log in
euvh 728x90 data fa936

Looke e SBT lançam campanha de incentivo a doação de sangue

O SBT (canal de televisão aberta) e o Looke (serviço de vídeo sob demanda) se união para uma boa causa. A  dupla se juntou para o lançamento da campanha "Tela Sem Sangue" que pretende promover a doação de sangue. A iniciativa proposta pela agencia WMcCann, removeu temporariamente os filmes mais "sangrentos" do catálogo do Looke e conforme os níveis dos estoques de sangue no Brasil aumentarem, os títulos retornarão gradativamente à programação normal.

Ao todo são cinco metas a serem alcançadas, sendo que a cada nível uma leva de título é reintegrada ao sistema. Ao final da campanha, os espectadores do SBT também poderão conferir o filme "A Morte Convida Para Dançar". O hotsite SBT do Bem  mosta como estão as metas e quais filmes serão liberados, além de trazer um mapa com os postos de doação de sangue espalhados pelo Brasil.

3ª Temporada de Guardiões da Galáxia estreia na Disney XD neste sábado

O escandaloso time de super-herois traz de volta muita ação na tela do Disney XD a partir deste sábado (14).  A terceira temporada da série Guardiões da Galáxia - Missão: Fuga! estreia às 9h e terá novos episódios a cada semana.

Nesta nova fase, os guardiões desfrutam da fama e fortuna após terem prendido Thanos, mas em breve voltarão os problemas porque Collector criou uma armadilha para pegá-los. Eles viajarão para novos universos, organizarão o golpe máximo dentro do Nova Corps e farão surgir a tão esperada invasão secreta.

Guardiões da Galáxia é uma produção da Marvel Animation. A equipe premiada da série inclui Cort Lane (Homem-Aranha Supremo, Disney XD) e Harrison Wilcox (Os Vingadores Unidos e o Homem-Aranha Supremo, Disney XD).

Anarquismo é tema de documentário inédito que estreia no Curta!

A origem, os ideais, os personagens e os desdobramentos de um dos principais movimentos sociais dos últimos dois séculos estão em destaque em “História do Anarquismo: sem deuses, sem mestres”, documentário inédito no Brasil que estreia com exclusividade na Sexta da Sociedade, 13, às 23h.

A partir de depoimentos de especialistas e materiais de arquivo nunca antes exibidos, a produção destrincha a ideologia política que defende ausência total de qualquer forma de hierarquia e dominação.  “História do Anarquismo” será apresentada em duas partes e faz parte do pacote de conteúdos adquirido pelo Curta! do Arte France, tradicional canal público franco-alemão.

Também na Sexta da Sociedade, 13, só que mais cedo, às 20h30, estreia na programação o documentário “Bahia de todos os santos”, de Maurice Capovilla. O filme surgiu a partir do livro homônimo de Jorge Amado, obra que retrata a Bahia e seus personagens em todas as suas nuances: do esplendor ao caos.

bahia ccaa7

Para tentar transpor em imagens esse cenário com a mesma intensidade, Maurice trouxe figuras baianas célebres e outras inusitadas, desde Gilberto Gil até o carnavalesco que anunciou o próprio suicídio em protesto contra o corte de verba do governo para seu carro alegórico. No livro “Maurice Capovilla - A imagem crítica”, o diretor relembra a reação de Jorge Amado ao ver seu filme: “Pronto, você refez meu livro! ”.

Cotidiano e política

Na Quarta de Cinema, 11, às 21h, o episódio inédito da série “A Linguagem do Cinema” traz a trajetória e olhar da cineasta Lúcia Murat, vencedora do prêmio de melhor direção no Festival do Rio de 2017 por seu longa “Praça Paris". Em seus filmes, Lúcia Murat registra as memórias e as lutas de sua geração, reprimida pela Ditadura Militar, e trata de questões políticas do Brasil e da América Latina. 

Em “A Longa Viagem” (2011), por exemplo, filme vencedor do Festival de Gramado, eleito pelo júri, público e crítica, Lúcia Murat parte das memórias de sua juventude e a de seus dois irmãos na década de 1960 para abordar a questão da mulher na sociedade.

