log in
amazonprimevideo

Curta dublado "Os Pinguins de Madagascar", uma prévia antes do filme solo.

Os pinguins Capitão, Kowalski, Rico e Recruta, da franquia de animação da DreamWorks "Madagascar", ganham a sua própria aventura, juntando forças com uma organização secreta chamada "Vento do Norte" para impedir o maligno Dr. Octavius Brine de acabar com o mundo como nós o conhecemos.

Nessa prévia que serve como curta, vemos como a equipe de pinguins se reuniu pela primeira vez, saindo do polo sul para o mundo em busca de aventuras.

Com direito a ser zoado por Benedict Cumberbatch, com o papel de um lobo chamado Secreto (Classified no original) e John Malkovich dublando um polvo chamado  Dr. Octavius Brine, que odeia os pinguins, o curta serve apenas para dar um gosto do que o filme será, e promete ser bem divertido, já que os Pinguins passaram de coadjuvantes ao papel principal por se destacarem nos outros filmes "Madagascar". 

 

Recife, cidade roubada | O povo protege a cidade e seus ancestrais

O Movimento #OcupeEstelita é organizado por pessoas indignadas com as reformas em Recife, onde o modelo de desenvolvimento urbano é guiado apenas por interesses econômicos e os políticos financiados por empreiteiras decidem, de modo pouco democrático, aquilo que será modificado na cidade. São vários grupos, coletivos e movimentos sociais na luta por um Recife para todos.

A arquiteta e urbanista Raquel Rolnik, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP,  defende a importância da resistência e o questionamento como algo verdadeiramente novo no processo de decisões sobre a implementação das obras. Segundo ela, é fundamental que o território não seja exclusivamente desenvolvido com base no critério do uso mais lucrativo.

Esse é o contexto do curta documentário “Recife, cidade roubada”. O objetivo do filme é denunciar as irregularidades no projeto de construção de um condomínio de luxo, os absurdos na remodelação de um bairro que passa a se chamar Novo Recife e a violação dos direitos do povo da capital pernambucana.

O vídeo é narrado por Irandhir Santose (o Fraga de Tropa de Elite 2) e conta com a participação de nomes como Kleber Mendonça Filho, Luana Varejão, além de moradores do Coque, nos arredores do Cais José Estelita. No final, a trilha sonora do Criolo encerra com a música “Sangue no Cais”.

Curta "Home Sweet Home": Cansei de ser casa, agora sou andarilho

O cineasta Stéphane Paccolat é o responsável por esse curta encantador intitulado "Home Sweet Home" (Lar Doce Lar).

O curta conta a história de uma casa que escapa de suas raízes suburbanas e embarca numa jornada épica.

A animação é extremamente bem feita, a movimentação dos personagens é muito bem trabalhada, e como o curta não possui diálogos, toda a dinâmica do filme fica por conta das expressões das casas. Os cenários são um espetáculo à parte, acompanhados pela agradável trilha sonora que ajuda a dar o ritmo para a história.

Pierre Clenet, Alejandro Diaz, e Romain Mazevet também contribuíram para levar essa comovente história pra todos. Aproveitem!

O Banquete: Confira um pedacinho do novo curta da Disney

Do diretor estreante Patrick Osborne (chefe de animação de Paperman) e dos Estúdios Walt Disney Animation, O Banquete conta a história das várias refeições realizadas por um cachorro chamado Winston.

A princípio a ideia pode parecer um tanto monótona, se prestarmos atenção somente no apetite do cão. Mas mantendo um pouco mais de foco nos detalhes, é possível sacar como a história evolui se observamos o plano de fundo e os tipos de alimentos consumidos durante as refeições. Tudo isso diz respeito à vida pessoal de seu dono.

Duet: curta animado com gosto de Disney e amor

A animação chamada "Duet" foi criada por Glen Keane, um dos caras que também já trabalhou nos filmes  "A Pequena Sereia", "A Bela e a Fera", "Tarzan", "Aladdin", "Enrolados"... e só. Keane já não faz mais parte da Disney, mas continua produzindo coisas bem legais como o que vemos aqui.

Eu sou suspeita pra falar sobre qualquer coisa que esteja ligada ou lembre a Disney. Se tem ela no meio, é quase certo que eu vou gostar, me emocionar e ficar lembrando depois. Sendo assim, logo que eu vi esse curta um cisco caiu no meu olho e aqui estou eu compartilhando.

O curta não apresenta nenhum diálogo e é guiado apenas pela trilha sonora enquanto narra a história de um homem e uma mulher que têm seus caminhos cruzados várias vezes durante a vida, desde crianças até finalmente ficarem juntos. Toda a animação tem uma sensação familiar para quem sempre se encanta com as coisas da Disney, desde os traços (que se apresentam como um esboço, o que dá  fluidez a coisa toda) à forma como as cenas acontecem.

Reserve uns 3 minutos do seu tempo e veja. Vai deixar o seu dia mais bonito.

