artísticas

Westworld: série com Anthony Hopkins e Rodrigo Santoro ganha trailer legendado

A HBO liberou o trailer legendado de "Westworld", uma adaptação à TV do filme de 1973, que é assinada por Jonathan Nolan — que, para quem não sabe, é o responsável pelos roteiros de diversos filmes de seu irmão Christopher Nolar, como "Interestelar" — e produzida por J.J. Abrams, responsável por diversas obras de ficção, como "Star Wars: O Despertar da Força."

"Westworld" é uma odisseia sombria sobre o surgimento da consciência artificial e da evolução do pecado. Ambientada na interseção de um futuro próximo e um passado reimaginado, explora um mundo em que qualquer desejo humano, não importando se nobre ou depravado, pode ser saciado.

A trama do filme original acompanha dois homens em um parque de diversões para adultos, Westworld, que são atormentados por um robô pistoleiro que começa a desrespeitar a programação dos androides personagens do parque.

gallery 1439160573 james marsden evan rachel wood westworld 51b2a

O elenco da série da HBO conta com nomes de peso como Rodrigo Santoro e Anthony Hopkins, que vive o Dr. Robert Ford; um brilhante, reservado e complicado diretor criativo, programador-chefe e presidente de Westworld.

A série terá 10 episódios com uma hora de duração cada. A estreia é prevista para outubro deste ano.