Dirigida por Geraldo Sarno, “A Linguagem do Cinema” é uma coletânea de dez títulos que investiga o processo criativo de importantes realizadores e técnicos do cinema nacional, incluindo Cacá Diegues, Rosemberg Cariry Eryk Rocha, Cao Guimarães, Luiz Carlos Barreto, entre outros.

linguagem 64d27

Ainda na Quarta de Cinema, só que mais cedo, às 20h, a faixa “A Vida é Curta!” apresenta uma dobradinha sinistra de filmes em que forças ocultas dominam a tela. Para começar, estreia “O Duplo”, obra de Juliana Rojas que recebeu, entre outros prêmios, menção especial no Festival de Cannes em 2012.

No curta, Silvia é uma jovem professora que tem sua aula interrompida quando os alunos veem seu duplo pela janela. Ela tenta ignorar a aparição, mas o evento perturbador passa a impregnar seu cotidiano e alterar sua personalidade.

“O Duplo” é baseado no mito nórdico do Doppelgänger, um ser fantástico que tem o dom de representar uma cópia idêntica a uma pessoa que ele escolhe ou que passa a acompanhar, assumindo o negativo da pessoa para tentar exercer sobre a mesma uma influência nefasta.

Depois, é a vez de “Vinil Verde”, de Kleber Mendonça Filho. Na história, uma mãe dá à filha uma caixa com discos coloridos. O único que ela não consegue escutar é o verde.

vinil verde ae385

A psicanalista Elisabeth Roudinesco fala sobre rebeldia e loucura no episódio inédito da série exclusiva “Pensamento Contemporâneo”, na quarta-feira, 11, às 19h30. Em “Pensamento Rebelde e Loucura”, o diretor Hermes Leal apresenta depoimentos de Roudinesco, do músico Fernando Chuí e do psiquiatra Hamer Palhares sobre seus respectivos estudos sobre os chamados "loucos e marginais", criticando a sociedade de controle e vigilância.

O episódio parte da experiência dos anos 1960, que levou à invenção de uma cultura de libertação estética e moral em diferentes dimensões, tendo a experiência lisérgica como uma delas, sob o ponto de vista das ideias dos filósofos Michel Foucault e Gilles Deleuze.

Segunda da Música

A originalidade da guitarra brasileira é investigada e revelada no documentário musical “Sotaque Elétrico”, destaque da Segunda da Música, 9, às 20h30.

Com pesquisa do músico e jornalista Leandro Souto Maior, o filme mostra como os ritmos nacionais influenciaram o estilo da guitarra elétrica brasileira nos mais diversos gêneros musicais, desde o pau elétrico de Dodô e Osmar - primeiro instrumento elétrico de corpo maciço fabricado no Brasil - até o som do guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, da Megadeth, uma das mais importantes bandas de heavy metal de todos os tempos.

sotaqueeletrico 0b88c

Dirigido por Caio Jobim e Pablo Francischelli e produzido pela Doblechapa Cinematografia, “Sotaque Elétrico” registra ainda um número musical concebido especialmente para o filme: uma versão instrumental da música "Meu maracatu pesa uma tonelada", apresentada pelo trio Lúcio Maia (guitarra), Dengue (baixo) e Pupillo (bateria), do Nação Zumbi. O filme foi selecionado pelos festivais "In-Edit Brasil" e “Mimo” e teve financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual (PRODAV 01/2013), da ANCINE.

Terça das Artes

Na Terça das Artes, 10, às 22h, o documentário “Tudo é projeto” revela a vida e a obra de um dos arquitetos mais respeitados do Brasil e do mundo, Paulo Mendes da Rocha. O longa-metragem parte do olhar e das entrevistas da filha, Joana Mendes da Rocha, que divide a direção do longa-metragem com Patricia Rubano, para apresentar as ideias e as opiniões, por vezes consideradas polêmicas, sobre urbanidade, natureza, humanidade, arte e técnica do profissional de quase 90 anos de idade.

“Tudo é projeto” ganhou exibições em alguns dos principais festivais de cinema do Brasil e da Europa. O filme foi produzido com exclusividade para o Curta! pela Olé Produções com o apoio da CASA DA ARQUITECTURA, coprodução da Opa! e financiamento pelo Fundo Setorial do Audiovisual (PRODAV 06/2013).