Construct: curta independente mostra a computação gráfica do futuro [trailer]

A computação gráfica virou uma verdadeira febre. O que antes era produzido com o uso de maquetes, massinha e outros recursos foi substituído pelas ferramentas do computador.

Com um bom programa, os comandos certos e alguém que saiba o que está fazendo, você consegue criar um robôs dos mais variados tipos, inventar monstros gigantes, explodir o mundo e o que mais você imaginar.

Através de uma técnica chamada ray tracing, essa galera que cuida das imagens computacionais vem impressionando o mundo, mas tudo isso dá trabalho. Tem sido assim há um bom tempo, porém a história pode mudar.

Graças a Kevin Margo, um cara que “pinta e borda” para Hollywood e alguns estúdios de games, tudo pode mudar com um novo método que ele vem desenvolvendo, o qual gera o ray tracing através da captura de movimento.

O resultado é o que você conferiu no trailer do curta (no começo do texto). Esse novo jeito de fazer computação gráfica poderá ser aproveitado por quem está ingressando no mercado, mas também é uma boa alternativa para grandes estúdios.

construct1

O curta-metragem “Construct” deve aparecer em breve no canal oficial de Margo. O que você achou dos visuais?

Helium Harvey: um menino e sua viagem de gás hélio [curta]

Se você pudesse sair voando pelo mundo apenas engolindo um monte de gás hélio, o que você faria?

Em um momento de mudanças em sua vida, enquanto se decidia sobre voltar ou não a uma faculdade, Daniel Savage decidiu tirar o ano de 2013 para explorar a arte de contar histórias, criar personagens e narrativas por conta própria, e acabou se saindo muito bem.

Foi assim que criou o curta Helium Harvey, que conta as aventuras de um menino após ter engolido acidentalmente um balão de gás hélio em uma de suas brincadeiras. Harvey começa a flutuar ao redor do mundo em uma viagem mágica, passando por diversos cenários e aventuras.

O trabalho também conta com alguns makings of’s bem legais publicados, onde podemos ver todo o trabalho de criação e animação do curta e a produção da trilha sonora (que é um show a parte) pela Macedonia Radio Symphonic Orchestra.

Daniel Savage tem experiência com design gráfico e esse é seu primeiro trabalho no estilo. Helium Harvey foi escrito, dirigido, animado e financiado totalmente pelo próprio autor, o que torna o curta, publicado em fevereiro deste ano, ainda mais legal.

5 curtas de diretores famosos que você pode assistir no YouTube

Hoje em dia, é bem normal que as pessoas recorram à internet para assistir a filmes, seriados e outras produções destes gêneros. Esse tipo de iniciativa não é exatamente lícita, mas nós, do Café com Filme, sabemos que a vida não tá fácil e que nem sempre sobra uma grana bacana para ser investida em cultura – afinal de contas, a cerveja está cada vez mais cara...

Acontece que algumas obras são disponibilizadas de forma oficial e gratuita na internet, como é o caso de alguns curtas feitos por diretores renomados e que foram postados de maneira completa no YouTube (sim, o site de vídeos engraçados da Google apresenta conteúdo de qualidade). Abaixo, você pode conferir cinco produções bacanas e que podem ser “consumidas” sem custo algum.

Ah, e antes que eu me esqueça, esses vídeos estão em inglês, a grande maioria deles sem legendas em português. Além disso, a seleção feita pelo Café é baseada na coletânea montada pelo pessoal do site Taste of Cinema – clique aqui para conhecer quase 30 curtas bem interessantes e de forma gratuita.

1. Muito sangue e fogo

“My Best Friend’s Birthday” é um curta feito por Quentin Tarantino, aquele cara que fez “Djano Livre”, por exemplo, e que enche os seus filmes de sangue e histórias legais. Essa produção era pra ser um filme regular, mas um incêndio acabou com o material gravado e o que sobrou foi a meia hora que você pode assistir acima. Além disso, a história o enredo é um romance contado no estilo “Pulp Fiction”.

2. Um pouquinho de bizarrice

Acima, você vai encontrar uma animação de 1982, feita por Tim Burton, diretor famoso por criar realidades um tanto quanto sombrias e melancólicas. A história, que já é relativamente conhecida por quem admira Burton, conta a trajetória de um garoto estranho chamado Vincent Malloy, que parte em uma espécie de jornada para ser mais parecido com o seu herói, Vincent Price.

3. Agora, um pouco mais de cor

John Lesseter é um diretor premiado e que trabalha com animações, com um currículo que passa por Pixar e Disney – ou seja: ele não é pouca bosta, sendo o responsável por filmes como “Toy Store” e “Carros”. Antes de tudo isso, ele embarcou em algumas aventuras pequenas e o curta “The Adventures of André and Wally B”, de 1984, é um exemplo disso. Confira a jornada dos dois amigos logo acima.