Quinta do Pensamento

Na Quinta do Pensamento, 12, às 22h40, o documentário “Quanto tempo o tempo tem” investiga as diferentes relações que as sociedades estabelecem com o tempo. A cineasta Adriana Dutra parte dos próprios conflitos para analisar as principais linhas da consciência humana sobre o assunto.

quantotempok c0ba1

Personalidades como a escritora e poeta Nélida Piñon, os jornalistas Arthur Dapieve e Arnaldo Jabor, a monja Coen Sensei, o sociólogo italiano Domenico De Masi, o filósofo francês André Comte-Sponville, e o físico, astrônomo e professor Marcelo Gleiser participam do longa-metragem e promovem uma reflexão sobre o tempo a partir de análises e comentários. O cineasta Walter Carvalho assina a fotografia de “Quanto tempo o tempo tem” ao lado de Bacco Andrade.

m cafe 5407e

O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET, 56 na Claro TV, 76 na Oi TV e como opcional à la carte na Vivo e GVT nos canais 664 (fibra), 132 (DTH - antiga GVT) e 552 (DTH - Vivo). Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurta, , twitter.com/CanalCurta e www.youtube.com/user/canalcurta

 

Megapix terá especial "Expedição" para aventureiros no dia 24/03

No embalo de "Tomb Raider: A Origem", o canal Megapixe prepara um especial para os aventureiros de plantão. Com o nome de “Expedição Megapix”, a programação do canal vai reunir quatro filmes repletos de adrenalina, emoção e ação neste sábado, dia 24 de março, a partir das 17:35.

Para começar bem o rolê, o filme "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal" abre a maratona. A continuação da famosa saga nos leva para um período durante a Guerra Fria, quando Jones e Mutt Williams estão em busca da Caveira de Cristal, um objeto místico super valioso. Mas os soviéticos também querem o objeto para tentar dominar o mundo.

Um pouco mais tarde, às 19:55, vai ao ar "Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo". A história conta que o jovem Dastan foi adotado e se tornou o Príncipe da Pérsia. Ao encontrar uma misteriosa adaga, ele guarda o objeto, sem saber que tem o poder fazê-lo de viajar no tempo.

kingkong1 a5a56

A adrenalina fica a mil no fim da noite, às 22:00, quando entra em cena o filme "King Kong". O roteiro conta a história do cineasta Carl Denham que,  ao rodar seu novo filme na Ilha da Caveira junto com sua equipe, encontra um macaco gigante conhecido como Kong. Eles então têm uma ideia brilhante de levar o primata para Nova York e aí a cidade inteira corre perigo.

Para finalizar, já na madrugada, o filme "127 Horas" estreia à 1:20. O filme conta que, em maio de 2003, Aron fazia mais uma escalada nas montanhas de Utah, Estados Unidos, quando um acidente fez seu braço ficar completamente preso em um buraco. A luta pela sobrevivência durante mais de 127 horas, cinco dias, foi marcada por momentos de muita tensão.

Fevereiro tem Sinal Aberto da Rede Telecine

Em fevereiro (em fevereiro). Tem carnaval (tem carnaval)! E se você não tem um fusca e um violão não precisa ficar chateado, porque de 23 de fevereiro a 4 de março tem Sinal Aberto da Telecine. Para rebater aquela ressaca da folia, a Rede Telecine vai dar uma aliviada para toda a base de assinantes de TV paga, que poderão assistir grandes estréias, sucessos de bilheteria e clássicos disponíveis no catálogo dos seus canais da rede Telecine, sem contar os especiais do Telecine Play. 

E já no primeiro dia de sinal aberto, no sábado 24 de fevereiro, tem Superestreia no Telecine Premium, o sucesso nacional Polícia Federal: A Lei É Para Todos; o filme brasileiro mais visto em 2017. Enquanto isso, na faixa das 22h, os outros canis da rede contam com títulos de peso como Logan, Assassin's Creed, Cinquenta Tons Mais Escuros, Como Eu Era Antes de Você e Pets: A Vida Secreta dos Bichos.

Já no dia 25, o destaque fica por conta do Telecine Cult que apresenta uma coletânea de "novos clássicos" de ação da década de 80: Matador de Aluguel, Duro de Matar, Mestres do Universo, Conan, O Bárbaro (1982), O Exterminador do Futuro e Robocop - O Policial do Futuro (1987).

Para os assinantes, na Quarta-feira de Cinzas o carnaval já acabou, mas a festa segue quente com maratornas especiais nos canais Telecine Action, Telecine Touch e Telecine Cult. No Action a comissão de frente fica por conta do lendário Indiana Jones (Harrison Ford) com os quatro filmes da franquia do arqueólogo. O mestre-sala e porta-bandeira desfilam no Telecine Touch com uma homenagem aos 10 anos da Saga Crepúsculo, com vampiros, romance e casamento no Rio de Janeiro. E no Telecine Cult temos o samba-enredo do mestre Billy Wilder em quatro grandes clássicos do cinema: Sabrina (1954), Se Meu Apartamento Falasse, Quanto Mais Quente Melhor e Testemunha de Acusação.

Por sinal, a sessão Superestreia do Telecine Premium está sambando na telinha. No primeiro sábado de mês tem o eletrizante, e surpreendente, Fragmentado do diretor indiano M. Night Shyamalan (o mesmo de Sexto Sentido e Corpo Fechado). Na semana seguinte, dia 10, é a vez da animação O Poderoso Chefinho, que concorre ao Oscar 2018 de melhor animação. No penúltimo sabado do mês é a vez de Scarlett Johansson brilhar na ficção científica A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell, adaptação estadunidense do anome/mangá cyberpunk de Masamune Shirow. 

 

Saiba mais sobre os filmes em destaque e confira as críticas do Café com Filme:

Critica do filme Polícia Federal: A Lei É Para Todos

Crítica do filme Logan

Crítica do filme Assassin's Creed

Crítica do filme Cinquenta Tons Mais Escuros

Crítica do filme Como Eu Era Antes de Você

Crítica do filme Pets: A Vida Secreta dos Bichos

Critica do filme Fragmentado

Critica do filme A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell

Documentário sobre Lygia Fagundes Telles estreia com produção da TV Cultura

Estreia nesta quinta-feira (23/11) nos cinemas do Brasil o documentário inédito Lygia, Uma Escritora Brasileira, produzido pela TV Cultura. Com depoimentos de personagens que marcaram a história da escritora - como Jô Soares, Tati Bernardi e Ignácio de Loyola Brandão - e utilizando o vasto material do acervo da emissora, o filme leva ao telespectador características pouco conhecidas da autora, além de evidenciar a contemporaneidade de sua obra.

Para desenhar a trajetória de Lygia, o documentário parte da seguinte premissa: o que faz com que uma escritora com mais de 80 anos de atividade literária ainda seja contemporânea? Como suas obras estabelecem um diálogo com jovens gerações de blogueiros e ativistas ao mesmo tempo em que mergulham em uma São Paulo que já não existe mais? Estes conceitos embasam o filme que, sem esquecer dos momentos mais importantes da vida da autora, revela também suas facetas até então pouco conhecidas.

Para compor a narrativa, amigos e familiares dão seus depoimentos sobre a escritora. São entrevistados nomes como Tati Bernardi (escritora), Paulo Werneck (jornalista), Jô Soares (apresentador), José Renato Nalini (Secretário da Educação do Estado de São Paulo), Jorge da Cunha Lima (escritor), Paulo Bomfim (poeta), Manuel da Costa Pinto (crítico literário), Anna Maria Martins (escritora), Ignácio de Loyola Brandão (escritor), Jayme da Silva Telles (ex-cunhado de Lygia) e José Fernando Martins (amigo de Lygia).

Também aparecem no longa Anna Verônica Mautner (psicanalista), Marcelino Freire (escritor), Walnice Nogueira Galvão (crítica literária), Isabella Lubrano (jornalista e blogueira), Maria Adelaide Amaral (dramaturga), Daniela Glamour Garcia (atriz), Lucia Telles (neta de Lygia) e Margarida Gorecki Zanelato (neta de Lygia). Além deles, a atriz Guta Ruiz recita alguns textos da autora ao longo do documentário.

Lygia, Uma Escritora Brasileira tem direção de Helio Goldsztejn e foi produzido pela equipe da TV Cultura que, nos últimos anos, levou ao público documentários como "Henry Sobel", "Luz e Sombras de um Rabino", "Tomie Ohtake" e "Carta aos Brasileiros - Goffredo da Silva Telles Junior".