4. Um início...

“Doodlebug”, curta de 1997, é um dos primeiros passos de Christopher Nolan na produção de filmes. O vídeo, que tem quase 3 minutos de duração, mostra um homem adulto acordando como se fosse uma criança. Ele está com o seu corpo pronto para praticamente qualquer coisa, mas é necessário descobrir como o mundo é aos poucos. Apesar de isso tudo parecer bizarro, a histórias de “wild child” estão presentes há tempos na sociedade – e elas dizem respeito a pessoas que foram isoladas da sociedade e do contato humano até a idade adulta.

5. Ciência e loucura, cara

Se você curte o trampo de James Cameron, já sabe que ele investe pesado em histórias de ficção científica. O curta “Xenogenesis” mostra que essa preferência acontece há muito tempo. O enredo, de 1978, se passa em um universo pós apocalíptico e da tentativa de pessoas sobreviverem depois de muita treta. 

O Batman do Futuro enfrenta seu pior pesadelo: ele mesmo [curta]

A essa altura do campeonato, você já deve estar ligado que esse mês é o aniversário de 75 anos do Batman (inclusive já publicamos um curta e um infográfico para aproveitar a ocasião). Pois bem, a DC Comics não está deixando a data passar em branco e vem publicando uma série de novidades para os fãs aproveitarem o aniversário do Morcegão.

Dessa vez, o canal DC Entertainment, no YouTube, publicou mais um curta do Batman, mas, dessa vez, o foco é na versão do personagem que encabeçava a animação “Batman do Futuro” (no original, o nome é Batman Beyond).

Neste vídeo criado pelo artista Darwyn Cooke (que já trabalhou em algumas HQs do Homem-Morcego e foi responsável pelas capas de algumas histórias do Batman do Futuro), acompanhamos Terry McGinnis (o Cavaleiro das Trevas do Futuro) e Bruce Wayne (que só fica dando ordens para seu substituto) enfrentando um inimigo improvável: o próprio Batman.

É curioso que este não é um Batman qualquer, aparentemente, estamos falando de um androide que veio de algum lugar (pode ser de outra dimensão ou de outro momento da linha do tempo). O fim do curta é bem maneiro e certamente dá vontade de ver o que aconteceria. Seria bem legal se a Warner (e a DC Comics) resolvessem fazer mais uns episódios, não concorda?

batfuturo1

Com mais esse curta, só aumenta a expectativa de ver mais materiais de homenagem e outras coisas inéditas do Batman. Será que a DC vai nos mostrar a versão do Homem-Morcego de Ben Affleck?

Street Fighter: Assassin's Fist, fanfilm com cara de grande produção

Se você já assistiu o filme Street Fighter: Legacy, um curta feito por um fã do melhor jogo de luta de todos os tempos, sabe que o diretor Joey Ansah conseguiu superar o fiasco hollywoodiano de 1994 em apenas três minutos. 

Agora Ansah pretende ir mais fundo. Junto com sua parceira de produção Jacqueline Quella, eles adquiriram os direitos da Capcom para criar uma série chamada Street Fighter: Assassin's Fist. A história é sobre os famosos Ken e Ryu enquanto ainda eram garotinhos juvenis, e durante a série vamos conhecer o passado, presente e futuro de todos (ou pelo menos da maioria) os personagens de Street Fighter, e como seus caminhos se cruzam.  Provalmente vamos ver Goutetsu, mestre de Gouken e Gouki (Akuma). Para quem não sabe, eles são irmãos, e Gouken foi o responsável por treinar Ken e Ryu.

O canal escolhido para veicular a série é o Machinima, que se destaca por seu conteúdo focado em jogos e desde as miniséries baseadas em jogos como Halo: Forward unto Dawn e Mortal Kombat Legacy, tem ganhado prestígio entre os fãs dos filmes também. O canal tem 12 milhões de inscritos, e por esse motivo Ansah apostou alto e produziu uma minisérie de 12 partes para ser transmitida pelo canal. Cada episódio terá duração de 12 minutos,  além de alguns extras e detalhes da produção vistos por trás das câmeras. 

Além da transmissão online, Street Fighter: Assassin’s Fist será veículada em TVs a cabo e DVD/Blu-ray. Na TV, a minisérie será em 6 partes, além de uma versão de 105 minutos como um longa-metragem. O DVD/Blu-ray contará ainda com uma edição "mais cinema", além de vários conteúdos extras exclusivos.

Apesar de ser uma minisérie para TV e Youtube, a produção não deixa nada a desejar, equiparando-se a grandes filmes em termos de dimensão, sons, efeitos especiais e história. 

O foco de Street Fighter: Assassins's Fist são os fãs do jogo. A ideia é mostrar que os video games podem ser adaptados para filmes live action sem perder a essência do jogo. E se você espera muitas lutas e ação desenfreada, você ficará muito satisfeito! Mas além das lutas, as histórias dos personagens serão aprofundadas, e você vai finalmente ver que Ryu é muito mais do que o boneco que dá Hadouken!

O primeiro teaser é justamente sobre o personagem principal de Street Fighter, Ryu. Um outro teaser está previsto para daqui duas semanas, e um trailer completo deverá aparecer logo em seguida. 

A data de estreia não foi definida, mas está prevista para Maio.