Peter Dinklage e Jamie Dornan protagonizarão “My Dinner with Hervé”

A mais nova produção da HBO Films será estrelada por ninguém menos do que o adorado Tyrion, de Game of Trones. Ao lado do Mr. Gray, da franquia "Cinquenta Tons de Cinza", Peter Dinklage viverá o ator Hervé Villechaize, na produção “My Dinner with Hervé”.

Inspirada em uma história real, "My Dinner With Hervé" conta a improvável amizade que nasceu entre o jornalista Danny Tate (Dornan) e o famoso ator anão francês Hervé Villechaize (Dinklage), que começa com um pedido de entrevista e termina em uma noite de loucuras em Los Angeles. O encontro terá consequências que mudará a vida dos dois.

mydinnerwith 57da8

O filme será produzido pela HBO Films, com base na história escrita por Sacha Gervasi (O Terminal, Hitchcock) e Sean Macaulay (Voando Alto), e conta com direção de Gervasi.

Dinklage e Gervasi também atuam como produtores executivos, ao lado de Steven Zaillian (The Night Of, da HBO), e os coprodutores executivos são Richard Middleton, Ross Katz, Jessica de Rothschild, Garrett Basch e David Ginsberg.

My Dinner with Hervé é um filme original da HBO e entra na programação do canal no dia 24 de novembro, às 22h.

Trailer fantástico traz novos detalhes de Star Trek: Discovery

A nova jornada ainda está cercada de mistérios, mas graças ao primeiro trailer oficial de Star Trek: Discovery, podemos dar uma olhadinha no que teremos pelo caminho. O destaque fica por conta da Primeira Oficial Michael Burnham, a protagonista da série, vivida por Sonequa Martin-Green (The Walking Dead).

Ambientada dez anos antes da história de Kirk, Spock e a tripulação da série original, Star Trek: Discovery conta com um elenco de respeito, que inclui Doug Jones (O Labirinto do Fauno), Anthony Rapp (Uma Mente Brilhante), James Frain (TRON: O Legado), Michelle Yeoh (O Tigre e o Dragão: A Espada do Destino), Rainn Wilson (Super) e Jason Isaacs (Harry Potter).

A produção ainda não tem uma data certa de estreia, mas está prevista para a temporada que começa lá por setembro e outubro, a chamada fall season da televisão estadunidense. Por sinal, a CBS parece estar confiante com o retorno de Star Trek e incrementou o pedido para a temporada, que passou de 13 para 15 episódios.

Star Trek: Discovery será disponibilizada pela CBS All Access e Netflix.

Combo de novidades na Netflix: joinhas, downloads no Windows 10 e séries

Se você adora curtir um programinha em casa regado a vinho, tainha e Netflix, fique ligado na enxurrada de novidades sobre o popular serviço de streaming. 

Quem não gosta, gosta. Quem gosta, curte

Já está funcionando o novo sistema de avaliação de conteúdo da Netflix. Saem as estrelinhas e entram as “curtidas” para classificar os filmes e séries do acervo. Baseado em um sistema similar ao utilizado no Facebook, com “likes” (gostou) e “dislikes” (não gostou), a ferramenta resultará em um refinamento das recomendações apresentadas ao utilizador.

Agora, utilizando os dados das suas avaliações (likes e dislikes), o sistema apresentará uma porcentagem o lado do título em questão, indicando o quão relevante ele é para o seu gosto. Vale lembrar que essa porcentagem, a exemplo do antigo sistema com estrelas, não representa uma classificação qualitativa ou de popularidade do filme ou seriado, trata-se apenas de quão relevante ele é para o seu gosto, ou seja, se você quer ver mais coisas parecidas com esse produto ou não.

Resumindo, se você gostou de algo de uma “curtida” (polegar para cima) e o algoritmo recomendará outros títulos parecidos. Não gostou, manda um “não curti”  (polegar para baixo) que o sistema parará de recomendar programas com temas similares.

Tá liberado

O recurso “Download & Go” já está disponível para computadores com Windows 10. Os assinantes da Netflix que utilizavam o aplicativo para celular já contavam com a funcionalidade desde o ano passado, agora, a função que permite o download de conteúdo para visualização offline finalmente chega aos computadores.

Assim como na versão para celulares, o “Download & Go” não abrange todo o catálogo da Netflix. Para saber se o conteúdo desejado está disponível ou não basta procurar pelo botão de “Baixar”, que é exibido junto com a aba da sinopse. Além disso, você também pode conferir o menu lateral, na opção “Disponível para Download”, que lista todos os filmes e seriados disponíveis para download. 

Vale lembrar que os títulos baixados têm uma “validade” de 30 dias. Após o prazo, o utilizador precisará baixá-los novamente. Todos seus downloads ficam organizados no menu “Meus Downloads”, que pode ser acessado apenas pelo player do app da Netflix. O aplicativo da Netflix é compatível com sistema Windows 10 e ocupa cerca de 10,4 MB.

Acho pouco, então toma!

A Netflix segue investindo alto na produção de conteúdo próprio. A empresa acabou de confirmar o lançamento de 28 séries originais ao longo de 2017. Entre novos títulos e novas temporadas de programas antigos, serão mais de mil horas de programação original, sendo que a conta não inclui os filmes e programas infantis.

Dá uma conferida no que vem por ai:

  • The Get Down (parte 2 da 1ª temporada - 7 de abril)
  • Mystery Science Theater (Retorno  - 14 de abril)
  • Bill Nye Saves The World (estréia - 21 de abril)
  • Girlboss (estréia - 21 de abril)
  • Tales by Light (2ª temporada - 21 de abril)
  • Las Chicas del Cable (estréia - 28 de abril)
  • Dear White People (estréia - 28 de abril)
  • Sense8 (2ª temporada - 5 de maio)
  • Master of None (2ª temporada - 12 de maio)
  • Anne (estréia - 12 de maio)
  • Unbreakable Kimmy Schmidt (3ª temporada - 19 de maio)
  • House of Cards (5ª temporada - 30 de maio)
  • Orange is The New Black (5ª temporada - 9 de junho)
  • Glow (estréia - 23 de junho)
  • Midhunter (estréia - 19 de outubro)
  • Atypical (estréia)
  • Castlevania (estréia)
  • Dark (estréia)
  • Disjointed (estréia)
  • Friends From College (estréia)
  • Gypsy (estréia)
  • Kiss Me First (estréia)
  • Lady Dynamite (2ª temporada)
  • Queer Eye For The Straight Guy (retorno)
  • Real Rob (2ª temporada)
  • Stranger Things (2ª temporada)
  • Watership Down
  • Wet Hot American Summer: Ten Years Later (retorno)

Laerte-se por ai

Por falar em conteúdo original da Netflix, a empresa acaba de divulgar a data de lançamento do primeiro documentário produzido pela empresa no Brasil; Laerte-se. Dirigido por Lygia Barbosa da Silva e Eliane Brum, o filme descrito como "uma jornada introspectiva por dentro da mente de uma das personalidades mais criativas" lança olhar sobre a vida de Laerte Coutinho e deve estrear dia 19 de maio. 

Laerte-se

O filme investiga a visão do mundo feminino na intimidade do cotidiano da cartunista transsexual. Quando Laerte se pergunta se deve ou não fazer um implante de seios uma série de questões vem a tona sobre o que é realmente ser mulher. Laerte-se é uma produção da Tru3Lab para a Netflix.

Criador de "Trainspotting" fará série sobre a cultura das raves

Para os fãs da saga Trainspotting que saíram do cinema com gostinho de quero mais após verem o segundo filme, T2 - Trainspotting - , o criador e roteirista da obra, Irvine Welsh, irá ingressar em um novo projeto, uma série de TV. 

Ao lado do premiado roteirista Dean Cavanagh, a série “Ibiza87”, como vai ser chamada, vai contar a história do surgimento da acid house e sobre a cultura das raves nos anos oitenta. 

A trama vai percorrer as carreiras dos DJs Nicky Holloway, Paul Oakenfold e Danny Rampling depois que viajaram para Ibiza, uma das ilhas do arquipélago de Baleares e onde a cultura do acid house tornou-se popular. “Como vocês sabem, isso coincide com o aniversário de 30 anos da nossa viagem a Ibiza e o que aconteceu depois daquilo, o nascimento dos clubs de dance music e a cena de festivais como conhecemos hoje”, declarou Paul Oakenfold em comunicado à imprensa.

Além de contar toda história dos três músicos no período do “Segundo verão do amor”, em referência à cultura hippie que eclodiu no final dos anos 60 em São Francisco, Estados Unidos, eles serão responsáveis pela trilha sonora da série.

O seriado ainda não tem data de lançamento.

serieibiza873 5ffd9